aceitar-as-pessoas-como-sao

Devemos Aceitar as Pessoas Como Elas São?

Por: José Roberto Marques | Blog | 27 de dezembro de 2017

Apenas uma palavra é necessária para responder à pergunta que inicia este artigo: tolerância. O mundo é formado por pessoas dos mais diferentes perfis, comportamentos, culturas e valores. Já parou para pensar o que aconteceria se fôssemos todos iguais? Certamente perderíamos grandes oportunidades de evoluir e nos tornarmos melhores. Aceitar as pessoas como elas são é necessário porque as diferenças existem para nos ensinar a importância do respeito e, também, para que um possa aprender com o outro, o que é maravilhoso.

A Importância de Aceitar as Pessoas Como Elas São

Cada pessoa com quem convive oferece uma oportunidade de aprender mais e, claro, ensinar também. As relações humanas funcionam como uma troca, em que são compartilhadas ideias, experiências, costumes. Muitas vezes, um indivíduo que pensa diferente de você tem mais a acrescentar do que aquele que tem as mesmas opiniões. Digo isso porque ele pode gerar uma reflexão sob uma nova visão, o que pode ajudar a ampliar suas ideias ou confirmar as que já têm.

Atualmente, vemos com frequência discussões acaloradas nas redes sociais. As pessoas demonstram querer apenas estar ao lado de quem pensa como elas. É fato que é natural nos sentirmos mais à vontade com aqueles com os quais temos uma maior identificação. Contudo, evite cortar relações com alguém apenas porque discordou de você. Um indivíduo é muito mais do que apenas uma opinião, se dê a oportunidade de conhecê-lo melhor e aprender com ele.

Aqueles que desejam impor a forma como as pessoas com as quais convivem devem pensar, se portar e agir demonstram um grande sentimento de egoísmo e intolerância. Lembre-se sempre que cada pessoa é fruto das experiências que teve no decorrer da vida, por isso uns têm uma visão tão diferente da sua. É muito importante aprender a respeitar as batalhas vividas e a essência de cada um, sem deixar que isso afete sua própria essência e valores.

Razões Para Aceitar as Pessoas Como Elas São

Veja algumas das principais razões para aceitar as pessoas como elas são, além de dicas para tornar o processo mais simples e fazer dele um grande aprendizado.

Diferenças São Normais: no decorrer da vida, você irá encontrar mais pessoas diferentes do que semelhantes, e isso é natural. Um comportamento comum entre dois lados que pensam de forma diferente é tentar convencer o outro de suas ideias, o que gera discussões. Então, aprenda a ouvir uma opinião diferente sem essa necessidade de tentar provar o contrário a qualquer custo.

É Permitido Discordar: a ideia não é que se cale e deixe de dizer o que pensa, pois, discussões podem ser muito enriquecedoras, desde que sejam respeitosas. Você pode mostrar que pensa diferente, mas respeitando as ideias do outro e se dando a oportunidade de pensar sobre o assunto. Pode acontecer de suas opiniões mudarem e não há nenhum problema nisso, pelo contrário, isso é sinal de evolução e amadurecimento.

Entenda as Razões da Outra Pessoa: uma opinião é parte de quem o indivíduo é. Conhecer as razões que levam uma pessoa a pensar de determinada forma irá facilitar o entendimento e promover a tolerância. Então, saiba ouvir os motivos que levaram o seu interlocutor a pensar e agir dessa maneira.

Você Não Está Sempre Certo: saber ouvir o que outras pessoas têm a dizer é uma ótima oportunidade para refletir e reconhecer quando erra. Todo ser humano está sujeito a cometer erros e reconhecer isso é sinal de humildade.

Como Lidar Com as Expectativas em Relação às Diferenças

Um dos obstáculos a serem superados quando se trata de aceitar as diferenças são as expectativas. Muitas pessoas costumam idealizar outras de acordo com o que acreditam e desejam. Elas criam personagens com as características que consideram ideais e, na grande maioria dos casos, se decepcionam quando percebem que a realidade é diferente.

Sempre que começar a criar algum tipo de expectativa, pare e pense se isso realmente trará algo de positivo para a sua vida. Que tal esperar para conhecer a pessoa e, assim, tirar conclusões reais? Assim como as expectativas podem te decepcionar, a realidade pode te surpreender. Se permita descobrir novas ideias através de indivíduos diferentes de você.

Você Se Aceita Como é?

Quando o assunto é aceitar as diferenças em relação às outras pessoas, é inevitável falar sobre autoaceitação. Você se aceita como é? Saiba que a idealização não é algo que acontece apenas em relação a terceiros, muitos indivíduos idealizam a si mesmos e se frustram quando descobrem que são diferentes do que imaginavam. Como bem disse o psicólogo americano Carl Rogers: “a aceitação é importante porque ela é o principal caminho para a mudança”.

Pode parecer paradoxal, mas apenas quando você se aceitar como é se sentirá pronto para mudar o que julga necessário. Pessoas que estão acima do peso e desejam emagrecer, por exemplo, quando não se aceitam têm maiores dificuldades de mudar de hábitos e chegar aos seus objetivos. Porém, quando aceitam o seu corpo e aprendem a amá-lo, se sentem motivadas a cuidar dele e, assim, promover as mudanças que desejam.

A autoaceitação é o primeiro passo para aprender a aceitar as diferenças das outras pessoas. Afinal, um indivíduo que não tolera suas próprias características, dificilmente irá tolerar as dos outros. Por isso, é necessário começar dentro de você, refletindo a respeito de quem é; de suas experiências, ideias, sentimentos. Ao aprender a se aceitar terá mais facilidade em entender e respeitar aquilo que é diferente.

O Papel do Autoconhecimento Para Aceitar as Pessoas Como Elas São

O autoconhecimento é a resposta para grande parte dos questionamentos que temos. Se há alguma característica em um indivíduo que te incomoda, procure voltar o seu olhar para si a fim de entender a razão disso. Ao identificar o motivo desse bloqueio poderá trabalhar isso em seu interior e descobrir se realmente faz sentido continuar se incomodando.

Muitas das barreiras que se cria em relação a outras pessoas são inconscientes e sem um motivo verdadeiramente importante. Então, procure refletir antes de criar um sentimento de “birra” por alguém. Nos casos em que já se sente dessa forma, pense no motivo que te levou a isso. Dessa forma, será possível ressignificar essa opinião negativa e transformá-la em aceitação e aprendizado. Acredite: ao aceitar as diferenças você só tem a ganhar.

Copyright: 637036816 – https://www.shutterstock.com/pt/g/bialasiewicz

Deixe seu Comentário: