esgotamento-mental-sintomas

Esgotamento Mental: 21 sintomas que você deve tomar cuidado

Por: José Roberto Marques | Blog | 22 de janeiro de 2020

Hoje, mais do que nuca, fazemos tantas coisas ao mesmo tempo, que chegar ao esgotamento mental já não é um acontecimento raro. Por mais poderoso que o nosso cérebro seja, ele também se cansa do excesso de atividades, de informações, compromissos e responsabilidades. Isso acaba comprometendo o seu funcionamento e nos levando realmente à estafa.

Atualmente mesmo nos momentos de descanso e relaxamento, as pessoas simplesmente não conseguem parar e se desconectar do celular, das redes sociais e da internet. Tantos estímulos em conjunto com nossas responsabilidades pessoais, profissionais, financeiras, sociais e familiares acabam sobrecarregando nossa mente ainda mais.

Não por acaso, é comum que ao final de um dia cheio, a sensação de cansaço seja tremenda ou ainda de que a mente vá explodir a qualquer momento. Se você já se sentiu assim ou vive isso todos os dias, este é o primeiro sinal de que é hora de desacelerar e cuidar melhor de sua rotina.

O esgotamento mental é uma doença séria e não deve ser tratado como um momento passageiro, já que desencadeia vários problemas físicos e emocionais, e que afetam nossa vida de forma sistêmica. Fique atento!

Clareie seus pensamentos com ajuda do “Detox da Mente”!
Um desafio que irá te ajudar a ter uma vida mais leve e feliz!

O esgotamento mental no trabalho

Você sabia que o Brasil é o segundo país no mundo com os mais altos índices da Síndrome de Burnout entre os trabalhadores? Isso ocorre pelos altos níveis de estresse, rotinas muito desgastantes além de um grande conjunto de problemas em que os trabalhadores são submetidos no ambiente de trabalho e fora dele.

Os dados são da ISMA – International Stress Management Association (Associação Internacional de Gerenciamento de Estresse) e servem de grande alerta pois a Síndrome de Burnout tem como principal característica o esgotamento mental.

Isso pode gerar sérios problemas. Do ponto de vista profissional a produtividade é diretamente afetada, visto que o funcionário com a síndrome tende a ter um rendimento bastante inferior se comparado a ele mesmo em perfeitas condições físicas e mentais.

Isso se torna evidente quando verificamos um dado de uma pesquisa, realizada no Brasil, no ano de 2016 onde estipulou-se que o país deixou de faturar aproximadamente 210 milhões, em relação ao PIB, decorrentes da baixa produtividade gerada pela exaustão profissional.

Isso sem levarmos em consideração os problemas de caráter social e o potencial extremamente nocivo à saúde e bem estar que esse problema pode proporcionar.

Nocivo porque é responsável por diversos sintomas, mentais e físicos. Quer saber mais sobre eles? Me acompanhe.

21 Sintomas do Esgotamento Mental

    • Perda de memória e dificuldade para lembrar informações;
    • Queda na qualidade do sono, dificuldades para adormecer (insônia);
    • Diminuição drástica da libido, do desejo sexual;
    • Problemas dermatológicos provenientes do estresse e alterações que ocorrem nos hormônios; 
    • Perda de interesse por situações que antes davam motivação e ânimo;
    • Alterações de humor constantes, que levam a irritação; impaciência; tristeza e também ao choro sem causas aparentes;
    • Sensação de que a qualquer momento sua mente vai explodir de cansaço;
    • Perda de compromissos importantes por conta do esquecimento;
    • Sensação constante de cansaço, mas sem causa aparente;
    • Angústia, ansiedade, falta disposição, desânimo, abatimento e grande tristeza, sem razões aparentes;
    • Problemas intestinais e estomacais como azia; refluxo; má digestão; prisão de ventre ou diarreia;
    • Diminuição drástica da motivação e perda de produtividade.
    • Fadiga mental, sem tempo para cuidar de você mesma. 
    • Se sentindo uma pessoa sobrecarregada. Não consegue relaxar ou ficar alguns momentos com você mesma, se desligar. 
    • Emocionalmente mais sensível.
    • Falta de pertencimento, desesperança, ansiedade e depressão. 
    • Baixa capacidade de raciocínio e concentração. Nível de estresse alto pela ansiedade de que tudo melhore rapidamente. 
    • Falta de apetite. Está ligado a fadiga mental e estresse alto. 
    • Outro sentimento frequente que você poderá sentir é a desmotivação, que vem relacionada também com a falta de vontade de se alimentar. Sinais como enjoo e ansiedade. 
    • Você pode ficar mais irritada, às vezes. Isso acontece devido à sobrecarga no cérebro que não se comporta devidamente. Pode acabar mau humorada. 
    • Mudança na socialização. 
    • Pouca responsabilidade como de costume. Costuma não cumprir com os compromissos, principalmente com a família e amigos. Cuidado com a procrastinação. 

    Os sintomas bem como o quadro geral do esgotamento mental podem ser responsáveis pelo surgimento de sérias doenças como:

    Você é feliz?

    • Hipertensão arterial
    • Ansiedade, pânico, depressão e outras doenças de caráter emocional
    • Doenças gastrointestinais como gastrites e úlceras

    Altos níveis de cansaço, acompanhados de um estresse elevado são também fatores que podem gerar problemas neurológicos e cardíacos como AVCs e infartos. 

5 Dicas de Como Lidar Com o Esgotamento Mental e Ser Mais Leve No Trabalho

  1. Reveja Seus Valores

Você já se perguntou se está alinhada com seus valores? Saiba que um dos maiores motivos que as pessoas abandonam o trabalho é pelo motivo de não se dar muito bem com seu gestor. Um sentimento forte de esgotamento pode imperar nessa hora. 

Isso porque pode estar havendo muito desgaste na relação de vocês, prejudicando a sua produtividade no ambiente de trabalho. Talvez seja necessária uma mudança de valores, mais conversas para avaliar o que está deixando você com pouca vontade de ir trabalhar. Isso será benéfico para todos!

  1. Mentalize Seu Dia Para Ser Um “Dia Melhor”

Quer começar o dia com mais alegria? Comece pensando positivamente. Evite noticiários com tragédias. Tome um delicioso café. Procure dormir o suficiente e não acordar tarde demais. 

Acordar mais cedo e cuidar da mente e do corpo, fazendo alguns exercícios de mentalização e alongamentos, pode lhe trazer um bem-estar muito melhor do que fazendo o contrário disso. Você pode escolher como o seu dia irá começar e de como ele irá terminar também. Inclua essa rotina no seu dia a dia que tudo ficará melhor e mais leve. 

Mesmo que seu dia seja atribulado no trabalho, sua mente estará pronta para as demandas do dia. Será mais fácil administrar os problemas. 

  1. Procure Descobrir o Que te Deixa Sem Energia

Tente descobrir o que está te deixando sem energia, se algum colega de trabalho, alguma situação que você não consegue mudar. Foque na solução, tente apoiar e receber apoio de sua equipe. A perda de energia é um fator que desencadeia outros problemas emocionais. Procure resolver isso para não perder saúde mental. 

  1. Permaneça em equilíbrio

É importante que tenhamos equilíbrio, isso do ponto de vista físico e mental. Para tanto devemos estar atentos a nossa rotina e como ela nos afeta. Feito isso e descobrindo o que nos deixa sem energia o próximo passo é buscar soluções.

Existem diversas atividades que podem contribuir significativamente para que tenhamos mais energia e disposição. Além disso é preciso saber quando a prioridade deve ser o descanso pois ele é de suma importância para que possamos repor nossas baterias.

Estar recarregado significa trabalhar e efetuar as atividades cotidianas com muito mais eficiência e vontade. Isso vai muito além de garantir melhores resultados, é você protegendo seu bem mais precioso, você mesmo. 

  1. Procure ajuda caso precise

Se você perceber que não tem mais energia e disposição e que isso está prejudicando sua rotina no trabalho e seus relacionamentos pessoais e profissionais, talvez esteja na hora de reavaliar e tentar mensurar o quanto essa situação pode ser sendo nociva para o seu bem estar.

Na dúvida procure pela ajuda de especialistas responsáveis pela saúde mental, além disso o apoio de familiares e pessoas próximas é fundamental para o restabelecimento.

Como Lidar com a Estafa?

Nem de longe sentir todos estes sintomas é normal. Muitos deles inclusive trazem um alerta para os sinais da depressão, que é uma doença silenciosa, que pode se disfarçar de cansaço mental e fazer muitos estragos. Digo isso porque em meio à rotina e, aos reflexos do esgotamento, muitas vezes, a pessoa pode achar que sentir tristeza e cansaço, constantemente, é apenas uma consequência do excesso de trabalho, quando na realidade a estafa já lhe afetou de forma bem maior.

Obviamente que estar cansado de vez em quando não é sinal de esgotamento, porém quando isso se torna frequente, é importante ligar o botão de alerta. Para isso, é essencial que você seja sincero consigo mesmo e procure identificar de quais destes sintomas citados acima você sofre no momento. Se, por exemplo, você tiver frequentemente dificuldades para dormir, sentir-se estafado o tempo todo, viver se esquecendo dos seus compromissos e também sentir uma tristeza não explicada; é hora de buscar a ajuda de um especialista antes que o problema tome proporções maiores.

 

Não sinta vergonha de dizer que está cansado e de que precisa de um tempo para descansar sua mente. O esgotamento mental é coisa séria e uma das causas de problemas graves como a Síndrome de Burnout e a depressão, pois ele se camufla na rotina de atividades, responsabilidades e compromissos da pessoa e a faz confundir tudo isso apenas com um cansaço passageiro, Entretanto, ele não passa e, cada vez mais, vai adoecendo o indivíduo: sua mente, suas emoções e comprometendo sua saúde e bem-estar em todos os sentidos.

Portanto, não tenha vergonha ou medo de pedir ajuda. Procure a ajuda de um psicólogo e também de um psiquiatra para trabalhar identificar as causas do problema, seus efeitos e para conseguir tratar e vencê-lo o quanto antes. Busque ajuda e vença o esgotamento mental!

 

Copyright: Kurhan/Shutterstock

*Esse conteúdo não é fonte para veículos jornalísticos ou matérias para imprensa, para utilização ou referência por favor entre em contato conosco.

Deixe seu Comentário: