falar-mal-outros-evite

Quer Ser Feliz? Então Pare de Falar Mal dos Outros!

Por: José Roberto Marques | Blog | 04 de novembro de 2019

Responda sinceramente, você tem o hábito de falar mal dos outros e tecer comentários sobre assuntos que não lhe dizem respeito? Se sim, peço para que não se sinta culpado, mas para que reflita se esse hábito já lhe trouxe algo de positivo. Lembrando que, por mais que não seja legal falar sobre a vida alheia, vez ou outra acaba acontecendo e isso não torna ninguém um criminoso. Contudo, é importante tomar cuidado para que não se torne frequente e acabe fazendo com que tire o foco das coisas que realmente importam.

Principais Motivos Que Levam uma Pessoa a Falar Mal dos Outros

Existe uma expressão que diz que o julgamento é uma confissão e, realmente, quando apontamos o dedo para alguém, estamos mais confessando algo que está em nós do que revelando, de fato, algo sobre esse terceiro. A seguir, você verá os principais motivos que levam uma pessoa q falar da vida alheia. É uma ótima oportunidade para fazer um exame de consciência e refletir a respeito do assunto.

Sentir-se Superior e Encobrir as Próprias Inseguranças

Em primeiro lugar, quando uma pessoa se coloca numa posição de julgadora, ela está, também, se colocando como superior, alguém que não erra e que, portanto, pode apontar o dedo para os erros alheios. A realidade é que todos os seres humanos, sem exceção, são falhos, ninguém está livre de se enganar, tropeçar, cair. E aqueles que rejeitam sua natureza o fazem por total insegurança, então, veem no hábito de falar da vida alheia, uma maneira de se mostrarem perfeitos.

Desdenhar de Algo Que Adoraria Ter ou Fazer

Um dos grandes motivos pelos quais uma pessoa desperdiça o seu tempo e suas energias para falar da vida alheia é o desejo de ter o que é do outro. Nesse sentido, criticar algo relacionado à carreira, ao relacionamento ou qualquer outra escolha de um terceiro, pode ser sinal de inveja. Contudo, para não sofrer com esse sentimento, a mente, em uma tentativa de defesa, reprime aquele desejo e o transforma em uma crítica, que é o que na psicanálise é conhecido como recalque.

Ocultar as Frustrações Que Carrega

Por último, é bastante comum vermos pessoas frustradas falando da vida alheia. Geralmente, são aquelas que pouco realizaram em suas vidas, que não lutaram para alcançar seus objetivos e se deixaram levar pelo comodismo. Como vivem em um mar de frustração, veem no ato de comentarem a vida de terceiros uma forma de se sentirem superiores, mesmo que por alguns minutos.

Como se pode ver, nenhum motivo para falar mal dos outros representa algo positivo, são sempre questões ligadas à frustração, à inveja, à insegurança. Portanto, se tem ou já teve esse costume, reflita sobre o assunto, para que possa resolver isso em seu interior, sem precisar envolver terceiros para tentar se sentir melhor.

Possíveis Consequências de Falar Mal dos Outros

Além da motivação para falar mal dos outros não ser nada positiva, é preciso considerar as consequências desse hábito, que podem envolver uma série de questões e comprometer relacionamentos pessoais e profissionais.

Ser Visto Como Fofoqueiro

À primeira vista, a pessoa que está sempre falando mal dos outros é vista como fofoqueira e essa é uma fama extremamente prejudicial, que pode, inclusive, comprometer seu crescimento profissional. Afinal de contas, nenhuma empresa deseja ter em seu quadro de funcionários colaboradores que fazem fofoca e comprometem a harmonia do ambiente.

Falta de Confiança das Pessoas

O que você sente quando vê uma pessoa falando mal do seu melhor amigo? A primeira percepção que costumamos ter é: se ele está falando mal de alguém que parece gostar tanto, imagine o que pode fazer comigo. Com isso, se torna alvo da desconfiança de todos, o que pode comprometer seriamente os seus relacionamentos, já que a confiança é a base de uma relação.

5 Dicas Para Parar de Falar Mal dos Outros e Se Concentrar na Sua Própria Vida

Depois de entender melhor o quanto esse comportamento pode ser nocivo, confira algumas dicas que te ajudarão a eliminar esse hábito de uma vez por todas, para que se concentre na sua própria vida e na busca pelos seus objetivos.

1 – Identifique o Motivo Pelo Qual uma Pessoa Te Incomoda

No início do artigo falei sobre o que leva uma pessoa a falar mal da outra. Que tal encontrar o motivo que está fazendo com que deseje falar mal dos outros dentro de si? Busque essa resposta e resolva a sua questão sem precisar envolver terceiros.

2 – Coloque-se no Lugar do Outro

Você gostaria que alguém que não tem nada a ver com a sua história e não conhece a sua essência ficasse te julgando e abrindo a sua intimidade? Provavelmente não. Então, por que fazer isso com alguém? Pense nisso e faça esse exercício sempre que sentir vontade de fazer um comentário maldoso sobre uma pessoa.

3 – Reflita Sobre as Consequências de Falar Mal dos Outros

O que parece uma “fofoca inofensiva” pode trazer grandes consequências, tanto para a pessoa que está sendo citada, quanto para você. Considere tudo isso antes de começar a falar e pense se essa atitude realmente vale a pena.

4 – Saiba Diferenciar Comentários de Fofoca

Comentar com um amigo que uma pessoa vai se casar, se separou ou está mudando de cidade, por exemplo, é natural. O problema acontece quando esses comentários vêm cheios de maldade ou revelam coisas que fazem parte da intimidade de alguém, isso sim é fofoca. Prefira sempre passar adiante apenas informações positivas e que agreguem.

5 – Fale Diretamente Com a Pessoa

Caso o comportamento de um amigo, familiar ou colega de trabalho esteja realmente te incomodando e perceba que não se trata de um problema seu, pense na possibilidade de falar a respeito diretamente com o interessado. Falar mal pelas costas, além de não trazer nenhuma solução, pode fazer com que o problema se torne ainda maior. Portanto, seja sincero e preze sempre pelo diálogo.

Quando você para a sua vida para falar mal dos outros, está desperdiçando um tempo precioso que poderia estar sendo usado para ir em busca dos seus objetivos e da sua felicidade. Deixe de lado os comentários, as fofocas e prefira se concentrar nas coisas boas, porque elas sim têm muito a te oferecer.

Copyright:  http://projetosejafeliz.com/

Deixe seu Comentário: