empoderamento-feminino

Empoderamento Feminino – Princípios Que Favorecem a Todos

Por: José Roberto Marques | Blog | 05 de outubro de 2018

Um tema bastante atual, o empoderamento feminino se refere à conquista das mulheres de um espaço na sociedade que deveria ser delas por direito. Podemos dizer que á a transformação daquela velha expressão que dizia que por trás de um grande homem sempre existe uma grande mulher, tirando-as dos bastidores para colocá-las ao lado dos homens. Ao contrário do que alguns acreditam, não se trata de uma busca por superioridade e sim por igualdade, para que todos possam ter o seu espaço.

Esse é um assunto que deve ser falado, para que todos possam entender que não se trata de um favor às mulheres, tanto porque é um direito delas como cidadãs, quanto porque toda a sociedade poderá se beneficiar com essa igualdade. Grandes líderes já afirmaram isso, como é o caso do ex-presidente norte-americano Barack Obama, que disse que, quando as mulheres são bem-sucedidas, as nações se tornam mais seguras e prósperas.

Dicas Para Contribuir Com o Empoderamento Feminino e a Igualdade

Por mais que o papel de grandes líderes seja de grande importância para a construção de uma sociedade mais justa para as mulheres e para todos, é necessário lembrar que cada um de nós pode contribuir para que essa transformação aconteça. Veja, a seguir, cinco atitudes que pode adotar em prol do empoderamento feminino.

1 – Evite Piadas Que Menosprezem as Mulheres

O humor é uma ferramenta fantástica para que possamos levar a vida com mais leveza, contudo, é necessário tomar cuidado com certos tipos de piadas, simplesmente porque não é engraçado menosprezar alguém. Em se tratando de mulheres, piadas que têm como objetivo inferiorizá-las ou estereotipá-las das mais diversas maneiras devem ser evitadas, porque é através desse tipo de afirmação, mesmo que ditas de “brincadeira”, que preconceitos são criados e difundidos.

2 – Compartilhe as Tarefas da Casa

Hoje, grande parte das mulheres tem o seu trabalho e se divide entre as obrigações profissionais, os cuidados com a casa e com os filhos. Enquanto muitos homens chegam em casa e vão descansar, elas continuam em uma segunda jornada, que se estende até a hora de dormir. Para evitar que essa sobrecarga de afazeres caia sobre as mulheres, é preciso que os homens também participem das atividades da casa, afinal eles também moram naquele lar, são pais, se alimentam e precisam de roupas limpas. Então, nada mais justo do que realizar uma divisão de afazeres, para que todos contribuam.

3 – Atue Contra a Discriminação

A filósofa norte-americana Angela Davis disse uma frase bastante marcante e verdadeira, ela afirmou que não basta ser contra o racismo, é preciso combatê-lo. Isso vale para qualquer tipo de discriminação, inclusive em relação às mulheres. Todos podem fazer isso e lutar contra injustiças sempre que presenciar algo. E você pode adotar essa postura sem se envolver em discussões, até porque acusações não ensinam nada a ninguém. Prefira mostrar o caminho certo para as outras pessoas através do diálogo e do exemplo.

4 – Incentive a União Entre as Mulheres

Durante muitos anos, as mulheres eram vistas como rivais entre si, o que se repetia nas histórias e se tornava cada vez mais forte na sociedade. Para citar um exemplo bastante simples, veja a história da Cinderela, em que sua madrasta a transforma em uma serviçal e a esconde para que o príncipe dê atenção apenas para as suas filhas. Dessa forma, ao invés de reforçar esses estereótipos, procure incentivar a união, o que pode ser feito ainda na infância, porque é nessa fase que o caráter de um indivíduo começa a ser formado.

5 – Empodere as Mulheres ao Seu Redor

Tanto homens quanto mulheres podem se tornar agentes empoderadores e plantar sementes positivas de encorajamento. Fazer isso é muito simples, basta que incentive as mulheres ao seu redor a reconhecerem o seu potencial e a conquistarem o seu espaço. Existe alguma mulher próxima a você que tenha o sonho de abrir um negócio, fazer um novo curso, iniciar um novo projeto ou qualquer outra coisa? Mostre a ela que é capaz de transformar essa e tantas outras ideias em realidade, apoie, estimule, orgulhe-se.

7 Brasileiras Que Lutaram Pelo Empoderamento Feminino no Brasil

Veja, a seguir, sete mulheres que contribuíram e contribuem com a luta pelos direitos das mulheres no Brasil.

1 – Bertha Lutz

Nascida em 1894, Bertha era bióloga e teve uma participação bastante atuante em relação à conquista do direito feminino ao voto. Além disso, foi a segunda mulher a ocupar um cargo público no nosso país.

2 – Carlota Pereira de Queirós

Carlota nasceu em 1892, formou-se em medicina, pedagogia e também era escritora. Em 1933, foi a primeira mulher na história do Brasil a ocupar um cargo como deputada federal.

3 – Juliana de Faria

Um dos principais nomes da luta pelo empoderamento feminino no Brasil na atualidade, Juliana é escritora e fundadora do Think Olga, uma ONG criada com o objetivo de empoderar as mulheres através do conhecimento.

4 – Maria da Penha

Maria da Pena é outra mulher da atualidade que buscou forças na sua própria história de vida para ajudar outras mulheres. Vítima de violência doméstica, ela lutou pela criação de uma lei para condenar os agressores desse tipo de ato.

5 – Mietta Santiago

Mietta nasceu na cidade mineira de Varginha, em 1903, e foi a primeira mulher a exercer o direito de votar e ser votada, tendo sido candidata a deputada federal. Mesmo que não tenha conseguido se eleger, sua luta não foi em vão, pois abriu espaço para outras mulheres entrarem na política.

6 – Nísia Floresta

Nascida em 1810, no Rio Grande do Norte, Nísia foi uma grande escritora e educadora. Foi a primeira brasileira a publicar artigos em jornais, além de livros que falavam sobre os direitos femininos.

7 – Rose Marie Muraro

Rose Marie nasceu em 1930 com uma grave deficiência na visão, mas isso não a impediu de se tornar uma grande escritora. Suas obras falavam, principalmente, sobre a forma com a qual as mulheres eram tratadas na época, o que contribuiu com a conquista de diversos direitos.

Espero que tenha gostado de saber mais a respeito de um assunto tão atual e importante quanto o empoderamento feminino. Aproveite e compartilhe este artigo em suas redes sociais para passar o conhecimento adiante.

 

Copyright: 505972216 – https://www.shutterstock.com/pt/g/fotogestoeber

Deixe seu Comentário: