ser-feliz

Viver e Não Ter a Vergonha de Ser Feliz – O Que a Célebre Frase de Gonzaguinha nos Ensina?

Por: José Roberto Marques | Blog | 25 de março de 2018

O grande cantor e compositor Gonzaguinha nos deixou um legado com canções extraordinárias, que certamente já foram trilha de momentos especiais na vida de muitos de nós. Hoje irei falar de uma de suas músicas, em especial, chamada: “O Que é, o Que é?”, mas que ficou mais conhecida pelo refrão poderoso que diz – “viver e não ter a vergonha de ser feliz”, uma letra especial e que pode nos trazer muitos ensinamentos. Por isso, depois de tudo o que ler aqui, eu tenho a certeza de que ouvirá essa música de uma nova maneira.

Os Ensinamentos da Canção de Gonzaguinha

A canção – “O Que é, o Que é?” foi composta por Gonzaguinha, filho do grande cantor e compositor brasileiro, Luiz Gonzaga, lançada no disco “Caminhos do Coração”, em 1982, e tornou-se conhecida mundialmente, tendo sido regravada por diversos intérpretes. O artista, além de ter uma bela voz, também era um extraordinário poeta, pois sabia lidar muito bem com as palavras. O resultado dessa combinação de talentos resultou em uma música de letra simples, mas cheia de significados e ganchos para refletirmos a respeito da vida.

Para início de conversa, o título da música já revela um questionamento que embora não esteja explícito, traz a expressão “O que é, o que é?” e que, na verdade está perguntando qual é o significado que cada um dá para a sua vida. Então, a canção começa com a opinião do próprio artista, que diz que, para ele, a resposta mais sábia é aquela que vem das crianças que, com sua pureza, afirmam simplesmente que a vida é bonita. Do alto de sua ingenuidade e inexperiência, a ideia que uma criança faz da vida pode nos trazer a grande lição de que ser feliz pode ser bem menos complicado do que imaginamos.

7 Lições Para Viver e Não Ter a Vergonha de Ser Feliz

Agora, convido você a fazer comigo uma análise de alguns dos principais trechos da música de Gonzaguinha e tirar lições que podemos praticar no dia a dia em nossas vidas. Aproveite para ouvi-la e se inspirar com tudo o que ela diz.

1 – Ser Feliz Pode Ser Mais Simples do Que Parece

Todos nós já fomos crianças e já tivemos essa pureza de classificar a vida simplesmente como bonita, sem colocar defeitos ou empecilhos para a felicidade. Conforme vamos crescendo, essa inocência acaba se perdendo em meio à rotina, às obrigações, desafios e os obstáculos que surgem em nosso caminho. Resgatar um pouco do otimismo da infância é um caminho interessante para adotar uma visão mais positiva, ter gratidão por tudo de bom que já conquistou e, principalmente, voltar a sonhar. Volte a apreciar a beleza da sua vida!

2 – Tenha Orgulho de Buscar a Felicidade

Para muitos, pode parecer que a expressão “não ter a vergonha de ser feliz” não faz muito sentido, afinal todos desejam ser felizes. Entretanto, basta refletir um pouco mais para perceber que existem pessoas que realmente parecem fugir da felicidade, muitas vezes por insegurança, por não aceitarem seu merecimento ou ainda por acreditarem que sua vida nunca poderá mudar e melhorar. Não ter vergonha de ser feliz é ter orgulho de seguir o seu caminho e fazer as suas escolhas de acordo com o que acredita e deseja para si, sem medo de julgamentos e crendo verdadeiramente que merece ser feliz sim. Orgulhe-se sempre de desfrutar dessa maravilha que é viver e seja feliz.

3 – Busque Sempre o Aprendizado

O verdadeiro sentido da vida é nascer, crescer e buscar sempre a evolução. Ser um eterno aprendiz significa nunca estar completamente satisfeito e querer sempre adquirir mais conhecimento e se desenvolver. Vale lembrar que esse conhecimento não está relacionado apenas a conteúdos acadêmicos, mas também a aprendizados sobre a vida, os sentimentos e as experiências de uma forma geral. Todos os dias nós podemos conhecer algo novo que possa agregar em nossas vidas e promover algum tipo de mudança dentro de nós. Mantenha-se sempre aberto para aprender e evoluir.

4 – Seja Otimista em Relação ao Que Virá

Em um trecho da canção Gonzaguinha diz “eu sei que a vida devia ser bem melhor e será”. Ele nos mostra que tem a consciência de que existem pontos que podem ser melhorados, o que pode incluir tanto a vida pessoal, profissional, quanto à sociedade de uma forma geral. Contudo, essa percepção não o impede de acreditar que as coisas irão melhorar e de continuar apreciando a beleza da vida. Ser otimista não é o mesmo que tapar os olhos para os problemas, mas sim enxergá-los com positividade e dar o seu melhor para que sejam solucionados.

5 – A Vida é Feita de Momentos de Alegria e de Aprendizado

Além da sua visão em relação à beleza da vida, o artista cita também a perspectiva de outras pessoas através dos questionamentos “E a vida ela é maravilha ou é sofrimento? Ela é alegria ou lamento?”. Na realidade, estamos sujeitos a viver tanto momentos maravilhosos de alegria, quanto de dificuldades e dor, faz parte! Entretanto, cabe a cada um escolher onde irá manter o seu foco, se é na gratidão e no aprendizado pelos momentos de dificuldade e evolução ou na lamentação por tê-los vivenciado.

6 – Encontre a Sua Maneira de Enxergar a Vida

Gonzaguinha continua citando a visão de outras pessoas, que veem a vida de diferentes formas, como uma gota na imensidão, luta, prazer, mistério, um sopro divino, enfim, cada um enxerga a sua existência de maneira particular, de acordo com suas vivências e valores. Então, eu te pergunto – Qual é a sua forma de enxergar a vida? Encontre essa resposta em seu interior e descobrirá, também, qual é a sua missão e o seu propósito.

7 – Quem Constrói a Sua Vida é Você!

Por fim, uma das constatações mais importantes da música é a de que “Somos nós que fazemos a vida, como der, ou puder, ou quiser”. Assim, esse grande artista deixa o seu recado de que cada um tem a responsabilidade sobre a sua felicidade. Nesse sentido, é importante evitar culpar os outros pelos seus problemas e canalizar suas energias positivas na direção de construir a sua vida da forma que desejar.

A vida, embora não seja sempre simples e fácil, é extraordinária e nos reserva momentos de alegria e aprendizado. A forma como a enxerga tem um grande impacto em relação à sua felicidade. Então, cabe a você escolher se, assim como Gonzaguinha, irá ficar com a pureza da resposta das crianças e apreciar a beleza que a vida tem a oferecer, pois, com certeza, ela pode ser Maravilhosa!

E você, também gosta desta canção? Eu convido você a ouvi-la, apreciar esta poesia e a encontrar suas próprias lições. Tenho certeza de que assim como a mim, ela vai te inspirar a ir além. Ouça e depois deixe o seu comentário!

Deixe seu Comentário: