esquecer-o-passado

Esquecer o Passado é Importante? Até Que Ponto Devemos Fazer Isso?

Por: José Roberto Marques | Blog | 02 de março de 2018

O passado, assim como o presente, é parte da nossa história. Cada experiência vivida nos transforma de alguma maneira e, todas, são fragmentos de quem somos hoje. Entretanto, é importante ter cautela para que as memórias não se tornem impedimentos para viver plenamente o seu momento presente na essência. Você não precisa esquecer o passado completamente, basta que o considere para tirar boas lições e continue caminhando, vivendo o hoje e com foco no futuro que deseja construir.

Por isso eu te pergunto – Que história deseja contar da sua história? De uma pessoa que aprendeu com o passado ou que se prendeu a ele eternamente? Convido-te e refletir sobre isso e a repensar sua relação com o ontem.

O Equilíbrio Entre Aprender e Esquecer o Passado

Suas experiências tenham sido elas, boas ou ruins, foram fundamentais para que você se tornasse a pessoa que é hoje. Por esse motivo, esquecê-las completamente não é um bom caminho. Você deve sempre honrar e respeitar sua história! Da mesma forma, viver em função do que passou é o mesmo que abrir espaço para remoer seus dramas, retroalimentar suas crenças limitantes, elementos nocivos e que irão te impedir de ir além, se desenvolver e ser feliz. Nesse sentido, o ideal é sempre seguir pelo caminho do meio, aquele em que o passado é considerado e respeitado, mas unicamente como fonte de aprendizado e não como correntes eternamente amarradas aos seus pés.

Um ponto que deve ser sempre levado em conta é que o seu passado propriamente dito e o que você sente em relação a ele são coisas distintas. Isso porque cada indivíduo conta uma história da sua história, ou seja, pode ter percepções diferentes acerca de um mesmo fato. Além disso, sentimentos como a culpa, a insegurança e tantos outros podem fazer com que a sua visão se torne tendenciosa, limitando e negativando a interpretação dos acontecimentos e, consequentemente, minando sua capacidade de seguir em frente.

Saiba que mesmo que não possa voltar atrás e mudar o que aconteceu, sempre é tempo para dar-se uma chance de recomeço. Por isso, se você teve qualquer tipo de situação no passado que te fez sofrer, considere-a como fonte de experiência e aprendizado para se tornar mais forte e se conhecer cada vez mais. Porém, não utilize essas lembranças como informações para criar estatísticas e descobrir se algo irá ou não dar certo. Não é porque as coisas não aconteceram como gostaria no passado que isso irá se repetir no presente. Cada acontecimento é único porque as pessoas também são únicas, assim como você. Se você mudou, com certeza, as coisas vão mudar também.

Clareie seus pensamentos com meu ebook “Detox da Mente”!
Um desafio que irá te ajudar a ter uma
vida mais leve e feliz!

7 Motivos Para Esquecer o Passado e Seguir em Frente

Confira alguns motivos para te inspirar a esquecer do passado e considerá-lo unicamente como fonte de autoconhecimento, aprendizado, amadurecimento e evolução contínua, afinal, somos a interpretação que damos aos fatos e não os fatos em si. Lembre-se disso e aproveite minhas dicas poderosas. Confira:

1 – Viver em Paz

O primeiro motivo para que deixe o passado onde ele deve ficar é para que consiga viver em paz consigo mesmo. Pensar demais naquilo que já passou apenas servirá para te fazer sofrer novamente com o ocorrido e isso pode, inclusive, prejudicar a sua saúde mental e física. Permita-se refletir sobre o que viveu a fim de resolver essas questões dentro de si e para que possa continuar sua caminhada, rumo a novas e extraordinárias experiências.

Você é feliz?

2 – O Passado Não Poder Ser Mudado

Sofrer por algo que já aconteceu não é indicado porque, simplesmente, não pode ser mudado. Alimentar pensamentos que começam com “e se eu tivesse…” apenas servirão para trazer sofrimento, ansiedade e estresse. É importante que substitua esse tipo de ideia por “Como posso utilizar essa experiência para aprender e fazer diferente a partir de agora?”. Aceite o seu passado, tenha gratidão por tudo o que viveu e aprendeu, e, então, sinta-se mais forte e preparado para fazer seu presente e projetar seu futuro.

3 – Focar em Oportunidades do Presente

Quando todas as atenções estão voltadas para o passado, são grandes as chances de não se atentar para as oportunidades incríveis que o presente pode oferecer. Ao sofrer por um amor de anos atrás, por exemplo, estará deixando de valorizar as pessoas extraordinárias que estão ao seu redor e não se permitindo seguir em frente. E não me refiro apenas a novos candidatos ao seu coração, mas também a familiares, colegas e amigos que podem ser excelentes companhias para conversar, conhecer novos lugares, enfim, desfrutar a vida.

4 – Eliminar o Sentimento de Culpa

Um dos grandes problemas de pessoas que pensam demais no passado é que as lembranças costumam vir acompanhadas do sentimento de culpa. Elas se martirizam e colocam toda a responsabilidade pelo que aconteceu em seus próprios ombros. Dessa forma, acabam criando crenças limitantes de que não são capazes de recomeçar e acertar. A verdade é que você e é capaz de tudo o que desejar. Valorize e reconheça seus pontos fortes e de melhoria e dê o seu melhor para conquistar uma vida melhor e realizar os seus sonhos.

5 – Tornar-se Mais Confiante

Quando conseguir resolver o passado dentro de si, poderá aproveitar, também, para pensar nas coisas boas que viveu e conquistou. Assim, irá adotar uma postura mais confiante e consciente em relação às suas qualidades e, que tenho a certeza, que são muitas. Todo indivíduo tem a sua luz interior e um propósito de existir, descubra qual é o seu e, assim, conseguirá se curar de suas dores, avançar e se potencializar cada vez mais.

6 – Repensar as Expectativas

Assim como pensar demais no passado não é positivo, fazer o mesmo em relação ao futuro também não é, pois o excesso de ansiedade irá tirar o seu foco em relação às possibilidades do seu aqui e agora. Nesse sentido, ao deixar o passado para trás, irá aprender a valorizar mais o presente, que é o momento em que você realmente pode fazer a diferença e mudar. Transforme as expectativas em metas e trabalhe para realizá-las, mas sempre com a consciência de que nem sempre as coisas saem como esperamos, por isso é necessário ter paciência, sabedoria e flexibilidade.

Você já perguntou a si mesmo se é verdadeiramente feliz?
Clique aqui e descubra qual é o
grau da sua felicidade!

7 – Ser Feliz!

Por fim, o último motivo que te dou para que pare de sofrer pelo passado é para que, simplesmente, possa ser feliz! Você merece desfrutar da sua vida da melhor maneira possível e, para isso, é necessário que adote um pensamento mais positivo em relação a si mesmo, aprenda a viver o hoje na essência e use as experiências passadas ao seu favor. No início, é natural que se sinta desafiado, diariamente, até que consiga virar a chave de uma vez por todas e, mudar a forma com a qual enxerga o passado. Por isso, mantenha-se firme em direção ao seu objetivo e otimista, pois com seu poder interior irá alcançá-lo.

O seu passado é importante porque é uma parte da sua história, um pedaço de quem você é. Por outro lado, viver preso a ele irá te impedir de escrever novas páginas no livro da sua vida e de construir um presente e um futuro infinitamente melhores do que o seu ontem. Nesse sentido, o melhor a fazer é aprender com o que viveu e seguir em frente, sem culpas, mágoas e ressentimentos. Concentre-se no hoje e desfrute diariamente a oportunidade extraordinária de viver cada dia em plenitude. Aproveite e viva seu aqui e agora!

Copyright: 222545551 – https://www.shutterstock.com/pt/g/max%20sattana

*Esse conteúdo não é fonte para veículos jornalísticos ou matérias para imprensa, para utilização ou referência por favor entre em contato conosco.

Deixe seu Comentário: