liberdade

Sua Liberdade Termina Quando Começa a do Outro

Por: José Roberto Marques | Blog | 30 de março de 2018

A liberdade é um direito de todos, mas entender seu conceito é fundamental para que os seus limites não sejam excedidos. Existe uma frase bastante disseminada que expressa bem essa ideia, que é “sua liberdade termina quando começa a do outro”, ou seja, você é livre até o ponto de não causar nenhum tipo de prejuízo a terceiros ou à sociedade de uma forma geral. Aproveito e convido você a fazer uma reflexão a respeito da forma com a qual desfruta da sua liberdade enquanto faz a leitura deste artigo.

Construa relações cada vez melhores e mais saudáveis!
Acesse meu desafio “Detox da Mente”. Viva mais leve!

Sua Liberdade Termina Quando Começa a do Outro: O Que Isso Significa?

Uma forma simples de entender essa frase é pensando em sua vizinhança. Cada um tem liberdade para fazer o que quiser dentro de sua casa, mas desde que não incomode o outro. Dessa forma, se você colocar uma música alta, estará excedendo os limites da sua liberdade, porque o barulho irá impedir que o seu vizinho descanse ou mesmo escolha o que irá ouvir. Isso mostra que o respeito é um complemento que deve estar sempre aliado à liberdade, para que um não invada o espaço do outro e possam conviver em harmonia.

Ao fazer dessa frase o seu lema de vida estará exercendo o respeito e a empatia de se colocar no lugar das outras pessoas antes de tomar qualquer decisão que possa impactar na vida delas. Se cada um de nós adotar essa forma de levar a vida e fazer a sua parte, iremos viver em um mundo muito mais justo e mais harmonioso. Entretanto, não espere que os outros mudem para que tome alguma atitude, seja você a mudança que deseja ver ao seu redor.

Construa relações cada vez melhores e mais saudáveis!
Acesse meu desafio “Detox da Mente”. Viva mais leve!

Como Exercer Sua Liberdade Sem Prejudicar os Outros

Muitos dizem que a geração atual está cheia de regras, e que isso está deixando o mundo chato. A verdade é que essas normas de conduta sempre existiram e a diferença é que estamos muito mais atentos ao respeito e aos limites da liberdade, o que é muito bom e pode trazer benefícios a todos.

Para esclarecer isso, veja, a seguir, algumas dicas que preparei para que exerça a sua liberdade de forma responsável e sem desrespeitar as outras pessoas.

Coloque-se no Lugar do Outro

Uma das formas mais simples de exercer a sua liberdade sem causar prejuízos a outras pessoas é colocando-se no lugar delas. Ainda citando o exemplo do som alto, antes de elevar o volume, pergunte-se se você gostaria que o seu vizinho fizesse o mesmo e atrapalhasse o seu descanso. É claro que nem sempre a sua opinião será a mesma dos outros, mas esse pensamento sistêmico irá te ajudar a evitar inúmeras situações de desrespeito ao direito alheio em relação à liberdade.

Colocar-se no lugar do outro e ser empático em relação a ele trará benefícios para todas as áreas da sua vida. Os relacionamentos, sejam eles de amizades, amorosos, familiares, profissionais ou sociais têm muito a ganhar quando um indivíduo passa a considerar a perspectiva do outro antes de tomar alguma decisão que impacte sobre ele. Trata-se de um sinal de respeito, maturidade e sabedoria.

Você Não Precisa Concordar Para Respeitar

O conceito de liberdade define que cada indivíduo tem autonomia para escolher o caminho que irá seguir, desde que, claro, não ultrapasse os limites do outro. Assim, cada um pode tomar decisões em relação à sua vida pessoal ou profissional de acordo com suas crenças, valores e desejos de uma forma geral. Por isso, é natural que, em uma sociedade com um grande número de pessoas, exista diferenças entre os caminhos e escolhas de cada um.

Da mesma forma que você é livre para escolher com que vai se casar, se terá filhos ou não, a profissão que irá seguir ou o candidato em que irá votar, os outros também são. E é importante sempre pensar que ninguém precisa concordar para respeitar, ou seja, se o caminho escolhido pelo seu colega de trabalho em relação à política, por exemplo, não é o mesmo que você escolheu, tudo bem. Respeitar a pluralidade é essencial para que a liberdade seja celebrada de forma positiva e para que tanto os seus direitos como os das outras pessoas sejam respeitados.

Assuma Suas Responsabilidades

O preço da liberdade é assumir a responsabilidade sobre as suas ações e arcar com as consequências delas. Mesmo que pareça assustador para muitos, não permita que isso te amedronte. Busque se conhecer para fazer boas escolhas, dê o seu melhor e, se vier a falhar, não hesite em pedir perdão e recomeçar, afinal ser livre é isso. Se tiver uma intenção positiva, as chances de erro irão se reduzir significativamente. Mesmo que isso não seja uma garantia de acerto, o desejo de fazer o bem certamente irá guiar suas ações por um caminho positivo.

Lembre-se sempre de lembrar de nunca se esquecer que apenas poderá exercer a sua liberdade se agir com responsabilidade, pois uma depende da outra para existir. Por isso, questione-se antes de tomar qualquer decisão, para que opte pelo melhor caminho e possa continuar desfrutando da maravilha que é ser livre.

Opte Sempre Pelo Diálogo

Até aqui falei sobre os seus deveres em relação aos limites da liberdade. Mas existe outro ponto que deve ser lembrado, que está relacionado à forma com a qual os outros devem respeitar o seu direito de ser livre. Muitos indivíduos, quando veem os seus direitos sendo feridos, optam pelo revide e dão início a um círculo vicioso de desrespeito. Dessa forma, se o vizinho coloca o som alto, eles vão e também colocam uma música para tocar em um volume ainda maior, promovendo uma disputa que não levará ninguém a lugar algum e que, com certeza, acabará prejudicando outras pessoas que nada tem a ver com seu desacordo.

Sempre que alguém tiver alguma atitude que prejudique o seu direito à liberdade, pense antes de tomar qualquer decisão. A irritação e a raiva nunca são boas conselheiras e podem te levar a cometer atos dos quais pode vir a se arrepender no futuro. O ideal é sempre optar pelo diálogo pacífico, para que explique para a outra pessoa que a atitude dela está te prejudicando de alguma forma. Assim, poderão entrar em um acordo que seja positivo para ambos e seguir em frente.

A liberdade é um bem maravilhoso que devemos honrar diariamente de forma responsável e respeitosa. Se você deseja ter o seu direito de ser livre respeitado, comece a fazer a sua parte e plante essa semente positiva no mundo, sendo bom exemplo e respeitando o próximo também.

Por fim, eu quero trazer uma reflexão final e te perguntar – De 0 a 10, o quanto se sente verdadeiramente livre, preza por liberdade e respeita o direito do outro de ser livre também? Reflita, se preciso, reveja suas crenças e comportamentos e contribua positivamente para um mundo mais democrático!

Copyright: 651221473 – https://www.shutterstock.com/pt/g/boonyachoat

Deixe seu Comentário: