pipeline-lideranca

O Que é o Pipeline de Liderança?

Por: José Roberto Marques | Blog | 05 de março de 2019

Encontrar líderes capacitados e preparados para o mercado atual é um grande desafio para as organizações. Por essa razão, muitos defendem que se busque desenvolver o próprios colaboradores, para que, no futuro, eles possam ocupar cargos de gerência. Assim, é possível promover o desenvolvimento focando nas características dos indivíduo e, consequentemente, extraindo o melhor que cada um tem a oferecer. E é exatamente nisso que se baseia o pipeline de liderança, como um caminho que passa por vários pontos diferentes até chegar ao objetivo.

O coaching vai te auxiliar com os processos de liderança em sua empresa e vida profissional. Escrevi um livro sobre liderança aplicada ao coaching.
Estou te dando ele de presente! Acesse aqui!

Entenda o Conceito de Pipeline de Liderança

A palavra pipeline tem origem no inglês e significa caminho, no sentido de canal, como uma tubulação, que tem várias saídas. Dentro do contexto da liderança, pipeline se refere ao modo como uma organização recruta e desenvolve os seus líderes. Os defensores desse modelo afirmam que para que um profissional se torne um líder realmente eficaz e preparado, ele precisa passar por seis etapas diferentes, para que aperfeiçoe seus conhecimentos e habilidades ao vivenciar cada uma delas.

Posto isso, podemos chegar à conclusão que o pipeline de liderança tem muito a ver com planejamento, com considerar o momento atual da companhia e os planos que se tem para o futuro em relação a ela. A partir do momento em que um gestor se dá conta dessa necessidade para formar os seus líderes, é preciso se atentar a cinco pontos, veja quais são eles.

1 – Esclarecer as necessidades atuais e futuras de liderança da organização: mais do que considerar apenas o momento atual da empresa, é necessário pensar nos objetivos para o futuro, para que forme líderes preparados para os novos desafios que irão surgir.

2 – Vincular o desenvolvimento da liderança ao planejamento de sucessão organizacional e aos planos de desenvolvimento de carreira individuais: o desenvolvimento da liderança se torna mais eficaz quando acontece em paralelo a outros programas. Assim, os profissionais ficarão mais familiarizados com o caminho que precisam percorrer para se tornarem grandes líderes.

3 – Usar avaliações de talentos para preencher lacunas de desenvolvimento específicas: cada indivíduo é único e, por isso, os passos a serem dados para que se torne um grande líder também. Desse modo, a avaliação de talentos se mostra como uma ótima ferramenta para conhecer melhor o perfil de cada um.

4 – Dar aos executivos da empresa o papel de professores: o exemplo é uma das forma mais eficazes de aprendizado. Por esse motivo, os atuais executivos de uma organização sempre têm muito a contribuir em relação ao desenvolvimento de seus sucessores, compartilhando seu conhecimento e experiências.

5 – Oferecer diversos recursos para o desenvolvimento: é necessário pensar além da sala de aula tradicional e incluir outras oportunidades de desenvolvimento, como Coaching e Mentoring, projetos especiais, cursos, entre outras.

Os 6 Passos do Pipeline de Liderança

Um ponto de grande importância do modelo pipeline é que ele considera que existem vários níveis de liderança dentro de uma companhia. Assim, os profissionais precisam passar por cada um deles para que se preparem para os desafios de um cargo definitivo no futuro.

1 – Passar do gerenciamento pessoal para o de uma equipe: o primeiro degrau a ser subido envolve a transição da responsabilidade apenas pelos próprios atos para começar a se responsabilizar, também, por uma equipe, se atentando às tarefas a serem realizadas por ela e seus prazos.

2 – Passar do gerenciamento de uma equipe para supervisionar outros gerentes: a segunda etapa envolve um pouco mais de responsabilidade, pois aqui os profissionais deixam de ter tarefas individuais, e passam a focar mais no gerenciamento dos demais.

3 – Passar do gerenciamento de gerentes para uma função: a diferença do passo anterior para este parece pequena, mas é fundamental para tornar a experiência mais completa. Ser responsável por gerenciar uma função faz com que o indivíduo adquira uma visão mais ampla em relação à empresa, o que certamente fará a diferença no seu processo de desenvolvimento.

4 – Passar do gerenciamento operacional para o de negócios: esta é uma das etapas mais significativas do pipeline, pois permite que o profissional dê um salto de sua capacidade de gestão para a liderança, o que inclui também um relacionamento mais próximo com os liderados.

5 – Passar do gerenciamento de negócios para grupos: o quinto passo do pipeline envolve olhar além de uma equipe e também considerar todos os outros grupos que fazem parte da organização, de forma bastante ampla.

6 – Passar do gerenciamento de grupos para se tornar administrador de empresa: a última etapa do pipeline acontece quando os gerentes se tornam, de fato, administradores. Aqui, como eles já passaram por todos os passos anteriores e desenvolveram suas habilidades, o foco é mantido nos valores da companhia, ou seja, nos rumos que ela deve tomar para alcançar seus objetivos.

Os Benefícios do Pipeline de Liderança Para uma Organização

Investir no modelo pipeline de liderança traz diversos benefícios para uma organização, veja quais são eles.

  • Clareza no desenvolvimento da liderança, formando líderes de acordo com valores da empresa;
  • Planejamento de sucessão mais eficaz, o que evita a situação de não ter o candidato ideal para uma vaga que surge de modo inesperado;
  • Promoções mais bem avaliadas, considerando o desempenho de cada profissional na prática;
  • Seleção de potenciais líderes com foco nas habilidades necessárias, aumentando as chances de se fazer escolhas assertivas;
  • Melhora na performance dos profissionais, pois ter objetivos e metas a cumprir é altamente motivador para qualquer indivíduo, o que consequentemente gera mais produtividade e empenho;
  • Melhor identificação das causas de problemas quando a performance de um profissional não está de acordo com o que é esperado dele;
  • Há uma redução do tempo de preparação para um novo líder, pois ele assume o novo cargo já conhecendo-o, diferente do que aconteceria com um novo contratado, por exemplo.

O pipeline de liderança é um modelo bastante interessante para organizações que desejam formar líderes capazes e preparados para enfrentar novos desafios de acordo com os seus valores e a sua visão. É um tipo de investimento que vale a pena para as empresas que desejam se manter competitivas, afinal ter bons líderes é fundamental para se alcançar o sucesso.

O coaching vai te auxiliar com os processos de liderança em sua empresa e vida profissional. Escrevi um livro sobre liderança aplicada ao coaching.
Estou te dando ele de presente! Acesse aqui!

Gostou do artigo? Aproveite para compartilhá-lo em suas redes sociais e passar a informação adiante!

Crédito das Imagens: Por ArchOnez – ID do vetor stock livre de direitos: 447190663

Deixe seu Comentário: