ego-e-alma

O que verdadeiramente somos? Ego ou Alma ?

Por: José Roberto Marques | Blog | 11 de dezembro de 2018

O que nós verdadeiramente somos? Somos Seres Espirituais que habitam um corpo físico. Não somos nosso corpo, isso é matéria, é orgânico. O corpo é protegido pelo nosso ego. Somos seres sensitivos que pensam. Somos emocionalmente racionais.

Um dia, todos nós iremos morrer e ele vai acabar. O nosso verdadeiro Ser, aquilo que realmente somos é nossa Alma, que é infinita, e é isso que nunca morre. A alma necessita do corpo físico e do nosso ego para transcender em nossa existência neste plano terrestre.

A palavra Alma vem do latim animus, que anima. Ela é nossa parte imortal, é nossa vida, essência fundamental, é o Sopro de Vida. Ela é um movimento que é maior que o corpo, maior que a matéria. A Alma “vive dentro do corpo, por isso precisa dele, porém ela também é separada dele, pois não acaba quando ele morre, ela é eterna e não se dissipa.

É claro que manter nosso corpo físico saudável é essencial, essa é a função maior do nosso ego, afinal a manutenção de nossa Alma neste plano depende da manutenção da matéria. Mas não devemos esquecer que os desígnios espirituais são muito mais importantes que os materiais.

É comum não pararmos para refletir sobre o que é mais essencial em nossas vidas, assim focamos em acumular bens materiais que, na verdade, não tem valor. O ego tem necessidade da riqueza material, de relacionamentos e também de conhecer a bondade e compaixão. Afinal quando morremos, não levamos nenhum dinheiro, casa, e nem o prestígio ou poder que essas riquezas proporcionam no plano terrestre.

Temos que ter atenção para não nos perdermos na correria dos afazeres e dificuldades do cotidiano que nos distraem de ver o todo, apreciar os pequenos momentos de felicidade que estão em todo o lugar e finalmente nos desviam de encontrar nossa missão, realizar nosso propósito e deixar um legado terreno. Quando não focamos em nossos objetivos maiores as distrações nos aprisionam. Você já parou para refletir sobre aquilo que está aprisionando seu Ser, sua Alma, que não a deixa ser livre?

Podemos viver em dois estados internos, o Estado de Graça, beleza interior, paz, não comparação, não julgamento, que é a Consciência da Unidade“ ou o Estado de Sofrimento, de dor, de comparação, julgamento, um estado destrutivo, que é a “Consciência do Ego.

Temos o poder de escolher de qual Estado interno e de qual consciência partimos, de qual Estado interno realizamos nossas tarefas, tratamos as pessoas, buscamos atingir nossas metas, conviver com o outro e convivemos com nós mesmos.

Convido você a refletir também: de qual Estado você quer criar Riqueza, Abundância e Prosperidade? Você vive em um Estado de Paz ou Guerra Interna? E o que isso gera para você e para as pessoas dos seus sistemas?

Se você vive em um Estado de Sofrimento seu Ego está dominando você. O Ego é parte de nós, mas não é nossa Alma, o Ego é criado pela Alma  e tem como propósito protegê-la. Protegendo o corpo físico a Alma é protegida.

Quando somos dominados pelo Ego não vivemos no tempo presente, ficamos presos ao passado e julgamento ou ao futuro. Neste estado somos mais egoístas e vivemos na realidade material, diferentemente da Alma que vive na realidade energética.

O Ego tem necessidades. A experiência maior do Ego é o Medo. Medo da morte, da limitação do corpo e de não conseguir satisfazer suas necessidades. Quando vivemos pela experiência do Ego ficamos como medo da falta de dinheiro, de não termos conforto, de não sermos estimados, de não sermos lembrados, amados, de não termos poder. A alma não tem medo, tem desejos.

Porém quando vivemos em um Estado de Graça, vivemos pelo Propósito da Alma, vivemos em paz, estamos presentes, experienciando o AGORA, e consequentemente alcançamos uma riqueza energética, estamos mais próximos do divino, da Iluminação, pensamos no coletivo, na Unidade, e geramos uma Abundância e Prosperidade duradouras que se propagam a todos aqueles ao nosso redor e não somente nós mesmos.

Quando vivemos pelos desígnios da Alma buscamos a evolução e a conexão. Nossos dons e talentos únicos são usados para atingir nosso propósito maior de servir com amor toda a Humanidade, realizamos os desejos mais verdadeiros e profundos do nosso Ser.

Como podemos nos livrar da dor, dos sentimentos negativos e viver pela experiência da Alma? Como podemos verdadeiramente libertar nossa Alma? O primeiro passo é buscar o Autoconhecimento Intenso e daquilo que te trava, que te impede de seguir em frente, visando e alcançando seus objetivos com mais facilidade.

Tenha em mente que a solução das suas dificuldades não está no mundo exterior. As perturbações são criadas e vivem dentro de nós, assim procurar as respostas a questões tão essências no externo nunca trará resultados completamente satisfatórios. Você não se sentirá absolutamente livre visando o que está fora de você, pois sempre surgirão novos questionamentos.

A solução definitiva é conhecer-se e não se perder dentro de suas dificuldades. E assim, pelo Autoconhecimento, você toma as rédeas de sua vida para realizar seu propósito com mais clareza, de maneira mais leve e em paz, desse modo se alcança a verdadeira Liberdade Interna.

Te convido a refletir mais uma vez: quais são as suas sombras? A partir de qual Estado da Consciência (Ego ou Unidade) e de qual Estado Interno (Sofrimento ou Graça) você vive? Há alguém que você tenha que perdoar? Você já perdoou a si mesmo pelos erros e insucessos do passado? O que te faz perder a paciência? Você já descobriu seu propósito maior? Esse e tantos outros questionamentos são essências para descobrir o que te aprisiona e como você pode libertar a sua Alma.

Só você tem as respostas para as perguntas que farão a diferença em sua vida. Lembre-se sempre de se lembrar de nunca mais esquecer: na Caverna mais profunda está o Tesouro mais Precioso e no Veneno sempre estará o Antídoto.

Assim você encontrará as respostas para as questões mais difíceis da sua vida em si mesmo, libertando-se do passado, ressignificando suas dores, enxergando a realidade através da perspectiva positiva, perdoando quem lhe causou mal e perdoando a si mesmo.

Somente aí você será “VERDADEIRAMENTE LIVRE  e poderá cumprir seu verdadeiro propósito, o Propósito da Alma de SER FELIZ !

Créditos da Imagem: Por agsandrew – ID da foto stock livre de direitos: 550732327

Deixe seu Comentário: