Complexo-de-Wendy

Complexo de Wendy: Como Controlar o Excesso de Preocupação Com os Outros?

Por: Pollyana Ribeiro | Blog | 23 de agosto de 2017

Você sabe o que é Complexo de Wendy e como ele pode influenciar a vida de uma pessoa? Quando era criança, imagino que deve ter ouvido a história de Peter Pan, o menino que escolheu viver na Terra do Nunca porque não queria crescer. Na história, sua companheira, Wendy, deixava sua família e vida para trás para assumir as responsabilidades que Peter recusava. Dessa forma, a garota se tornava praticamente a mãe zelosa do jovem e dos meninos perdidos que o acompanhavam. Mas, o que isso tem a ver com pessoas que se preocupam demasiadamente com os outros? Ser Wendy pode ser ruim?  É o que vamos ver!

Complexo de Wendy: Pessoas Que Se Anulam Por Outras

Embora seja mais comum em mulheres, esse complexo também pode afetar homens. Ainda não é reconhecido oficialmente no campo da Psicologia, mas está sendo discutido e pesquisado desde a década de 80. Esta ciência, por sua vez, tem o papel de ajudar a tratar pessoas que se encontram numa situação de submissão extrema em relação a outras porque têm o desejo de serem aceitas e/ou amadas por elas.

De forma geral, quem sofre com o Complexo de Wendy tem a necessidade extrema de agradar os demais, seja por meio de cuidados domésticos ou, então, através da tomada de responsabilidades do outro para si. Essas pessoas tentam, a qualquer custo, evitar o início de discussões, independente do fato de não estarem felizes, corretas ou, mesmo, de estarem anulando os seus sonhos pela outra pessoa.

Complexo de Wendy e Complexo de Peter Pan

Quando um indivíduo que sofre do Complexo de Peter Pan (a recusa de crescer e ter as responsabilidades de um adulto) encontra uma pessoa que possui o Complexo de Wendy, a tendência é que se estabeleça um relacionamento desigual, em que uma das partes (Wendy) se doará mais para que o outro (Peter Pan) possa continuar em seu delírio de infância eterna.

Como Controlar o Complexo de Wendy

Se você acredita que possui o Complexo de Wendy, deve começar procurando um especialista no assunto para conversar a respeito dessa necessidade extrema de agradar as pessoas com quem se relaciona (não somente parceiros amorosos, mas também familiares; amigos e empresa). Somente um profissional especializado em comportamento humano poderá te ajudar a identificar onde está à raiz desse problema e a tratá-lo com assertividade. Estes comportamentos costumam ser uma resposta dada por pessoas que cresceram num ambiente que as tornou inseguras e com medo de rejeição.

Se sente que sofre com este mesmo problema, para começar a enfrentar a situação, em seu dia a dia você pode estabelecer que irá se policiar mais e que também vai observar quando estiver passando do ponto em relação aos cuidados com os demais. Fique atento, por exemplo, quando estiver realizando alguma tarefa que não é de sua responsabilidade ou, mesmo, tomar uma decisão que vai contra os seus desejos, valores e princípios. Coloque-se à frente e não trate jamais isso como egoísmo, pense também em sua felicidade e bem-estar físico e mental.

Sabendo de tudo isso busque trabalhar a mudança de comportamento e conquistar o empoderamento e autoconfiança que você precisa para sair deste papel servil e submisso. Busque também ajuda para entender as origens do problema e desenvolver as ferramentas para aprender a se posicionar de forma mais positiva para si mesmo. Faça isso por você e por sua plenitude! Por fim, aproveite e compartilhe esse conteúdo com os seus amigos e passe este poderoso artigo adiante! Cuide-se bem!

Deixe seu Comentário: