Drawing,Of,Growth,Mindset,Concept,On,Notepaper,,Motivation,To,Develop

Growth mindset: saiba o que é e como desenvolver

Por: José Roberto Marques | Blog

Existem pessoas que acreditam que todos nós nascemos com determinadas características e que morreremos com elas. Nada pode ser retirado, acrescentado ou transformado. Se uma pessoa é criativa é porque nasceu assim. Se uma pessoa é rica é porque nasceu para ter dinheiro. E assim por diante.

Em compensação, existe um outro grupo de indivíduos, que acredita que nós temos o poder de desenvolver novas habilidades e de alterar os rumos da nossa vida a qualquer momento. Acreditam que podemos aprender e desenvolver novos conhecimentos, de modo a alcançar objetivos, sem que haja destinos predefinidos.

As pessoas do primeiro grupo possuem um mindset fixo, enquanto as pessoas do segundo grupo possuem o chamado “growth mindset”, ou mentalidade de crescimento. Para compreender melhor esses dois tipos de mentalidade, separamos as oito características mais notáveis em cada um deles. Leia com atenção o artigo e reflita: em qual dos dois grupos você se encaixa?

Conquiste resultados extraordinários através do Coaching!
Clique aqui e conheça mais sobre essa poderosa metodologia!

8 traços de pessoas com mentalidade fixa

1. Fogem dos problemas

Pessoas com mentalidade fixa fazem de tudo para fugir dos problemas. Muitas vezes, preferem negar a sua existência a agir no sentido de procurar uma solução. O medo sempre fala mais alto. Elas não veem o quanto podem aprender e evoluir com as dificuldades. Os desafios são sempre vistos como algo indesejável.

2. Acreditam que características são sempre definitivas

Na mentalidade fixa, as pessoas acreditam que nascem com determinadas características, que não podem ser retiradas, acrescentadas ou transformadas. Se alguém não se sente criativo, por exemplo, é porque não nasceu com essa característica, e não há nada que se possa fazer para mudar.

3. São apegadas ao passado

As pessoas com mentalidade fixa olham muito mais para trás do que para frente. Para elas, as ações do passado são determinantes para as suas vidas. Elas acreditam que, se algo deu errado no passado, não vale a pena tentar de novo no presente para construir um futuro melhor. Nessa mentalidade, as pessoas sempre acreditam que os erros vão se repetir.

4. Consideram o erro um sinônimo de fracasso

Para esses indivíduos, é melhor nem tentar do que errar. Eles entendem o erro como uma prova de fracasso, de que “não nasceram para aquilo”. Se uma tentativa deu errado, é sinal de que é melhor mudar de ideia.

5. Temem a opinião dos outros

Esse tipo de pessoa valoriza demais o que os outros acham dela. Por isso, muitas vezes, deixam de agir da maneira que queriam para evitar julgamentos, ou até mesmo fazem o que não queriam para agradar aos outros. Evitam o conflito e não se expõem ao que pode dar errado para não terem que lidar com a crítica.

6. Levam as críticas para o lado pessoal

Por falar em críticas, as pessoas com o mindset fixo lidam muito mal com elas. Esses indivíduos, ao receberem uma avaliação negativa de um chefe ou professor, automaticamente acham que é algo pessoal, ou que não gostam dele. Jamais conseguem entender a crítica como algo que possa lhes ajudar a melhorar.

7. Vivem na zona de conforto e desistem com frequência

A mentalidade fixa leva as pessoas a crerem que existe um estilo de vida exato para elas, quase como uma predestinação, contra o qual não vale a pena lutar. “Se eu nasci para ser pobre, não adianta querer estudar, abrir um negócio próprio ou investir” — esse é o raciocínio de quem tem esse mindset.

Como não acreditam que possam fazer diferente, repetem sempre os passos dos pais e vivem na zona de conforto, sem tentar algo novo. Na primeira dificuldade, desistem e voltam para essa zona.

Você é feliz?

8. Invejam o sucesso do outro

Quando essas pessoas percebem que há algum colega, amigo ou familiar sendo bem-sucedido, elas não ficam felizes. Pelo contrário, entendem que o sucesso do outro é uma ameaça para si. Desvalorizam as conquistas do outro com frases do tipo: “nasceu com sorte”, “teve oportunidades que eu não tive”, “já nasceu rico”, entre outras.

8 traços de pessoas com mentalidade de crescimento

Em contrapartida, você perceberá agora que as pessoas com mentalidade de crescimento, ou growth mindset, têm uma linha de raciocínio muito diferente. Confira as suas principais características:

1. Aprendem com as adversidades

Pessoas com essa mentalidade não se desesperam diante dos momentos ruins. Elas sabem que, por dolorosos que sejam, eles não vão durar eternamente. Essas pessoas questionam: “o que posso aprender com essa situação?”. Elas não encaram as dificuldades como maldições, nem se colocam em posição de vítimas do destino, pois sabem que podem agir no sentido de sair dos problemas.

2. Sabem que novas habilidades podem ser aprendidas

Ao contrário das pessoas com mindset fixo, as pessoas com mindset de crescimento acreditam que não existe habilidade no mundo que não possa ser aprendida. Por exemplo: mesmo que você não tenha nascido com o dom da criatividade, como algumas pessoas parecem ter, você pode adquirir essa e outras competências ao longo da vida.

3. Compreendem o erro como parte do processo de aprendizado

Ao cometerem um erro, essas pessoas podem ficar frustradas, mas jamais deixam de acreditar em si mesmas. Elas sabem que é errando que identificamos as falhas e as corrigimos, de modo que possamos fazer melhor no futuro. O erro não é visto como o oposto do sucesso, mas como uma etapa que o antecede.

4. Dão pouco valor à opinião dos outros

Ao contrário das pessoas com mindset fixo, quem tem o growth mindset tende a diminuir consideravelmente a importância atribuída à opinião do outro. Essas pessoas estão focadas em lutar pela sua felicidade e não se incomodam com errar ou com serem criticadas pelos outros. O que importa é que elas sintam-se bem consigo mesmas.

5. Ouvem críticas construtivas

Quando um professor ou um chefe avalia o desempenho das pessoas desse segundo grupo, elas não levam as críticas para o lado pessoal. Elas sabem que o que está sendo avaliado é o desempenho numa atividade específica, e não um decreto geral e definitivo sobre quem a pessoa é. Elas extraem os ensinamentos e sugestões desses feedbacks e os utilizam para melhorar constantemente.

6. Saem da zona de conforto

Sem medo de errar, sem acreditar que destinos já estejam traçados e sem ligar muito para a opinião dos outros, é claro que quem tem a mentalidade de crescimento sai da zona de conforto. Essas pessoas sabem que a vida pode ser muito mais do que aquilo que lhes ensinaram. Elas não colocam tetos às suas possibilidades, não duvidam de suas capacidades e sempre acreditam que podem ir muito mais longe do que as pessoas pensam.

7. Entendem que o esforço valoriza a conquista

As pessoas com mindset fixo pensam que o esforço é um desgaste que os leva à desistência. Por outro lado, as pessoas com mindset de crescimento sabem que esse esforço só contribui para valorizar as conquistas obtidas. Por isso, elas entendem os problemas como desafios a serem superados, e não como entraves definitivos.

8. Celebram o sucesso do outro

Ao contrário de quem tem mindset fixo, pessoas de growth mindset não invejam ninguém. Ao contrário, elas ficam felizes pelas conquistas de seus colegas e se inspiram neles, tendo-os como modelos a serem seguidos para as suas próprias vitórias.

Agora que você já conhece as características das pessoas com essas duas mentalidades, reflita sobre elas e responda: você tem mindset fixo ou mindset de crescimento? Num processo seletivo, qual dos perfis você acha que as empresas vão contratar: o de quem acredita que pode aprender e evoluir ou o de quem acredita que tudo já está traçado e nada pode ser feito?

Não é preciso ser nenhum gênio para compreender que o growth mindset amplia os nossos horizontes, fortalece a nossa autoconfiança, nos ajuda nas dificuldades e nos estimula a ir mais longe. Que esse espírito esteja sempre com você, em todos os caminhos que você traçar! Siga os 8 comportamentos do growth mindset e veja a sua vida progredir em todas as áreas.

Se você gostou deste artigo, deixe o seu comentário abaixo e, por fim, compartilhe-o com quem mais possa se beneficiar deste conteúdo!

Imagem: Por janews

 

José Roberto Marques

Sobre o autor: José Roberto Marques é referência em Desenvolvimento Humano. Dedicou mais de 30 anos a fim de um propósito, o de fazer com que o ser humano seja capaz de atingir o seu Potencial Infinito! Para isso ele fundou o IBC, Instituto que é reconhecido internacionalmente. Professor convidado pela Universidade de Ohio e Palestrante da Brazil Conference, na Universidade de Harvard, JRM é responsável pela formação de mais de 50 mil Coaches através do PSC - Professional And Self Coaching, cujo os métodos são comprovados cientificamente através de estudo publicado pela UERJ . Além disso, é autor de mais de 50 livros publicados.



*Esse conteúdo não é fonte para veículos jornalísticos ou matérias para imprensa, para utilização ou referência por favor entre em contato conosco.

Deixe seu Comentário: