pessoa-carente-afetivamente

Saiba Como Lidar Com Pessoas Carentes Afetivamente

Por: José Roberto Marques | Blog | 14 de agosto de 2019

No decorrer de nossas vidas, lidamos com indivíduos de todos os tipos, com as mais diversas características, modo de se relacionar e ver a vida. E cada perfil traz consigo as suas lições e desafios, nos levando a aprender e evoluir com cada ser de luz que cruza o nosso caminho. No artigo de hoje falarei a respeito de um comportamento em especial, que é aquele apresentado por pessoas carentes, que costumam se mostrar bastante inseguras dentro de uma relação, seja ela amorosa, familiar ou de amizade.

Continue acompanhando para entender melhor as atitudes apresentadas por elas e, assim, encontrar maneiras positivas de se relacionar.

As Pessoas Carentes e Suas Principais Características

Como disse anteriormente, as pessoas carentes apresentam uma forte insegurança, que é motivada principalmente pela baixa autoestima e pelo vazio que carregam dentro de si. Com isso, acabam se mostrando dependentes daqueles com quem convivem de modo mais próximo, o que, com o tempo, pode se tornar cansativo e desgastante. Isso geralmente se dá pela necessidade de atenção que elas possuem, assim, utilizam diversos artifícios para serem notadas.

Nem sempre uma pessoa demonstra sua carência em qualquer relação. Existem casos em que em ambientes com menor intimidade, como no trabalho, por exemplo, ela se mostra totalmente normal, deixando para expressar sua insegurança entre amigos próximos, familiares e em relacionamentos amorosos. Veja, a seguir, as principais características de alguém que é carente emocionalmente.

Desejam Sua Companhia o Tempo Todo

O fato de estarem fisicamente sozinhas pode ser perturbador para pessoas carentes, levando-as a se sentirem ansiosas e em dúvida sobre o que as pessoas que amam estão fazendo. Desse modo, tentam evitar esse tipo de situação, fazendo o possível para se tornarem presentes durante a maior parte do tempo, mesmo que seja através de ligações e mensagens.

Têm Necessidade de Validação

Por conta da grande insegurança que carregam, as pessoas carentes necessitam que terceiros validem suas atitudes. É como se elas, sozinhas, não conseguissem perceber o quanto são capazes de tomar atitudes ou realizar algo positivo. Então, estão sempre esperando essa validação de seu parceiro amoroso, amigos e familiares. É claro que ter apoio de entes queridos é maravilhoso, mas é importante que cada um saiba reconhecer o seu valor sozinho também.

Querem Atenção Constante

Quando uma pessoa carente está em um relacionamento, principalmente amoroso, deseja atenção constante do outro. Com isso, situações em que o ser amado demonstre estar ocupado com outras coisas, como relações familiares e de trabalho, por exemplo, a levam a se sentir deixada de lado, como se apenas a atenção total e exclusiva fosse sinônimo de amor.

Sempre Questionam Sobre os Seus Pensamentos e Sentimentos

Por conta da carência e do medo de perderem quem amam, as pessoas carentes desejam ter controle sobre elas, como uma forma de manterem os relacionamentos a qualquer custo. E um aspecto que não conseguem controlar são os pensamentos alheios, por isso, sempre questionam os outros sobre o que estão pensando e sentindo, a fim de verificar se fazem parte de seus desejos e planos.

Não Demonstram Ter Objetivos Individuais

Tudo na vida de uma pessoa carente gira em torno de seus relacionamentos. Nesse sentido, é bastante comum que ela não consiga se dedicar aos seus planos profissionais ou outros sonhos, porque se concentra apenas no namoro ou casamento. Por mais que a relação seja importante, é fundamental que cada um tenha seus objetivos individuais, afinal, um casal é formado por duas pessoas que se amam, mas que continuam sendo diferentes.

5 Dicas Para Lidar Com Pessoas Carentes

Lidar com pessoas que apresentam as atitudes citadas anteriormente pode ser bastante desafiador. Se você está passando por isso, as dicas a seguir poderão te ajudar a manter o relacionamento saudável e, também, a zelar pelo seu equilíbrio emocional, acompanhe.

1 – Deixe Claros os Seus Limites

A primeira atitude a ser tomada é mostrar quais são os seus limites dentro do relacionamento, que pode ser de qualquer tipo. Fale para a pessoa que ela é importante em sua vida, que deseja mantê-la por perto e compartilhar momentos especiais, mas que também tem outras áreas para viver e cuidar. Faça isso e incentive-a a fazer o mesmo, assim, poderão viver experiências individuais e, depois, compartilhar um com o outro.

2 – Evite Cair em Chantagens Emocionais

Um dos grandes problemas da carência é que ela pode levar uma pessoa a fazer chantagens para obter atenção, e isso é ruim para os dois lados. Portanto, saiba perceber quando algo assim acontecer, para que mantenha-se firme e mostre que apelar para o lado emocional não irá ajudá-la a conseguir a atenção que deseja.

3 – Mantenha o Diálogo Aberto Sobre o Relacionamento

O diálogo é uma ferramenta fundamental em qualquer relacionamento e, nesse caso, torna-se ainda mais necessário, já que é através dele que poderá se abrir para a pessoa e incentivá-la a fazer o mesmo. Quanto mais abertamente conversarem, maiores são as chances que se entendam e possam identificar pontos a serem melhorados para evoluírem juntos.

4 – Incentive a Pessoa a Se Amar e Se Valorizar

O antídoto para a carência é o amor-próprio, pois quando uma pessoa se aceita como é, com suas qualidades e pontos a serem melhorados, e se ama, ela naturalmente reconhece o seu valor, deixando de depender da validação de terceiros. Com isso, os relacionamentos vêm para somar e agregar, e não para preencher vazios e necessidades.

5 – Cuide da Relação e Mantenha-a Saudável

Independente se a pessoa carente é alguém com que mantém um relacionamento amoroso, de amizade ou familiar, é importante que cuide desse laço. Assim, as medidas adotadas para manter o seu espaço irão se equilibrar com a atenção que dedica ao outro, e é exatamente através do equilíbrio que uma relação se torna saudável e positiva para todos.

Além desses cuidados em relação às outras pessoas, é importante que zele pela sua autoestima, para que se mantenha sempre seguro sobre quem é e o valor que possui, evitando se deixar levar pela carência e pela insegurança. Assim, estará sempre pronto para identificar possíveis armadilhas da carência e saberá como se proteger delas.

Se gostou do artigo, aproveite para compartilhar com algum amigo que esteja passando por essa situação.

Copyright: 194497332 – https://www.shutterstock.com/pt/g/fizkes

Deixe seu Comentário: