leis-espirituais-do-sucesso

As leis espirituais do sucesso – Primeiro Nível Evolutivo: Ambiente/ Superficialidade – Limites e Oportunidades

Por: José Roberto Marques | Blog | 03 de julho de 2018

O nível de ambiente está relacionado com o contexto inicial, as primeiras informações, o meio em que estou inserido, têm relação com tudo que está fora e causam movimentos internos. A interpretação e vivência nesse nível nos dão a percepção de nossas oportunidades e limites em nossas vidas. Tem relação com onde e quando acontecem as informações. O papel do coach, nesse sentido, é de atuar como guia do Coachee e o tipo de liderança que se adapta é o gerenciamento por exceção.

Uma pessoa que vai a uma palestra, por exemplo, e perde todo o conteúdo porque o lugar não tinha estacionamento, o ar condicionado não funcionava, o banheiro estava sujo… e por conta de todas essas coisas deixa de aproveitar o conhecimento, é alguém que vive na superficialidade, pois dá valor demais ao ambiente e ignora as oportunidades e os movimentos internos.

Como vai você? Como é sua casa? Você gosta das suas roupas? Quanto você está aproveitando o seu ambiente e transformando em oportunidades para sua vida? Você está fazendo dele oportunidade ou limitação? Quanto uma informação superficial atinge você? Quanto você se preocupa em aprofundar o que ouve? Você vive a superficialidade do contexto inicial ou você vive o aprofundamento, a alma? Você vive fora ou dentro?

1º tipo de liderança: gerenciamento por exceção

A gestão por exceção é um tipo de liderança que permite aos gestores dedicarem-se às áreas mais estratégicas para o crescimento e desenvolvimento da empresa. Para isso, o gestor atua delegando às áreas dos níveis operacionais. O tipo “exceção”, tem este nome uma vez que os gestores só atuam nas exceções, nos problemas que os profissionais não conseguiram ou não tiveram alçada para resolver.

É um tipo de liderança empregada nas organizações para permitir que os níveis mais baixos da hierarquia repassem as informações sobre os acontecimentos relevantes e que requeiram um tratamento especial ou a tomada de decisão por parte dos coordenadores, gestores e diretores. É importante, mas é uma liderança que não assume os verdadeiros desafios da liderança.

1ª lei espiritual do sucesso: lei da potencialidade pura

Nas palavras do próprio Chopra: “A Lei da Potencialidade Pura baseia-se no fato de sermos, no estado essencial, consciência pura. A consciência pura é potencialidade pura; constitui o campo de todas as possibilidades e da criatividade infinita. A consciência pura constitui nossa essência espiritual”.

Antes de seguir com esta reflexão, é preciso fazer uma análise de dois termos:“potencialidade”e“pureza”. A palavra potencialidade tem origem em potência, que significa aquilo que alguém ou algo pode oferecer de um ponto zero até determinado limite. Quando dizemos que alguém “tem potencial”, queremos dizer que ainda há bastante a ser oferecido, significa que a pessoa saiu do seu ponto zero, mas ainda caminha lentamente em direção ao objetivo.

A palavra “pura” exerce 2 funções significativas e simultâneas. A primeira é a partir da pureza. Algo imaculado, em estado primordial, intocado, às vezes até não descoberto. De outro lado, “pura” é também utilizada como “sem mistura”, uma totalidade. Deste modo, quando Chopra diz“potencialidade pura”, quer dizer que somos o extrato de potencial ainda a ser revelado, oferecido.

O conhecimento da nossa potencialidade pura nos livra de amarras do poder externo, da necessidade de aprovação alheia, e de ter o controle sobre tudo. Isso tudo porque nos é revelado que o ponto central da nossa experiência de indivíduos é interno, é o nosso“eu”. A experiência do“eu”(ou autorreferência) significa que o nosso ponto de referência interior é constituído pela nossa própria alma e não pelos objetos da nossa experiência.

Deixe seu Comentário: