Voltar

5 Tipos de reunião que você deve eliminar na sua gestão

Publicado em | 0 comentários
Tipos de reunião

Holbox/Shutterstock Conheça 5 tipos de reunião que você deve evitar em sua empresa

Embora sejam importantes para a estruturação dos projetos, tomada de decisões e planejamento, o fato é que existem tipos de reunião que verdadeiramente deveriam ser abolidas da agência de uma empresa. Isso é o que também mostra uma pesquisa realizada pela Harvard Business Review e que constatou que 67% das reuniões realizadas são consideradas improdutivas enquanto que 15% destes encontros são tidos como total perda de tempo.

Isso mostra como uma ferramenta positiva, quando usada de forma errada, pode se tornar uma inimiga da empresa ao invés de uma aliada do negócio e se transformar num fator a mais de perda de tempo e produtividade. Para evitar que isso aconteça, afinal, tempo é dinheiro, eu resolvi falar dos cinco tipos de reuniões que sua empresa deve abolir definitivamente das suas práticas e cultura corporativa já.

5 Tipos de Reunião que deve eliminar da sua empresa

Saber identificar se a sua empresa também está fazendo reuniões improdutivas é o primeiro passo para mudar esta situação e criar formas mais efetivas de reunir as pessoas e as ideias em prol do crescimento do negócio. Continue lendo, veja quais os piores tipos de reunião e saiba como livrar-se delas.

Sem pauta -

Reuniões sem temas pré-definidos são uns dos principais motivos para a perda de tempo nas organizações. Se quem convoca a reunião não apresenta as razões para o encontro e, muito menos, quais são os assuntos que serão tratados, a equipe chega despreparada, perdida e sem saber ao certo como poderá agregar.

Sem foco

É quando a todo o momento o grupo acaba fugindo do tema principal e começa a discutir assuntos que nada tem a ver com o tema central. Um exemplo é reunir o departamento financeiro para falar dos custos mensais da empresa e, do dada, alguém começar a reclamar de problemas administrativos, como a demora em trocar uma lâmpada queimada. É preciso ter timing e bom senso, para levantar apenas os assuntos pertinentes.

Com as pessoas erradas -

Não fazer a seleção dos profissionais que serão convidados para a reunião é um dos motivos que provoca a perda de foco. Para que o encontro seja proveitoso é importante ser inteligente e estratégico e chamar apenas as pessoas-chave, ou seja, aqueles colaboradores que realmente estão em sintonia e dominam o assunto a ser tratado. Se for tratar da nova campanha de marketing, chame os profissionais da equipe de marketing e não os do RH, por exemplo.

Centralizadoras

Para quê reunir sua equipe se apenas você pode falar e expor suas ideias? A reunião é o momento dos seus colaboradores trazerem ideias, soluções, inovações, contribuir para a empresa crescer e não o seu palco. Portanto, dê espaço para que todos possam se expressar e dar suas contribuições e feedbacks e deixe seu ego de lado.

Sem fim

São aquelas reuniões com hora para começar, mas que só Deus sabe quando irão acabar. Este tipo de reunião é àquela onde todos falam sobre tudo, apontam problemas e soluções, mas em que nunca se chega a nenhuma conclusão em definitivo, ou seja, a uma tomada de decisão efetiva. Além de muito cansativa, este modelo é um dos mais improdutivos, pois tira o colaborador de seu posto de trabalho por horas e ainda não resulta em nada.

Agora que você sabe quais são os tipos de reunião que a sua empresa deve evitar, busque o quanto antes colocar estas dicas em prática de modo a otimizar os resultados dos seus encontros e fazê-los surtir os efeitos desejados.

 

Comments

comments

O que é coaching

Baixe o
e-book
gratuito

Conheça a metodologia que vai mudar sua vida. Acelere o seu sucesso!