Emotion,Face,Symbol,On,Yellow,Wooden,Cube,Blocks.,Service,Rating,

Qual é a importância de conhecer as suas emoções?

Por: José Roberto Marques | Blog

Você consegue reconhecer as suas emoções? Parece uma pergunta óbvia, mas a verdade é que muitas pessoas não conseguem. Elas ficam nervosas, ansiosas, tristes, frustradas, sem se darem conta disso. Então, acabam não gerenciando esse turbilhão emocional, deixando-o controlar suas ações.

Assim, a razão sai de cena e as emoções tomam conta. Como resultado, se tem reações intempestivas, que não se teria em uma situação normal. Aí, vêm as brigas, os arrependimentos, a culpa, o sofrimento, entre outros problemas. É por isso que conhecer as próprias emoções é importante, para evitar se tornar controlado por elas.

Continue a leitura para seguir com a reflexão e conferir dicas de como reconhecer as suas emoções.

Clareie seus pensamentos com meu ebook “Detox da Mente”!
Um desafio que irá te ajudar a ter uma vida mais leve e feliz!

Conhecer as suas emoções é fundamental para gerenciá-las

Nenhuma emoção existe por acaso, todas elas têm uma função. Inclusive, certos especialistas em comportamento humano são desfavoráveis ao hábito de classificá-las em boas e ruins. A raiva, o medo, a tristeza, o nojo, todas elas existem por motivos muito importantes. Confira alguns fatos que mostram isso.

Memória – Costumamos nos lembrar com mais facilidade das experiências que nos fizeram sentir felizes do que daquelas que geraram tristeza e raiva, por exemplo. Então, elas funcionam como um mecanismo de defesa para evitar que fiquemos relembrando situações ruins.

Reações físicas – Cada emoção é capaz de gerar uma reação física importante para cada situação. Uma pessoa com medo tende a arregalar seus olhos e isso não acontece por acaso. A ideia é ampliar seu campo de visão para que consiga escapar do perigo.

Proteção – Você teria coragem de se pendurar na janela de um prédio altíssimo, correndo o risco de cair? Se sua resposta foi não, agradeça ao medo, é ele que nos impede de submeter a situações que possam oferecer riscos para a nossa vida.

Esses são apenas alguns exemplos da importância que as emoções têm em nossas vidas. Quando sabemos reconhecê-las, conseguimos utilizá-las de modo ainda mais positivo e a nosso favor.

7 Dicas para conhecer suas emoções e aprender a lidar com elas

Se você deseja conhecer suas emoções e encontrar formas de lidar com elas positivamente, considere as ações a seguir. Cada uma das seguintes dicas irá te ajudar a entender o que está sentindo e gerenciar isso de forma equilibrada.

1. Comece a se observar

Em primeiro lugar, é importante que comece a se observar, entender o que está sentindo e por que está sentindo. Contudo, tenha bastante atenção à palavra observar, que é totalmente diferente de julgar. O que você deverá fazer é se conectar ao momento presente e identificar de modo consciente os seus sentimentos. Isso faz com que deixe de viver no piloto automático e comece a se conhecer melhor.

Você é feliz?

2. Associe a ação ou pensamento à emoção

Continuando com a observação, identifique as ações e pensamentos que levam à determinada emoção. Por exemplo: pensar no futuro profissional faz com que fique angustiado, lembrar de um ente querido que se foi faz com que fique com saudade e assim por diante. Essa associação te ajudará a se conhecer cada vez mais e a aprender a lidar com as emoções positivamente.

3. Observe as sensações físicas

Como mencionado anteriormente, as sensações físicas surgem como consequência das emoções. Observar isso em si mesmo te ajudará no processo de identificação do que está sentindo. Sendo assim, quando estiver com medo, irritado, enojado, ansioso, feliz, verifique os sinais que seu corpo dá. Se desejar, mantenha um diário para registrar essas informações e obter uma visão detalhada sobre si.

4. Evite julgar suas emoções

Ao se observar, verifique se costuma julgar as suas emoções. Se faz isso, saiba que não é positivo se envergonhar do que sente, pois isso faz com que reprima sentimentos e eles ganhem uma proporção ainda maior. Entenda que toda emoção tem a sua razão de ser, portanto, se observe, se compreenda e se acolha. Essa é a melhor maneira de se conhecer por inteiro, sem preconceitos e tabus.

5. Se questione sobre o que suas emoções te comunicam

Se toda emoção tem a sua razão de ser, identifique o que elas representam dentro da sua realidade. Por que se sentiu triste, irritado ou ansioso com determinada situação? Encontre respostas para esse questionamento e descubra o que a sua mente está tentando te dizer. A partir disso, conseguirá tomar decisões de maneira assertiva, evitando ir contra as suas próprias vontades, seja por medo ou simplesmente para agradar terceiros.

6. Encontre formas de expressar o que sente com tranquilidade

As emoções não devem nunca ser reprimidas, o que não significa que deve sair por aí despejando o que sente nas outras pessoas. O que você pode e deve fazer é encontrar formas de expressar o que está sentindo com tranquilidade e sem prejudicar ninguém.

A raiva, por exemplo, pode ser extravasada através de exercícios cardiorrespiratórios, como a corrida. Assim como a ansiedade pode ser controlada através de exercícios de respiração e de atenção plena. Encontre as maneiras de gerenciar o que sente que fizerem sentido para você e use-as sempre que necessário.

7. Pratique todas as ações anteriores

É importante destacar que as ações anteriores devem ser praticadas constantemente. Quando se trata de emoções e autoconhecimento, o jogo nunca está ganho em definitivo, é preciso manter esse objetivo ao longo de toda a vida.

Afinal de contas, tudo se transforma o tempo todo, incluindo nós mesmos. Por isso, não dá para dizer que o autoconhecimento é um processo com data para terminar. Siga buscando se observar e se conectar consigo mesmo, essa é a melhor forma de conhecer suas emoções e aprender a lidar com elas.

A mente humana é fantástica e não faz nada sem motivo, tudo tem a sua razão de acontecer. Ao conhecer as suas emoções poderá usá-las a seu favor em vez de enxergá-las como obstáculos para o seu desenvolvimento e felicidade.

Sempre é tempo de voltar a atenção para si, se observar e se conhecer. Então, não espere mais, comece hoje mesmo a aplicar as dicas compartilhadas ao longo do artigo.

Este conteúdo te ajudou de alguma maneira? Passe-o adiante, compartilhando através das suas redes sociais!

Imagem: Por Jo Panuwat D

José Roberto Marques

Sobre o autor: José Roberto Marques é referência em Desenvolvimento Humano. Dedicou mais de 30 anos a fim de um propósito, o de fazer com que o ser humano seja capaz de atingir o seu Potencial Infinito! Para isso ele fundou o IBC, Instituto que é reconhecido internacionalmente. Professor convidado pela Universidade de Ohio e Palestrante da Brazil Conference, na Universidade de Harvard, JRM é responsável pela formação de mais de 50 mil Coaches através do PSC - Professional And Self Coaching, cujo os métodos são comprovados cientificamente através de estudo publicado pela UERJ . Além disso, é autor de mais de 50 livros publicados.



*Esse conteúdo não é fonte para veículos jornalísticos ou matérias para imprensa, para utilização ou referência por favor entre em contato conosco.

Deixe seu Comentário: