meditacao-limpeza-medos

Meditação para limpeza de medos, culpas e julgamentos

Por: José Roberto Marques | Blog | 18 de novembro de 2020

Nem todas as nossas emoções são positivas. No entanto, mesmo que certos sentimentos despertem algum sofrimento, eles também são importantes para que possamos refletir sobre nossas ações. A detecção de erros tem o objetivo de impulsionar cada pessoa à correção e à evolução, mas não deve gerar um ciclo de autopunição, medo e culpa constante.

Lidar com as emoções negativas é uma habilidade a ser desenvolvida, sobretudo com o autoconhecimento. Para que você consiga administrar esses sentimentos sem ser controlado por eles, a meditação abaixo foi desenvolvida. Se você sofre com medo, culpa e julgamentos, liberte-se para a prática a seguir.

Encontre uma posição adequada

A meditação a seguir pode ser realizada tanto com o individuo sentado como deitado. No entanto, saiba que há o risco de você pegar no sono se realizá-la deitado. Contudo, o importante é que você se sinta confortável.

Para entrar em um estado de meditação e de profundo relaxamento, traga toda a sua atenção para o momento presente. Foque especialmente em sua respiração. Sinta o ar que entra em seus pulmões e te preenche de vida. Ao inspirar, mentalize bons momentos e sentimentos, como paz, tranquilidade, resiliência, amor e alegria.

Ao expirar, também vagarosamente, visualize aqueles sentimentos negativos dos quais você deseja se desapegar. Culpa, arrependimento, autopunição, medo, julgamentos, baixa autoestima. Sinta toda essa energia negativa indo embora de seu ser.

Faça algumas respirações de forma consciente e profunda, sem preocupar-se com mais nada. Apenas viva o momento e coloque de forma bem clara a intenção desta meditação: limpeza de medos, culpas e julgamentos.

Ao mesmo tempo, tome consciência de seu corpo, focando sua atenção em cada parte dele: pés, tornozelos, panturrilhas, joelhos, coxas, glúteos, cintura, coluna, abdômen, tórax, pescoço, braços, cotovelos, antebraços, mãos, dedos e, por fim, a cabeça. Sinta o relaxamento dominando todo o seu ser, livrando-o das emoções negativas.

Entenda seus sentimentos

Você é um ser humano. Você não nasceu pronto ou com sabedoria plena. Você está em constante evolução, e os erros são parte importantíssima desse processo. Não busque a perfeição, pois ela não existe. Não queira ser melhor do que ninguém, apenas melhor do que quem você mesmo foi ontem.

O perfeccionismo nos leva, muitas vezes, ao medo de errar, ao medo do que os outros vão pensar e, por isso, a certas desistências em nossas vidas. No entanto, jamais se esqueça de que todas as outras pessoas, sem exceção, também cometem erros. Isso é parte da experiência humana. Portanto, não julgue o outro para que ele não o julgue.

Além disso, perdoe a si mesmo. Como exigir dos outros o perdão você não foi capaz de conceder a si? Acolha seus sentimentos e encare seus erros como fontes de aprendizado. Aprenda, evolua, adquira conhecimento e melhore continuamente. Essa é a lei da vida.

Você é feliz?

O sábio não é aquele que não erra, mas aquele que aprende com seus erros. Ele perdoa a si mesmo, pois aceita a sua condição humana. Ele perdoa o próximo, pois sabe que ele também é falho. Ele aceita as críticas construtivas, pois elas de fato o ajudam em sua evolução pessoal. Ele ignora as críticas destrutivas, que não são mais do que fruto da inveja e da ignorância.

Visualize a sua cura

Agora, imagine-se num lugar calmo e tranquilo. Este lugar é o seu refúgio de paz e felicidade. Pode ser um campo, uma praia, uma montanha, enfim, deixe que a sua intuição o leve até este lugar.

Ao chegar nele, você se encontrará com um protetor, um guia espiritual, um anjo, enfim, a energia positiva em que você acredita. Seu guia é seu protetor. Ele não julga suas atitudes, mas está sempre te influenciando a fazer o que é certo, mesmo que você não perceba. Ele está com uma chama violeta em suas mãos.

Neste momento, lembre-se de todos os seus padrões mentais negativos. Lembre-se especialmente de seus erros, de tudo aquilo que já te provocou arrependimentos dolorosos, culpas intermináveis, julgamentos, autopunição e sofrimento. Lembre-se de todos os seus medos e de todas as suas desistências. Visualize tudo aquilo de que você deseja se livrar neste momento.

Jogue cada uma dessas lembranças negativas na chama violeta. Ela absorve toda essa energia ruim que tanto bloqueia seus caminhos. Ela destrói todo o medo, toda a culpa e todos os julgamentos que você faz e recebe. Tudo agora não passa de uma lembrança.

Agora, você se encontra com o seu “eu criança”, de apenas 3 anos. Observe a si mesmo, tão pequeno, frágil, puro e inocente. Abrace o seu “eu criança”. Essa criança ainda existe dentro de você.

Ela desperta a sua capacidade de perdoar, de errar, de aprender, de pedir desculpas, de cair, de levantar, de seguir em frente, Ela é o seu lado criativo, inventivo, amoroso, carinhoso, feliz. Abrace-a fortemente. Ela te perdoa por tudo. Ela entende que você erra. Ela sabe que viver não é fácil. Ela te enche de força, ânimo e paz em seus caminhos.

Expanda a sua consciência

Fazendo as pazes com o passado, você se compromete com a criação de um futuro feliz, mas não se esquece de viver exclusivamente no tempo presente. Em total expansão de sua consciência, você deixa este lugar especial que tanto te faz bem, sabendo que a sua criança interior jamais morrerá, pois ela vive dentro de você.

Como adulto, você é o único responsável pelo que acontece com você. Agora, você está mais calmo e com mais foco. Permite-se errar e aprender com os erros, sem julgar a si e aos outros. A cada dia que passa, você se torna o seu “eu ideal”. Você se lembra constantemente de que não precisa ser perfeito para amar a si mesmo.

Agora, você está completamente iluminado por uma energia muito positiva, de amor, de aceitação, de autoconfiança, de segurança, de gratidão e de cura. Você sabe lidar com seus erros, medos e julgamentos. Esses itens não afetam a sua vida, pois apenas permitem que você evolua constantemente. Você perdoa a si mesmo e a todos aqueles que, de alguma maneira, prejudicaram a sua existência.  Você agora está em paz.

Cada vez que você realiza esta meditação e confia no poder da chama violeta, você fortalece seu processo de cura e sua confiança em si mesmo. Meditação é prática. Quanto mais você adquirir este hábito poderoso, mais conseguirá transformar sua vida positivamente.

*Esse conteúdo não é fonte para veículos jornalísticos ou matérias para imprensa, para utilização ou referência por favor entre em contato conosco.

Deixe seu Comentário: