depressao-nao-frescura

Depressão Não é Frescura – É Preciso Tratar o Problema Com Seriedade

Por: José Roberto Marques | Blog | 26 de novembro de 2019

Uma pessoa que está com depressão tende a se mostrar sem ânimo para realizar suas atividades normais. Como não se trata de uma doença com sintomas físicos, que são possíveis de se enxergar, alguns duvidam de que realmente exista um problema. Por essa razão, é muito importante dizer que depressão não é frescura e sim que é uma doença como tantas outras, com o diferencial que acontece na mente, e que precisa ser vista com respeito e responsabilidade.

Se você tem ou já teve algum tipo de preconceito com pessoas que se mostram depressivas, te convido a continuar fazendo a leitura deste artigo. Assim, poderá realmente entender o que causa a depressão, como ela se manifesta e rever os seus conceitos, para que passe a ver esse problema com outros olhos.

Depressão Não é Frescura – Conheça os Principais Sintomas da Doença

Embora a falta de ânimo seja o sintoma mais conhecido da depressão, é preciso deixar claro que a doença vem acompanhada de outros sinais. Veja, a seguir, quais são eles.

  • Desânimo e tristeza por períodos longos;
  • Inquietação, agitação ou irritabilidade;
  • Isolamento social;
  • Não encontrar prazer em viver ou em fazer coisas que antes gostava;
  • Falta de autoconfiança e autoestima;
  • Sentimento de inutilidade;
  • Lentidão para realizar atividades do dia a dia;
  • Problemas para dormir.

7 Comportamentos Que Podem Estar Relacionados Com a Depressão

As sensações experimentadas pelo indivíduo que está com depressão podem acabar gerando certos tipos de comportamento que, quando isolados, podem não significar nada, porém, quando combinados com os sintomas que citei anteriormente tornam-se um sinal de alerta.

1 – Sintomas Físicos

É bastante comum que uma pessoa com depressão também apresente sintomas físicos, como dores pelo corpo, principalmente nas costas e no pescoço, dores de estômago, falta de ar, alergias na pele, entre outros. Nesse caso, exames físicos não são capazes de identificar a causa desses problemas, já que se trata de uma somatização gerada através do quadro depressivo.

2 – Irritabilidade Constante

Uma pessoa deprimida pode adotar um comportamento irritadiço como o seu estado de espírito padrão. Com isso, qualquer situação pequena pode ser motivo para que ela se aborreça e exploda. Esse é um comportamento bastante delicado, principalmente para familiares, amigos e colegas de trabalho, que muitas vezes não sabem o que fazer ou não conseguem compreender que se trata de um sintoma da doença.

Você é feliz?

3 – Aumento do Consumo de Álcool

Outro comportamento bastante comum entre pessoas com depressão envolve um aumento do consumo de álcool. Elas passam a fazer uso da bebida como uma válvula de escape, uma forma de mascarar o que estão sentindo. Isso é bastante grave, porque pode agravar o quadro, além de gerar outros prejuízos para a saúde.

4 – Alterações Drásticas no Peso

A quantidade de alimentos que um indivíduo ingere tende a mudar com a depressão. Enquanto existem pessoas que perdem totalmente o apetite, tem aquelas que veem na comida uma forma de buscarem prazer. Assim, podem acontecer mudanças drásticas no peso em um curto espaço de tempo, tanto para mais, quanto para menos.

5 – Descuido Com a Higiene

A apatia que a depressão gera faz com que a pessoa comece a se descuidar de hábitos simples, até mesmo de higiene, como tomar banho, escovar os dentes, lavar suas roupas. Muitas vezes, ela não perceba que isso é um problema e simplesmente vai deixando de fazer, porque não vê necessidade em se cuidar.

6 – Problemas Para Tomar Decisões

A depressão compromete a capacidade de concentração, o que prejudica diretamente a tomada de decisões, mesmo aquelas mais simples, como decidir o que comer no almoço. Então, o indivíduo sente como se estivesse paralisado e fosse incapaz de fazer uma escolha.

7 – Sentimento de Culpa

A grande sobrecarga de sentimentos que uma pessoa deprimida carrega faz com que ela sinta um excesso de culpa, muitas vezes por coisas insignificantes. Isso pode incluir tanto situações recentes quanto do passado, que ficam sendo remoídas na mente o tempo todo, gerando cada vez mais angústia.

Como Ajudar uma Pessoa Que Está Apresentando Sintomas de Depressão?

Se você relacionou os sintomas descritos ao longo do artigo com o comportamento de um amigo ou de alguém da sua família, provavelmente está se perguntando o que pode fazer para ajudar essa pessoa. A seguir, estão algumas ações que são essenciais para auxiliar o seu ente querido a vencer a doença.

1 – Esteja ao Lado Dela

Apenas o fato de estar ao lado dela já será de grande ajuda. Muitas vezes, tudo o que uma pessoa com depressão precisa é de uma companhia, que nem precisa dizer nada, só precisa estar ali. Mostre que a sua intenção é realmente de ajudar, perguntando o que pode fazer por ela.

2 – Deixe os Julgamentos de Lado

Você diria para uma pessoa que tem câncer que ela precisa reagir e parar de deixar que a doença a abale? Provavelmente não. Da mesma maneira, não se deve julgar alguém que tem depressão, mesmo que esse indivíduo esteja apresentando comportamentos inadequados. Se quer realmente ajudar, não julgue.

3 – Evite Diminuir a Dor do Outro

Mesmo que, aos seus olhos, a pessoa não pareça ter motivo algum para estar sofrendo, jamais diminua a dor dela. Lembre-se que se trata de uma doença e que, portanto, ela não escolheu estar dessa maneira. Evite invalidar o sofrimento do outro, porque isso não irá ajudá-lo a se sentir melhor, pelo contrário.

4 – Tenha Paciência

A paciência é uma virtude essencial para se lidar com uma pessoa com depressão, afinal, como pode ver no tópico anterior, ela pode apresentar comportamentos bastante delicados. Portanto, tenha sempre em mente que se trata de uma situação delicada, em que o outro não tem muito controle sobre o modo como age.

5 – Incentive-a a Se Tratar

Por último, é muito importante que converse com a pessoa, mostre a ela que esse estado não precisa ser definitivo e que ela pode voltar a se sentir feliz se fizer o tratamento correto. Faça isso com carinho, paciência e muito amor, pois isso certamente dará toda a diferença.

Espero que as informações aqui compartilhadas tenham te ajudado a entender melhor que depressão não é frescura. Aproveite e compartilhe este artigo em suas redes sociais, para que mais pessoas entendam a importância de tratar sobre esse assunto com responsabilidade.

Copyright:   789016690 – https://www.shutterstock.com/pt/g/nito100

*Esse conteúdo não é fonte para veículos jornalísticos ou matérias para imprensa, para utilização ou referência por favor entre em contato conosco.

Deixe seu Comentário: