felicidade-produtividade

Qual relação entre felicidade pessoal e produtividade no trabalho?

Por: José Roberto Marques | Blog | 13 de janeiro de 2021

A felicidade, embora efêmera, tem grande impacto para que uma pessoa aumente seu bem-estar e motivação. Você já percebeu que quando está em uma fase mais feliz, tende a ser mais produtivo no trabalho? Isso acontece porque existe uma relação direta entre felicidade pessoal e produtividade no trabalho. Continue lendo para entender melhor esse conceito e vá em busca da sua felicidade!

Felicidade pessoal e produtividade no trabalho: qual a relação?

Antes de qualquer coisa, é essencial esclarecer que o conceito de felicidade plena não existe, as pessoas vivem momentos felizes ao longo da vida. O ideal é tentar prolongar o máximo possível a sensação de felicidade. Passar por muitos momentos de irritação e raiva atrapalha a produção de neurotransmissores responsáveis por gerar a sensação de alegria e bem-estar.

De maneira geral, a sensação de felicidade pode ser alcançada pelo trabalho de quatro neurotransmissores: serotonina, endorfina, dopamina e oxitocina. Além de ajudarem na criação da sensação de alegria, esses neurotransmissores contribuem para o aumento da produtividade. É exatamente aí que está a relação entre felicidade e produtividade. Quando uma pessoa está feliz, tem mais desses neurotransmissores que ajudam a melhorar o seu desempenho.

O papel dos neurotransmissores da felicidade na produtividade

O cérebro humano é como uma máquina que precisa de combustível para funcionar. O bom funcionamento do cérebro leva à sensação de felicidade e, consequentemente, à maior produtividade. A seguir vamos explicar como cada um dos quatro neurotransmissores da felicidade contribuem para maior produtividade.

Serotonina: neurotransmissor do bem-estar

Quando uma pessoa está fazendo algo de que gosta e/ou em que é reconhecida, tende a ter uma maior produção de serotonina. Conhecido como o neurotransmissor do bem-estar, leva a uma sensação de relaxamento e bom humor. Estar com baixa produção de serotonina pode levar à sensação de solidão e até evoluir para um quadro depressivo.

Dessa forma, se uma pessoa trabalha com algo de que gosta, tende a ter uma boa produção de serotonina. Com uma sensação de bem-estar e bom humor regular, é mais fácil se manter produtivo.

Dicas para potencializar a produção de serotonina

Praticar exercícios físicos, ainda que leves, pode ajudar a potencializar a sua produção de serotonina. Relembrar momentos felizes também é uma forma de ter mais serotonina, você pode ver fotos ou conversar com pessoas queridas.

Tire um tempinho do seu dia para tomar sol, nem que seja apenas meia hora. A luz natural contribui para a produção de vitamina D e, consequentemente, para o aumento da serotonina.

Endorfina: morfina do corpo

A endorfina é considerada como a morfina do corpo porque é produzida quando o organismo sente dor. Esse analgésico natural ajuda a relaxar, de maneira a ter mais foco e, assim, se tornar mais produtivo. O papel desse neurotransmissor é controlar a dor, potencializando a sensação de prazer.

Você é feliz?

Algo muito interessante é que a endorfina contribui para uma maior eficiência na realização do trabalho em equipe. A sensação de pertencimento a um grupo e de realizar um objetivo em comum faz com que projetos em grupo sejam mais prazerosos. O sucesso e a maior produtividade são as consequências.

Dicas para potencializar a produção de endorfina

Quer aumentar sua produção de endorfina? A dica é assistir a um filme triste, daqueles que fazem até as pessoas mais duras se debulharem em lágrimas. A endorfina é produzida como uma resposta para essa dor emocional. Dedicar-se a atividades físicas intensas, como uma série puxada na academia, também aumenta a endorfina. Mas, tenha cuidado para não ultrapassar o limite e se machucar.

Dopamina: o motor da motivação

Estudos científicos detectaram que a dopamina é uma substância que está intimamente ligada à motivação. É ela que te empurra na direção da conquista de uma promoção no trabalho. Ao dar o primeiro passo rumo à realização de um objetivo, o indivíduo aciona a produção de dopamina. Essa substância química tem um papel bastante importante para melhorar a sua produtividade, uma vez que te ajuda a se engajar em seus projetos profissionais.

Dicas para potencializar a produção de dopamina

Uma forma de potencializar a sua produtividade e aumentar a dopamina presente em seu organismo é definir metas de curto prazo. A realização de pequenos objetivos que levam à concretização de uma meta maior estimula a produção de mais dopamina que, por sua vez, motiva o indivíduo a continuar.

Meditar é outra forma de aumentar a quantidade de dopamina no organismo, porque estimula a concentração, acalmando a mente. Aprender algo novo também pode ter esse mesmo efeito.

Oxitocina: neurotransmissor dos vínculos emocionais

A oxitocina recebeu a alcunha de neurotransmissor dos vínculos emocionais por ser o resultado de interações com outras pessoas. Um abraço ou simplesmente um olhar carinhoso pode ser o suficiente para potencializar a produção de oxitocina. Um bom ambiente organizacional contribui para a produção de oxitocina, o que leva a relações mais agradáveis entre os indivíduos e à formação de um círculo virtuoso.

Trata-se de um composto cerebral relevante para a construção de confiança. No ambiente de trabalho, é imprescindível desenvolver confiança e parceria com os colegas. Logo, esse é outro neurotransmissor da felicidade que ajuda a melhorar a produtividade.

Dicas para potencializar a produção de oxitocina

Interagir de forma saudável e afetuosa com as pessoas que o cercam ajuda a aumentar a produção de oxitocina. Ser um bom colega de trabalho e ajudar quem está com dificuldades, aumenta a sua oxitocina e faz com que a equipe funcione ainda melhor. Sabia que brincar com seu pet depois de um dia de trabalho intenso também contribui para mais oxitocina?

Busque sua felicidade!

Como explicamos ao longo deste artigo, pessoas felizes tendem a ser mais produtivas. Entendendo melhor os neurotransmissores responsáveis pela felicidade, fica mais simples buscar pela sua própria satisfação.

Saiba que, ao se engajar nesse objetivo, você também está zelando pela saúde do seu cérebro. Se não se sente feliz neste momento, reflita sobre o que te deixaria bem em médio e longo prazo. Faça as mudanças necessárias para alcançar a sua felicidade pessoal e tenha a certeza de que a produtividade profissional será potencializada.

Felicidade e produtividade caminham lado a lado! Se gostou, deixe seu comentário e compartilhe o conteúdo em suas redes sociais para levar o conhecimento adiante!

*Esse conteúdo não é fonte para veículos jornalísticos ou matérias para imprensa, para utilização ou referência por favor entre em contato conosco.

Deixe seu Comentário: