lei-da-compensacao-esforco

Lei da Compensação – Você Sempre Será Compensado Por seus Esforços

Por: José Roberto Marques | Blog | 17 de outubro de 2017

“Tudo que é seu encontrará uma forma de chegar até você.” Esta poderosa frase atribuída a Chico Xavier, resume bem o que é Lei da Compensação. Em outras palavras, esta ideia defende que, mais cedo ou mais tarde, tudo aquilo que fizemos, tanto de bom, como de ruim, voltará para nós. Esta máxima pode ter bastante semelhança com a metáfora de céu e inferno de que tanto ouvimos, porém, o fato é que mesmo para aqueles que seguem religiões ou se dizem ateus, esta é uma verdade que se aplica a todos os seres humanos.

Conforme as leis do universo ou mesmo do retorno, isso que dizer que tudo o que fazemos tem uma reação no mundo, nas pessoas ou mesmo em nossa própria vida. Logo, pode ser que o bem que fizemos hoje a um amigo não nos seja retribuído com tal intensidade e da mesma forma como desejamos agora, mas no momento certo, algo de positivo desta ação, com certeza, nascerá. Do mesmo modo, os crimes, as agressões e corrupções não ficarão impunes, pois ainda que por anos e anos, os malfeitores gozem de seus erros, um dia eles serão cobrados por seus delitos e terão que pagar por isso.

Reflexões sobre a Lei da Compensação

Neste sentido, uma boa definição para a Lei da Compensação vem de um ensaio sobre o tema do celebre filósofo e escritor, Ralph Waldo Emerson e cujo trecho diz: “Todo ato recompensa a si mesmo ou, em outras palavras, integra-se de maneira dupla – primeiro, na coisa, ou na natureza real segundo, na circunstância, ou na natureza aparente. Os homens chamam a circunstância de retribuição. A retribuição casual está na coisa, e é vista pela alma.”.

Na prática, ao dizer que “todo ato recompensa a si mesmo”, Waldo está nos dizendo que nós colheremos aquilo que semearmos. Existem ainda diferentes formas de compensação, uma vez que isso não tem a ver apenas com benefícios. Estou falando também de como atos ruins, cometidos contra os outros e, às vezes, contra nós mesmos, podem ter um retorno igualmente negativo para quem os praticou.

A Psicologia explica esta compensação como uma espécie de “troca”, onde a pessoa para compensar alguma limitação, bloqueio, dificuldade ou frustração, numa determinada área de sua vida, acaba focando em ser a melhor em outra. Um exemplo disso é o profissional que é destaque em sua empresa ou sua área de atuação, mas que, pessoalmente, no seu relacionamento familiar, vive em constante conflito.  Também podemos dizer dos pais que compensam seus filhos, por sua ausência, oferecendo bens materiais, coisas caras, viagens, tudo o que eles querem, sem impor limites ou dizer não, para camuflar o remorso que sentem por não estarem presentes em sua vida.

Entretanto, vamos falar aqui dos aspectos positivos da Lei da Compensação e evidenciar como o semear de boas sementes pode gerar belos frutos em nossa vida pessoal e profissional sempre. Continue lendo e saiba mais!

Plante e Semeie o Bem e Colha Resultados Extraordinários!

É fato, se você planta discórdia, vai colher discórdia. Se você planta amor, vai colher amor e assim por diante. Do mesmo modo, se você sonha grande e trabalha com todo seu empenho, foco e dedicação, mais cedo ou mais tarde, sua meta vai ser realizada. Claro, neste caminho é preciso saber reconhecer os seus pontos de melhoria, buscar eliminar as crenças e comportamentos que sabotam seu sucesso e que te impendem de ser feliz e realizado pessoal e profissionalmente. Um poderoso apoio nesta jornada é o Coaching. No mais, se você age na direção dos seus objetivos, com certeza, será compensando por suas ações e por seus sacrifícios e chegará à glória.

Portanto, se você quer ver a balança da vida equilibrada e te devolvendo a recompensa por seus esforços, precisa fazer por onde. Você não será reconhecido no trabalho se fizer sempre tudo igual e se não tiver um bom desempenho em suas tarefas e ousar ir além. Também não será respeitado pelas pessoas ao seu redor, se agir com desprezo, ignorância e agressividade.

Não terá seu amor retribuído se não for capaz de demonstrar que também é capaz de amar e de cultivar este sentimento. Seu dinheiro também não vai render se continuar a gastar desenfreadamente, pois a Lei da Compensação nos ensina que somos compensados por aquilo que fazemos de bom, mas também cobrados por todas as vezes que não agimos de modo não tão positivo.

O universo é abundante para todos que entendem que a vida é um eterno ciclo. Tudo que somos é o reflexo das nossas escolhas, pois nossas experiências em si não nos definem, mas sim o que fazemos e nos tornamos a partir delas. Assim, não é porque você estendeu a mão para alguém que depois lhe virou as costas, que vai deixar de ser generoso ou de acreditar no ser humano.

Conserve a sua essência mesmo que tudo e todos, ao ser redor, testem os seus valores e as suas crenças mais positivas, pois o seu maior compromisso é com a sua própria consciência. Diga – eu decido ser o melhor que eu posso ser apesar das circunstâncias! Em seguida, caminhe na direção da sua evolução, do seu crescimento como pessoa, como profissional, como pai, mãe, esposo, esposa, amigo, filho, cidadão, líder e ser humano.

Contudo, faça isso não na esperança de ser compensado de alguma maneira, pois o tempo do universo pode ser diferente do nosso e te trazer frustrações, se você esperar receber algo em troca aqui e agora. A beleza da vida está em fazer valer a sua essência, em cultivar emoções e valores positivos e em tornar isso congruente, todos os dias, por meio de pensamentos e ações positivas. É desafiador? É sim, entretanto, não valeria tanto a pena se não fosse um caminho inexato, mas igualmente maravilhoso. Essa é a lei da compensação. É a lei da vida!

Copyright: 485201155  – https://www.shutterstock.com/pt/g/denis%20belitsky

Deixe seu Comentário: