mindset-empresarial

Os 7 pilares do mindset empreendedor

Por: José Roberto Marques | Blog | 30 de julho de 2020

Empreender não é simplesmente ser dono de um negócio. Aliás, existem muitas pessoas que possuem um grande espírito empreendedor sem nem ao menos ocuparem um cargo de liderança. Isso acontece porque o empreendedorismo é um conjunto de crenças, habilidades, competências e atitudes que qualquer pessoa pode desenvolver, mesmo que ela seja um funcionário de uma empresa.

Quando olhamos para um empreendedor de sucesso, não é raro chegarmos a algumas conclusões, quase sempre precipitadas e incorretas, do tipo: “nasceu rico”, “tem um dom incrível para fazer dinheiro”, “teve sorte”. Em alguns casos, essas coisas até podem ser verdade, mas o que realmente une todos os empreendedores é o chamado “mindset empreendedor”.

Mindset é uma palavra da língua inglesa que pode ser traduzida como “mentalidade”. O sucesso de muita gente se explica porque essas pessoas foram capazes de ajustar suas mentes e seus pensamentos para o sucesso. Por isso, qualquer pessoa, inclusive você que lê este artigo agora, pode desenvolver esse mindset.

O mindset empreendedor é composto por 7 pilares. Você sabe quais são eles?

  1. Crenças

Aqui vai uma notícia muito triste: o seu cérebro não foi feito para te fazer feliz. Ele foi feito, há milhões de anos, para preservar a espécie humana, ou seja, garantir a sua sobrevivência, o que só é possível economizando energia. Assim, seu cérebro não quer que você saia da sua zona de conforto, se canse, se estresse e enfrente desafios. Ele vai criar em sua mente milhões de cenários em que tudo dá errado para que você tenha medo.

A questão é: o que fazer com esse medo? Para poupar energia, o melhor seria desistir. Para ser feliz e ter sucesso, o medo serve apenas para que você se prepare com cuidado para conquistar seus objetivos. Ou seja, tudo é uma questão de ajustar as suas crenças.

As crenças limitantes fazem com que nós duvidemos de nossas próprias capacidades e com que demos ouvidos àqueles que dizem que nossos planos nunca vão dar certo. Por isso, você precisa ignorar esse pessimismo da sua mente e de fato acreditar em si mesmo.

Se você não acredita verdadeiramente em algo, seu cérebro não vai gastar a preciosa energia dele com aquilo, fazendo com que você se sabote sem nem perceber. Em contrapartida, quando você realmente acredita no que faz, seu cérebro entre em estado de máxima eficiência e te ajuda a liberar todos os seus potenciais para alcançar seus objetivos.

  1. Fracasso

Não. Você não leu errado. O fracasso é um dos pilares do mindset empreendedor, e você já vai entender por que. Ao contrário do que muita gente acredita, o fracasso não é o oposto do sucesso; mas é uma etapa que o antecede.

Você já percebeu que a maioria das histórias de vida dos empreendedores de sucesso contém uma série de fracassos, especialmente no início? Isso é mais do que natural, justamente porque foram esses fracassos que fizeram com que essas pessoas percebessem o que estavam fazendo de errado.

O fracasso é comum, e é raríssimo que alguém acerte de primeira. Por isso, todos os erros têm o objetivo de fazer com que você reflita e aprenda a maneira correta de fazer as coisas. O fracasso indica que você está ao menos tendo coragem para tentar e que, em breve, conseguirá acertar e ser bem-sucedido.

  1. Resiliência

Como você deve ter percebido, o fracasso faz parte da trajetória de qualquer empreendedor. No entanto, é muito importante que, quando ele surgir, você não se considere um fracassado, incompetente e incapacitado para atingir suas metas.

Você é feliz?

Existe uma diferença entre fracassar e ser um fracassado. O fracassado é aquele que acredita naquelas crenças limitantes e acaba por desistir. A pessoa de sucesso, porém, aceita o fracasso, mas entende que ele foi um acontecimento isolado e não uma verdade absoluta.

Essa é a definição de resiliência: a capacidade que todos nós temos de passar pelos momentos difíceis, aprender com eles, reunir todas as nossas forças e seguir em frente, superando os obstáculos. Isso é praticamente rotina na vida de todo e qualquer empreendedor.

  1. Persistência

“Tente outra vez”, já dizia a música. Se os fracassos acontecem, a sua capacidade de aprender com eles e de fazer melhor da próxima vez tem que aparecer na mesma proporção.

Persistir não significa continuar a fazer as coisas sempre da mesma forma. Significa contemplar novos meios de agir, ponderar todas as opções existentes, pesar suas respectivas vantagens e desvantagens e, por fim, chegar a sua decisão.

É preciso persistir no seu sonho, mesmo que as estratégias para realizá-lo tenham que ser alteradas de tempos em tempos. Portanto, saiba filtrar os conselhos que recebe e desenvolva a sua capacidade de definir prioridades e fazer escolhas, pois ela será primordial em todos os seus caminhos enquanto empreendedor.

  1. Observação

Outro pilar muito importante na vida de qualquer empreendedor é a observação. É preciso observar o comportamento do consumidor, as necessidades e problemas da sociedade, as ações da concorrência, os rumos políticos e econômicos do país, as novas tecnologias que surgem, as tendências de marketing do momento, entre outros aspectos.

Quanto mais um empreendedor estiver atento a todos esses fatores, mais conhecimento terá para adaptar seus negócios às suas descobertas. O trabalho de pesquisa é constante, e é por meio dele que as empresas são capazes de oferecer aos seus clientes os melhores produtos, serviços e experiências que forem possíveis.

Mas atenção: seja um observador, mas também desenvolva um olhar crítico. Nem toda ideia ou evento que acontece por aí se aplica à realidade do seu negócio. O mindset empreendedor exige uma visão crítica, que sempre filtra o que é válido e o que não é.

  1. Criatividade

Outro pilar importante é o da criatividade e da inovação. Não vale a pena iniciar um empreendimento para fazer o que todo mundo já faz. É preciso testar novos produtos e serviços que facilitem a vida das pessoas, com base nas observações de que falamos no item anterior.

Mesmo que seu negócio não consiga desenvolver algo 100% novo, ao menos seja capaz de construir diferenciais em relação à concorrência. E aqui, não falamos em preço, embora ele possa ser algo decisivo, mas em algo mais criativo, como uma nova funcionalidade para um produto; ou um serviço que ofereça praticidade, economia e comodidade ao cliente. Seja inovador.

  1. Proatividade

Você se lembra de que falamos no início do texto que é possível ser empreendedor mesmo sem ocupar um cargo de autoridade ou chefia? Pois bem, qualquer funcionário pode ser empreendedor se agir com proatividade.

Proatividade é uma palavra que indica um indivíduo capaz de tomar decisões e agir sem que alguém lhe mande. Profissionais proativos são aqueles que estão sempre expondo suas ideias aos chefes, sugerindo novas maneiras de produzir, com incrementos que melhorem a produtividade e a qualidade de vida na empresa.

Isso não significa impor sua visão nem passar por cima de colegas e chefes, mas saber comunicar-se e agir contra os problemas do dia a dia, antes mesmo que eles surjam.

Qualquer indivíduo que desenvolva os 7 pilares acima será capaz de adquirir um mindset empreendedor. Seja para quem deseja conduzir um negócio próprio ou para quem simplesmente deseja encaminhar sua carreira com mais autonomia e inovação, o mindset empreendedor permite que você sempre acredite em si mesmo, persista diante dos fracassos, observe sua realidade, seja criativo e proativo para realizar seus sonhos.

*Esse conteúdo não é fonte para veículos jornalísticos ou matérias para imprensa, para utilização ou referência por favor entre em contato conosco.

Deixe seu Comentário: