lider-dicas

Por Que ser um Líder?

Por: José Roberto Marques | Blog

Além de ser uma grande responsabilidade, ser um líder também é uma grande honra, pois é uma posição que permite ao profissional desenvolver pessoas, estimular, inspirar e motivá-las e construir, juntos, resultados extraordinários para a equipe e para a empresa também.

Para entender porque ser um líder é tão gratificante temos que compreender a liderança de modo mais amplo e sistêmico. Um líder não existe sem os seus liderados e não faz seguidores se não possui as competências e habilidades necessárias para exercer uma liderança efetiva e inspiradora.

Ninguém segue espontaneamente um gestor que não tenha princípios e valores claros, que não possui ações congruentes com suas falas e comportamentos, centralizador, obtuso e cujos resultados são incompatíveis com sua posição. Entretanto, muitos “líderes” acreditam que o poder e não a autoridade é o que mais importa em sua gestão, o que prejudica e, muito, a si e todos à sua volta.

Conheça a metodologia capaz de potencializar seus resultados!
Clique aqui e acesse meu ebook “Leader Coach”, é um presente!

Liderança que Faz a Diferença

Segundo o escritor americano Jonh Maxwell, um dos maiores especialistas em liderança, do mundo; a Lei do Limite é um grande norteador dos líderes. Para ele, para liderar com efetividade é preciso ter grande eficiência na liderança, ou seja, dominar, verdadeiramente, todas as habilidades e os talentos diferenciados de um líder extraordinário.

Hoje, mais do que nunca, não temos apenas líderes exigentes, mas liderados que sabem bem o que querem e, que buscam, em seus gestores, conhecimentos e experiências que agreguem à sua carreira e desempenho profissional. Líderes que fazem a diferença conseguem se atentar a estas necessidades e colocar foco não apenas em obter resultados, como também em oferecer o suporte técnico e experiencial que sua equipe busca.

Por isso, se você deseja ser líder, saiba de antemão, que a: “Liderança é Ação e Não Posição.”, como bem disse Donald McGannon. O que isso quer dizer? Que seus exemplos devem vir antes de qualquer coisa, e que o que você disser deve ser seguido e mostrado por meio de suas: iniciativas, atitudes, ideias e Ações.

Isso impede que você se torne um “líder de palanque”, aquele que muito promete, mas não cumpre nada do que diz. Além disso, ser líder é estar sendo observado o tempo inteiro, pois são suas ações que levam seus liderados a respeitá-lo e querer seguir, colaborar e trabalhar juntos em prol do sucesso da empresa.

A felicidade é imprescindível para o bom desempenho profissional!
Clique aqui, faça nosso “TESTE” e descubra como anda sua felicidade!

7 Qualidades de Um Bom Líder

Conheça seu objetivo

Como gerente, você pode pensar que seu trabalho é gerenciar os outros. Soa bastante direto. No entanto, a palavra gerenciar é enganosa. Por definição, significa: executar, controlar ou supervisionar, o que não é o papel de um gerente.

Acredito que os melhores gerentes se concentram em fazer uma coisa: eles tentam entender o que intrinsecamente motiva as pessoas e criam um ambiente que permite que as pessoas aproveitem essa motivação. Você não está dizendo a ninguém o que fazer. Você não está controlando ninguém nem exercendo influência sobre ninguém. Você nem está tentando capacitar ninguém.

Em vez disso, você assume que as pessoas já possuem talentos, dons e capacidades inatas dentro delas. Seu trabalho como líder é meramente fornecer um ambiente para que essas qualidades inerentes apareçam.

Você é feliz?

Seja claro

Para criar o melhor ambiente de trabalho para sua equipe, você deve criar clareza. As pessoas sabem o que precisa acontecer, porque o trabalho é importante e como é o sucesso? As pessoas sabem qual padrão de qualidade precisa ser atendido? Os melhores gerentes constantemente esclarecem essas coisas – em reuniões, em e-mails, pessoalmente. Eles também perguntam à equipe o que está ou não tão claro, se está conseguinte explicar o suficiente. Sem clareza em torno do trabalho, o trabalho não pode ser bem feito. Não há literalmente mais ninguém na equipe cujo trabalho é criar essa clareza. Cabe somente a você, como gerente, tornar as coisas tão claras quanto possível.

Forneça contexto a sua equipe

Depois de deixar claro o que precisa acontecer e por quê, você precisa garantir que sua equipe tenha treinamento suficiente, histórico, ferramentas e compreensão das partes interessadas para tomar decisões informadas. Em outras palavras, eles precisam de contexto. Como funcionário, não há nada mais frustrante do que esperar que seja executado algo quando você não tem contexto suficiente para executá-lo bem. Como gerente, fazer a pergunta: O que você precisa de mim para ter sucesso? Pode ajudá-lo a descobrir que contexto você precisa dar à sua equipe para que ela se sinta apoiada.

Garantir segurança psicológica.

Seu sucesso como gerente depende de como as pessoas honestas estão dispostas a estar com você. Se as pessoas não o fizerem direto como líder, você não poderá corrigi-lo caso as coisas comecem a dar errado. Por exemplo, se um projeto começar a ficar para trás, alguém o trará proativamente para que você possa tomar medidas imediatas? Ou você só vai descobrir quando o cliente está enviando emails para você depois do horário comercial?

Criar um ambiente seguro para a sua equipe se manifestar começa por ir primeiro e mostrar a vulnerabilidade como líder. Quando um funcionário aponta um erro, você o agradece elogia sua honestidade? Se assim for, você reforça que você quer ouvir a verdade. Pense em como cada ação que você toma como gerente é uma oportunidade de mostrar à sua equipe que é seguro dizer o que está elas pensam. 

Faça perguntas significativas

Estamos predispostos a acreditar que os líderes devem ter todas as respostas para realizar bem o trabalho. Como um todo, nossa sociedade elogia as pessoas que têm as respostas certas. Premiamos milhares, senão milhões de dólares, aos vencedores de jogos que têm a resposta certa.

Nossa sociedade nunca parece recompensar as pessoas que fazem as perguntas certas. É lamentável, porque eu acredito que fazer perguntas significativas é colaborar para fazer um gerente ser bom em seu trabalho.

Quando você faz perguntas como gerente, você faz duas coisas: você mostra que se importa e tem profundo interesse em aprender mais sobre sua equipe e como resultado, você promove uma sensação de segurança psicológica no local de trabalho, segundo: você se dá a oportunidade de desbloquear informações valiosas sobre as quais você talvez não soubesse antes.

Como líder, nunca esqueça esses benefícios de fazer perguntas e como elas podem ser úteis para você. 

Delegue tarefas

Quando você é um colaborador individual, está acostumado a fazer tudo sozinho. Quando se torna um gerente, isso muda. Seu trabalho é criar um ambiente para que os outros façam seu melhor trabalho – você não deve se intrometer no trabalho de outras pessoas. Você tem que deixar as coisas acontecerem. Você não pode pensar em si mesmo: eu posso fazer um trabalho melhor. 

Um bom líder deixa ir e deixa fazer sozinho. Fazer muito por si mesmo incentiva os maus hábitos, prejudica o crescimento e irrita os membros da equipe, já que eles não podem operar livremente. Não cometa esse erro!

Lidere pelo exemplo

Se você quiser que sua equipe faça alguma coisa, defina o exemplo para ela. Se você quer que as pessoas apareçam no horário, compareça a uma reunião cedo. Se você deseja que as pessoas compartilhem mais dados e análises em torno de determinadas decisões, explique e dê suporte às suas próprias descobertas com dados. Se você quer que sua equipe seja mais proativa ao assumir a responsabilidade, procure ser também proativo com seus colegas de trabalho. Ninguém vai fazer nada diferente se você não der o exemplo primeiro. 

Quando a equipe está insatisfeita com o líder, vemos queda de produtividade, baixo desempenho, desmotivação e insatisfação com o trabalho, fatores extremamente negativos para todos de modo geral. Por isso, se você é líder, busque desenvolver-se continuamente e obter ferramentas efetivas e poderosas para isso. Neste sentido minha dica final é, invista na liderança com Coaching e torne-se um Líder Coach, o líder essencial agora e no futuro.

Copyright: Ratch/Shutterstock

José Roberto Marques

Sobre o autor: José Roberto Marques é referência em Desenvolvimento Humano. Dedicou mais de 30 anos a fim de um propósito, o de fazer com que o ser humano seja capaz de atingir o seu Potencial Infinito! Para isso ele fundou o IBC, Instituto que é reconhecido internacionalmente. Professor convidado pela Universidade de Ohio e Palestrante da Brazil Conference, na Universidade de Harvard, JRM é responsável pela formação de mais de 50 mil Coaches através do PSC - Professional And Self Coaching, cujo os métodos são comprovados cientificamente através de estudo publicado pela UERJ . Além disso, é autor de mais de 50 livros publicados.



*Esse conteúdo não é fonte para veículos jornalísticos ou matérias para imprensa, para utilização ou referência por favor entre em contato conosco.

Deixe seu Comentário: