nomades-digitais

Os Nômades Digitais e a Nova Forma de Conduzir a Vida e a Carreira

Por: José Roberto Marques | Blog | 08 de agosto de 2019

Há alguns anos, a grande maioria dos profissionais mantinha residência fixa em determinada cidade para ir todos os dias até uma empresa trabalhar. Hoje, isso tem mudado e o aumento da quantidade de pessoas que optam por se tornarem nômades digitais e viverem viajando por diversos estados e países comprova isso. Continue acompanhando e saiba mais a respeito desse estilo de vida que está conquistando cada vez mais adeptos em todo o mundo.

Clique aqui e conheça a metodologia capaz de acelerar seus resultados!
No ebook “Tudo Sobre Coaching” você vai descobrir como chegar ao topo!

O Que São Nômades Digitais?

Em primeiro lugar, é necessário explicar o que essa expressão significa. A palavra nômades já é conhecida e se refere a indivíduos que não possuem um lar fixo, algo bastante comum entre povos de diversas partes do mundo. Já o termo digital faz referência aos profissionais que utilizam a tecnologia para trabalharem remotamente, como é o caso de escritores, designers, fotógrafos, produtores de conteúdo, tradutores, programadores, investidores, entre outros.

Geralmente, são pessoas que têm essa paixão por viajar e descobrir novos lugares e, então, aproveitam as facilidades da internet, dos computadores e smartphones para continuarem trabalhando e conseguirem se manter. Em muitos casos, as descobertas realizadas durante a viagem podem até agregar à qualidade do trabalho. Um escritor, por exemplo, pode se beneficiar das experiências para estimular sua criatividade, assim como um fotógrafo pode aproveitar as paisagens para realizar cliques extraordinários.

Modalidades de Trabalho Realizadas Por Nômades Digitais

Os nômades digitais costumam trabalhar em seus quartos de hotel, cafés ou espaços de coworking. Embora todos tenham em comum o fato de usarem a internet para ganharem dinheiro, existem modalidades diferentes de trabalho, como as que verá a seguir.

Funcionário Remoto Corporativo: muitas empresas oferecem aos seus colaboradores a possibilidade de trabalharem remotamente, já que possuem uma função que independe do local em que estejam. Nesta modalidade se tem mais estabilidade, já que existe um trabalho com uma renda fixa, o que permite um planejamento mais seguro das despesas.

Freelancer: um freelancer é um profissional que presta serviços para diversas pessoas e que não possui um contrato formal de trabalho. Dentro desta modalidade estão designers, jornalistas, escritores, programadores e mais uma série de profissões que não precisam, necessariamente, de uma estrutura física e nem de contato pessoal com os clientes para serem realizados.

Empreendedor: existem também os nômades digitais que são empreendedores e possuem um negócio baseado na internet, o que lhes permite estar cada período do ano em um lugar. Inclusive, existem pessoas que ganham a vida compartilhando as experiências das viagens através de blogs e das redes sociais, que são os chamados influenciadores digitais.

Você é feliz?

Vale dizer que nem todo trabalhador remoto é um nômade digital, pois existem pessoas que trabalham em suas casas, com um endereço fixo, como uma forma de cortar custos ou viver com mais praticidade, sem precisar se deslocar todos os dias. Um profissional se torna um nômade quando deixa esse endereço e passar a viver viajando, passando períodos mais curtos em cada lugar.

O Que é Preciso Para Se Tornar um Nômade Digital?

Se esse estilo de vida itinerante te interessou, existem alguns pontos nos quais precisa pensar antes de fazer as malas e sair viajando pelo mundo. Veja, a seguir, o que deve considerar antes de tomar essa decisão.

1 – Pense Se Está Pronto Para Ficar Longe da Sua Família e Amigos

Uma das partes mais desafiadoras de se tornar um nômade digital é ficar longe da família e dos amigos. Então, esse é um dos primeiros pontos a se considerar, pois é preciso que lide positivamente com essa parte para que possa desfrutar da experiência de modo positivo. Mais uma vez, a tecnologia poderá ser uma aliada, facilitando o contato com os entes queridos.

2 – Considere o Trabalho Que Realizaria

Outra questão de grande importância é o trabalho que realizaria para se manter durante as viagens. Considere a sua profissão atual para verificar se já existe essa possibilidade na sua carreira ou identifique possíveis oportunidades de atuar remotamente, seja adquirindo novas habilidades, empreendendo ou o que mais achar possível.

3 – Converse Com Outros Nômades Digitais

Uma ótima maneira de conhecer melhor a realidade de determinado grupo de pessoas é falando com elas e ouvindo o que têm a dizer. Desse modo, é interessante que procure por fóruns e faça contato com outros nômades digitais. Assim, terá a oportunidade de tirar as suas dúvidas e verificar se está realmente preparado para essa experiência.

4 – Comece a Poupar Para Ter uma Reserva de Segurança

Todos deveriam ter uma reserva financeira para emergências e, quando se está viajando pelo mundo, torna-se ainda mais necessário poder contar com essa segurança. Por isso, procure se programar financeiramente. Inclusive, pode ser interessante contar com o suporte de um Coach Financeiro para isso.

Reconhecer suas habilidades é o primeiro passo para quem busca crescer!
Descubra como crescer profissionalmente, baixe “Tudo sobre Coaching”!

5 – Crie um Planejamento Considerando os Destinos Pelos Quais Deseja Passar

Embora você não precise sair de casa com uma lista pronta dos destinos que deseja visitar, é interessante ter uma ideia, até mesmo para que faça uma pesquisa prévia em relação às hospedagens e custos. É claro que pode acontecer de sentir a necessidade de alterar rotas, entretanto, esse planejamento irá te ajudar a sentir mais segurança.

6 – Evite Deixar Pendências Para Trás

Um nômade digital deixa a sua cidade sem ter uma data certa para retorno. Então, para que possa desfrutar da viagem sem se preocupar com questões burocráticas, é necessário que evite deixar pendências para trás. Faça uma lista com tudo o que precisa resolver, incluindo coisas relacionadas a dinheiro, bens, família. Resolva tudo e viaje com a mente tranquila.

7 – Aproveite a Experiência

Por último, faça o possível para aproveitar a experiência ao máximo, aprender com novas culturas e, claro, agregar tudo isso ao seu trabalho, afinal, é por meio dele que poderá desfrutar dessa aventura. Independente de quanto tempo passar vivendo como um nômade digital, é fato que irá evoluir muito durante esse processo.

Por mais que se tornar um nômade digital esteja em alta, evite fazer isso apenas porque as pessoas acham interessante. Faça porque essa experiência irá te agregar e por acreditar que está dentro dos planos que deseja para si, afinal, é esse o caminho para a felicidade e a realização.

Aproveite para enviar este artigo para um amigo que sonha em viajar o mundo e, claro, deixe o seu comentário abaixo contando a sua opinião sobre ser um nômade digital.

Copyright: 1321399355 – https://www.shutterstock.com/pt/g/gaudilab

Deixe seu Comentário: