Conheça os Principais Sintomas da Labilidade Emocional

Por: José Roberto Marques | Blog | 24 de abril de 2017
Mulher colocando as mãos na frente do rosto, numa crise de labilidade emocional

Tiko Aramyan/Shutterstock A instabilidade constante de humor pode ser sinal de uma doença mais grave. Fique atento!

Instabilidades de humor constantes, felicidade num momento e tristeza no outro: estes são alguns sintomas da Labilidade Emocional. Este é um problema que traz oscilações emocionais constantes à pessoa e que, em seu trabalho ou aspecto pessoal, traz algumas limitações importantes à sua qualidade de vida.

Na prática, este problema faz com que o indivíduo mude constantemente de humor, passando da euforia máxima a melancolia profunda em poucos minutos. O pior é que a pessoa que sofre com labilidade emocional não consegue controlar estas alterações, que podem acontecer a qualquer hora e em qualquer lugar, inclusive em seu ambiente de trabalho, onde passa maior parte do seu dia.

Em decorrência disso, torna-se refém do seu distúrbio e acaba sofrendo muito por conta dele. Isso acontece porque para seus colegas e demais pessoas ao seu redor, compreender como alguém que estava sorrindo num momento logo em seguida começa a chorar copiosamente, também não é muito fácil. Por isso é importante conhecer os sinais do problema para tratá-lo assertivamente.

Sintomas da Labilidade Emocional

  • Alterações drásticas de humor no trabalho e na vida pessoal;
  • Incapacidade de controlar as próprias emoções e sentimentos;
  • Oscilações emocionais que levam a pessoa da tristeza à alegria e, vice-versa, em questão de minutos;
  • Explosões de humor que fazem o indivíduo agir de forma agressiva;
  • Crises de choro sem motivo aparente e fragilidade emocional.

De acordo com alguns especialistas, a labilidade emocional isoladamente não é considerada um transtorno psicológico, mas sim o reflexo de outros distúrbios mais sérios como, por exemplo: o transtorno bipolar, a esquizofrenia e a depressão. Por isso mesmo, é preciso buscar ajuda especializada de psicológos e ou psiquiatras para que seja feito o diagnóstico do problema e tratá-lo da maneira correta.

Como Lidar com o Problema

Uma pessoa que apresenta estes tipos de instabilidades emocionais tem sua qualidade de vida totalmente afetada, pois seu problema acaba prejudicando sua carreira e suas relações afetivas, familiares, amorosas e sociais. Ela não muda de humor simplesmente porque quer ou porque deseja chamar atenção. Muito longe disso! As mudanças ocorrem realmente porque ela não consegue controlar suas emoções e, como tal, acaba se tornando uma das maiores vítimas dos seus rompantes.

Para a família, os amigos e colegas de trabalho, a labilidade é também um problema, pois, por não saberem ao certo lidar com as alterações de humor, ao invés de ajudar, eles podem acabar piorando ainda mais a situação com seus comentários e julgamentos equivocados. Portanto, a melhor forma de apoiar é ajudando a pessoa a identificar os sintomas do seu problema, dando feedbacks e buscando ajuda de especialistas para fazer o diagnóstico correto do caso.

Digo isso porque identificar a fonte do seu desequilíbrio emocional fará toda diferença na existência do indivíduo que sofre com as constantes instabilidades de humor. Isso é essencial a que possa obter o tratamento adequado para a sua doença e a que, na medida do possível, conquiste a uma vida cada vez mais próxima do normal.

Deixe seu Comentário: