fases-desenvolvimento-humano

O que é a Psicologia do Desenvolvimento Humano?

Por: José Roberto Marques | Blog | 31 de outubro de 2019

A psicologia do desenvolvimento humano é uma área de conhecimento que tem por objetivo analisar e compreender como os processos físicos e psicológicos se desenvolvem em cada etapa do crescimento humano. O desenvolvimento físico, cognitivo, social, afetivo e psicológico tem princípio na concepção e fecundação do óvulo e continua durante todas as fases da vida de um sujeito tendo fim com a morte. Para que se considere o desenvolvimento de um indivíduo, é, portanto, imprescindível integrar várias áreas de conhecimento como educação, biologia, sociologia, antropologia, medicina, que juntas poderão dar um diagnóstico comportamental sobre ele.

A psicologia do desenvolvimento se debruça sobre as transformações psicológicas que ocorrem no decorrer do tempo com um indivíduo e utiliza estudiosos da área como o grande teórico sobre o assunto, Jean Piaget, para trilhar modelos que como as mudanças que acontecem na vida do sujeito e de que modo podem ser compreendidas e descritas. No começo dos estudos sobre essa área, apenas crianças e adolescentes eram analisados nas pesquisas. Hoje, os estudos se ampliam para todas as etapas da vida, pois se compreende que os seres humanos vivem em constantes mudanças e que essas análises contribuem para o desenvolvimento também de adultos.

Potencialize suas habilidades e permaneça em constante desenvolvimento!
Clique aqui e descubra como isso é possível! Acesse “Tudo sobre Coaching”!

Psicologia do Desenvolvimento Aplicada

Psicólogos do desenvolvimento estudam o crescimento e o desenvolvimento humano ao longo da vida, incluindo crescimento físico, cognitivo, social, intelectual, perceptivo, pessoal e emocional.

Psicólogos do desenvolvimento que trabalham em faculdades e universidades tendem a se concentrar principalmente em pesquisa ou ensino. Outros que trabalham em ambientes mais aplicados, como centros de saúde ou clínicas, ajudam a avaliar e tratar pessoas que vivem com deficiências de desenvolvimento. Psicólogos do desenvolvimento também podem trabalhar em lares assistidos para idosos, hospitais, clínicas de saúde mental e centros para os sem-teto.

Fases do desenvolvimento

Jean Piaget introduziu o conceito de fases do desenvolvimento de crianças. Vamos conhecer um pouco sobre cada estágio?

  1. Primeiro estágio: (de 0 a 24 meses). Esse primeiro estágio é caracterizado pela “Confiança X Desconfiança” período sensório-motor, em que a criança percebe o mundo conforme o deslocamento de seu próprio corpo, o que não está em seu campo visual não existe, o mundo é a própria criança. Durante esta fase crítica do desenvolvimento, uma criança é totalmente dependente de seus cuidadores. Quando os pais ou responsáveis ​​respondem às necessidades de uma criança de maneira consistente e cuidadosa, a criança aprende então a confiar no mundo e nas pessoas ao seu redor.
  2. O segundo é o estágio pré-operatório (de 2 a 7 anos) em que a criança passa a ser capaz de representar, mentalmente, objetos que não estejam fisicamente presentes, mas nessa fase elas ainda não conseguem enxergar as coisas pela perspectiva do outro, são egocêntricas. O segundo estágio psicossocial envolve o conflito entre autonomia e vergonha ou dúvida. Quando a criança entra nos anos da criança, ganhar um maior senso de controle pessoal torna-se cada vez mais importante.Tarefas como aprender a usar o banheiro, selecionar alimentos e escolher brinquedos são maneiras de as crianças ganharem um maior senso de independência.
  1. O terceiro (de 7 a 11 anos) é o das operações concretas, a criança consegue ver o mundo de maneira lógica e passa a ter desejos de sociabilidade. Este estágio é centrado no desenvolvimento de um senso de iniciativa própria. As crianças que são permitidas e encorajadas a se envolverem em brincadeiras autodirigidas emergem com um forte senso de iniciativa, enquanto aquelas que são desencorajadas dessas atividades podem começar a sentir um sentimento de culpa sobre suas atividades autoiniciadas. Durante a meia-idade entre as idades de sete e onze anos, as crianças entram no estágio psicossocial conhecido como indústria versus inferioridade. À medida que as crianças se envolvem em interação social com amigos e atividades acadêmicas na escola, elas começam a desenvolver um senso de orgulho e realização em seu trabalho e habilidades.
  2. O último (a partir de 12 anos) é o estágio operatório formal em que os adolescentes conseguem entender que sua realidade específica é apenas uma entre várias imagináveis, e começam a questionar temas existenciais como a verdade, o bem, o mal, a justiça. Este estágio está centrado na identidade versus confusão de papéis. Neste ponto do desenvolvimento, a formação de uma identidade pessoal torna-se crítica. Durante a adolescência, os adolescentes exploram diferentes comportamentos, papéis e identidades. Um estágio particularmente crucial e que forjar uma identidade forte serve como base para encontrar uma direção futura na vida. Aqueles que encontram um senso de identidade se sentem seguros, independentes e prontos para enfrentar o futuro, enquanto aqueles que permanecem confusos podem se sentir perdidos, inseguros e inseguros de seu lugar no mundo.

 

Você é feliz?

Muitos estudiosos atualmente se debruçam sobre estas teorias e dão continuidade às análises na vida adulta dos indivíduos, pois mudanças ou constâncias nesses padrões de comportamento podem ser importantes armas para se compreender os desejos, personalidades e aspirações que determinado sujeito possui. As novas concepções de atuação profissional que enfatizam a prevenção e a promoção de saúde fazem com que profissionais de várias áreas busquem na psicologia do desenvolvimento subsídios teóricos e metodológicos para sua prática profissional.

Coaches profissionais também se utilizam desses conhecimentos para conseguirem trilhar estratégias que irão beneficiar seus clientes. Ao se conhecer todos os aspectos do desenvolvimento humano de determinado indivíduo é possível diagnosticar suas dificuldades e suas potencialidades e, assim, criar um trabalho que possibilite o pleno desenvolvimento dessa pessoa, superando os desafios e aproveitando as qualidades que sua personalidade oferece. O Curso Professional & Self Coaching – PSC do IBC Coaching tem na psicologia do desenvolvimento humano uma de suas bases teóricas. Conheça nossa metodologia e se desenvolva conosco!

 

Copyright: https://shutterstock.com/home

*Esse conteúdo não é fonte para veículos jornalísticos ou matérias para imprensa, para utilização ou referência por favor entre em contato conosco.

Deixe seu Comentário: