Voltar

Como o Autofeedback Ajuda no Autoconhecimento

Publicado em | 0 comentários

Artenot/Shutterstock O Autofeedback potencializa o nosso autoconhecimento, pois vai a fundo em nossa essência

Se o feedback é tão capaz de modificar impressões, de desatar nós, desfazer mal entendidos e principalmente de abrir as portas para o surgimento de soluções, não seria nada exagerado se pensarmos que a sua versão individual, estilo “faça você mesmo”, isto é, o autofeedback, alcança os mesmos resultados.

Entretanto, a verdade é que esse modelo mais pessoal de feedback tem características únicas, e não só entrega resultados equivalentes aos da prática tradicional, aquela feita a dois, como vai além, podendo produzir aquilo que no Coaching chamamos de resultados extraordinários.  Isso é bem plausível porque os possíveis entraves existentes quando se está em um feedback com outra pessoa acabam sendo removidos já que o interlocutor é você mesmo.

O Poder do Autofeedback

Questões mais delicadas ou íntimas que estamos pouco ou nada propensos a tratar com aquele com quem realizamos feedback podem estar totalmente liberadas nesse caso. Ora, se o receptor das perguntas é você mesmo, não há por que sermos tão cheios de dedos na abordagem.

Outro aspecto que causa frios na barriga na versão tradicional de feedback, a questão da hierarquia profissional entre os praticantes, é também uma etapa superada no autofeedback. Afinal, mesmo a mais formal das criaturas está desobrigada a tratar a si mesmo com os rigores ou cuidados com que se dirige a um superior.

Na prática, portanto, o autofeedback abre as portas para que seu “eu interior” seja questionado sem papas na língua. Todos os possíveis “não me toques” exibidos no feedback tradicional, e que são necessários até para uma condução harmoniosa da conversa, estão ausentes desta outra modalidade. Fica-se inteiramente livre inclusive para abordar temas sensíveis, de natureza privada, e aos quais dificilmente daríamos vazão usando o modelo usual.

Assuntos tabus, que só viriam à tona em uma sessão de Coaching, acabam tendo um canal de expressão via autofeedback. E o melhor é que a perspectiva disponível aí é também a da sua singularidade individual, partindo do pressuposto de que ninguém sabe tão bem como você onde exatamente o sapato aperta.

Autofeedback Traz um Profundo Autoconhecimento

Quase toda a sagacidade do Coaching está baseada no autoconhecimento que ele nos permite alcançar. Quem se conhece, erra menos, faz melhores escolhas, tem mais embasamento para seguir por seus caminhos, e acaba sabendo distinguir melhor o joio do trigo em qualquer que seja o contexto.

O autofeedback, quando bem feito, é uma excelente forma de autoconhecimento e é também por isso que a questão se ele veio antes do feedback tradicional ou se aconteceu o contrário é uma dúvida equivalente àquela existente entre o ovo e a galinha.

É natural falar na semelhança de fundamentos e até de resultados entre o autofeedback e o Coaching porque em suma os propósitos buscados nas duas situações são bastante comuns. Ao ponto inclusive de um recorrer ao outro com bastante frequência. Quem mergulha a fundo no Coaching acabará esbarrando em uma experiência de autofeedback enriquecedora e, com certeza, terá momentos extraordinários de autorreflexão e empoderamento.

Comments

comments

O que é coaching

Baixe o
e-book
gratuito

Conheça a metodologia que vai mudar sua vida. Acelere o seu sucesso!