mensagens-conforto-perdeu-alguem

Mensagem de Conforto Para Quem Perdeu um Ente Querido – Palavras Para Fortalecer e Demonstrar Carinho

Por: José Roberto Marques | Blog

Se você chegou a este artigo, muito possivelmente está passando por um momento de perda, ou se vê na difícil missão de consolar alguém enfrentando esse momento. Quando um amigo ou familiar parte, sempre é uma situação de dor, tristeza e saudade. Às vezes, as palavras nos faltam, e fica difícil encontrar um meio menos doloroso de passar por essa atribulação.

Clareie seus pensamentos com meu ebook “Detox da Mente”!
Um desafio que irá te ajudar a ter uma vida mais leve e feliz!

10 Sugestões de mensagens de conforto para quem perdeu um ente querido

A seguir, você encontrará 10 mensagens para acalmar seu coração e também para que você possa confortar aqueles que estão nesse momento difícil com você, seja pessoalmente, por telefonema ou mesmo por meio de uma mensagem escrita.

Acredite, o simples gesto de enviar uma mensagem para uma pessoa que esteja enfrentando uma situação delicada como essa certamente a ajudará a encontrar forças e aquecer seu coração.

  1. O amor é mais forte do que a morte

Por mais que fisicamente a pessoa amada não esteja mais presente em sua vida, ela sempre estará viva em sua memória e em seu coração, pois o amor é mais forte do que tudo, incluindo a morte. Nada irá apagar as lembranças dos momentos que viveram juntos e nem o que aprendeu por meio da convivência com esse ente tão querido. Se apegue a essas memórias e, com o passar do tempo, a dor se transformará em saudade.

O amor e o tempo são os dois principais remédios nesse momento. É claro que a presença física daquela pessoa jamais poderá ser substituída. No entanto, ao longo do tempo, desenvolvemos a capacidade de lidar com essa ausência com mais serenidade. Nenhuma dor é eterna.

  1. Gratidão pelos momentos vividos

Quando perdemos alguém que amamos, temos dois caminhos a seguir. O primeiro é se lamentar pela perda e se revoltar com a vida, achando que tudo foi em vão. Já o segundo envolve ser grato por ter tido a oportunidade de conviver com uma pessoa tão especial, por ter compartilhado momentos importantes com ela e por ter aprendido lições poderosas com seu exemplo.

Vivemos em um mundo com quase oito bilhões de pessoas e, dentre todas elas, você foi um dos escolhidos para conviver com esse ser de luz. Seja grato pelo tempo que passaram juntos.

  1. É um momento de união

Imagine que esteja carregando sozinho um peso muito grande e que não esteja conseguindo suportar. Então, várias pessoas chegam e dividem esse peso contigo, fazendo com que fique mais leve. Assim como um fardo pesado, a dor também se torna mais leve quando compartilhada. Por isso, evite querer suportá-la sozinho, fique perto de quem você ama, assim, um poderá fortalecer o outro e, juntos, vencerão a dor.

Também é importante que você não reprima seus sentimentos. Permita-se sentir a tristeza e a dor. Chore se sentir vontade. Expressar as emoções é uma maneira saudável de lidar com elas. Faz parte do luto, e você não precisa ser forte o tempo todo.

  1. Um exemplo para todos

Ao despedir-se de um ente querido, pense no exemplo e no legado que essa pessoa deixou. Ninguém é perfeito, mas, com certeza, aqueles que passam por nós deixam impressões positivas acerca de suas qualidades. Honestidade, caráter, paciência, determinação e alegria podem ser algumas das qualidades a serem relembradas num momento de perda.

É dito popularmente que a morte é a única certeza da vida. Assim, não há outro meio de superá-la senão aceitá-la. A dor pode ser intensa, mas é nessas horas que descobrimos que somos muito mais fortes do que imaginamos.

Você é feliz?

  1. Uma missão cumprida

Sempre que perdemos alguém querido, ficamos com a sensação de que poderíamos ter aproveitado mais ou que a partida foi precoce. Essa sensação é natural, mas um dos principais pilares da inteligência emocional é entender que há muitas coisas na vida que não estão sob o nosso controle.

Aliás, uma prece popular diz que é preciso ter serenidade para aceitar as coisas que não podem ser mudadas, coragem para mudar as que puderem ser modificadas e sabedoria para discernir umas das outras. Nesse sentido, há pessoas que acreditam que a vida continua em outro lugar e que, um dia, nos reencontraremos. Se você acredita nisso, pode apegar-se às suas crenças espirituais como meio de fortalecer-se.

  1. Você não está só

Para consolar alguém nesse momento de perda, você pode simplesmente mostrar à pessoa que ela não está sozinha. Uma singela mensagem do tipo “estou aqui para te ajudar” é recebida com alívio e serenidade. Nessas horas, toda ajuda é bem-vinda.

Amigos são para isto: para compartilhar alegrias e tristezas, momentos bons e ruins, permanecendo ao lado uns dos outros diante de todas as circunstâncias. Qualquer abraço ou palavra amiga faz uma profunda diferença.

  1. Faltam palavras para expressar

A morte é o extremo da vida. Por mais facilidade que alguém possa ter com as palavras, às vezes parece difícil encontrá-las. São tantos pensamentos e sentimentos surgindo ao mesmo tempo que nem sempre conseguimos traduzi-los em palavras de conforto. Está tudo bem passar por essa situação.

Lembre-se de que um olhar, um abraço ou uma atitude específica nesse momento de perda podem comunicar mais do que muitos textos longos.

  1. Nada apagará as memórias

A morte pode levar as pessoas que amamos, mas jamais será capaz de apagar as memórias deixadas por elas em nosso coração. Seu ente querido estará contigo para sempre em sua lembrança e, por isso, você nunca estará só.

Sempre que a saudade apertar, poderá revisitar cada memória que guardou com carinho em sua mente, a qualquer momento e a qualquer hora, pois o amor transcende qualquer coisa, até mesmo a ausência física. As fotografias, por exemplo, nos ajudam a cultivar essas lembranças felizes em nossas mentes, como prova de que a vida da pessoa valeu a pena.

  1. Você é mais forte do que imagina

Lidar com a morte é missão de todos nós, sem exceção. Todo mundo perde pessoas amadas ao longo da vida e, infelizmente, essa é uma realidade comum a qualquer ser humano. No entanto, é nas horas mais árduas que despertamos em nós mesmos forças que nem sequer sabíamos que estavam conosco por todo esse tempo.

O tempo cura as feridas, apaga as cicatrizes e transforma a dor em saudade. A resiliência, de que tanto falamos aqui no blog, também se faz presente nesses momentos de perda. Você já superou muitos obstáculos, a perda de alguém que você ama é mais um deles.

  1. A vida continua

Quando perdemos alguém querido, precisamos ter em mente que a existência daquela pessoa na Terra foi encerrada, como uma missão cumprida. Por triste que esse acontecimento seja, ele também serve para que nos lembremos de que nosso tempo aqui também é limitado e que a nossa hora também chegará.

Essa lembrança não tem o objetivo de trazer ainda mais tristeza ou ansiedade, mas uma reflexão sobre como estamos aproveitando o nosso tempo aqui. A melhor homenagem que podemos fazer àqueles que partiram antes de nós é ser felizes, fazer o bem, viver com bons princípios, estudar, trabalhar, amar, enfim, valorizar cada minuto de nossa existência procurando pela felicidade.

Se você estiver passando por uma perda, busque apoio com os seus entes queridos, se abra, fale sobre o que está sentindo. Se necessário, não hesite em procurar ajuda de profissionais, como psicólogos.

Se for alguém de que você gosta que esteja sofrendo, seja o ombro amigo que essa pessoa precisa, ouça-a com atenção e mostre que está ao lado dela para apoiá-la nesse momento delicado.

Desejo a você muita força, paz e luz.

José Roberto Marques

Sobre o autor: José Roberto Marques é referência em Desenvolvimento Humano. Dedicou mais de 30 anos a fim de um propósito, o de fazer com que o ser humano seja capaz de atingir o seu Potencial Infinito! Para isso ele fundou o IBC, Instituto que é reconhecido internacionalmente. Professor convidado pela Universidade de Ohio e Palestrante da Brazil Conference, na Universidade de Harvard, JRM é responsável pela formação de mais de 50 mil Coaches através do PSC - Professional And Self Coaching, cujo os métodos são comprovados cientificamente através de estudo publicado pela UERJ . Além disso, é autor de mais de 50 livros publicados.



*Esse conteúdo não é fonte para veículos jornalísticos ou matérias para imprensa, para utilização ou referência por favor entre em contato conosco.

Deixe seu Comentário: