reconquistar-confianca

Como Reconquistar a Confiança de Alguém?

Por: José Roberto Marques | Blog

Todos nós estamos sujeitos a cometer erros e a desapontar alguém. É claro que não fazemos isso com a intenção de magoar, mas sim com o desejo de acertar. Nem sempre, porém, isso fica evidente para as pessoas com as quais nós erramos. Por isso mesmo, reconquistar a confiança de alguém que decepcionamos pode ser desafiador, mas saiba que não é impossível.

Existem algumas formas de mostrar que você se arrependeu verdadeiramente e, assim, recuperar a confiança perdida, e é exatamente sobre isso que falarei neste artigo.

Quer vivenciar uma oportunidade extraordinária na sua vida?
Acesse o meu curso “Introdução ao Coaching”, é um presente!

Reconquistar a confiança de alguém é possível?

Existe um ditado que diz que a confiança é como uma peça de cristal e que, uma vez quebrada, jamais voltará ao seu estado anterior. Concordo com essa afirmação em parte, pois realmente passamos por transformações a cada experiência vivida. Entretanto, mesmo que a confiança mude, é possível mostrar, com verdade, que a pessoa se arrependeu e deseja reaver o laço perdido. Para isso, é preciso aceitar que somos seres humanos e que todos nós estamos sujeitos a falhar.

Dependendo do que tenha acontecido e das pessoas envolvidas, pode ser um pouco mais complicado reverter a situação, e não há como garantir que a confiança será recuperada. De qualquer forma, é importante mostrar que atrás do erro havia uma intenção positiva de acertar e, principalmente, exercitar o autoperdão. A melhor maneira de conseguir o perdão de alguém é mostrando sinceramente que a pessoa se arrependeu e que gostaria de ter uma segunda chance para fazer diferente.

Para te ajudar a superar essa fase, preparei algumas dicas que podem te auxiliar a reconquistar a confiança de alguém importante para você e, também, a superar o erro sem traumas e de uma forma mais produtiva.

Você sabia que é possível reconquistar a confiança e união de uma equipe? Acompanhe meu vídeo:

7 dicas para restabelecer a confiança de alguém:

O processo para reconquistar a confiança de alguém, dependendo das circunstâncias, pode ser bastante complexo e demorado, mas não é impossível. A seguir, você confere 7 dicas úteis para restabelecer essa conexão de confiança:

1. Ouça o que a pessoa tem a dizer e assuma seus erros

O diálogo é sempre o melhor caminho, pois, por meio dele, é possível desfazer mal-entendidos e saber quais foram os pontos da situação que magoaram a outra pessoa. É muito importante que seja uma conversa sincera, olho no olho, para resolver definitivamente as questões e evitar que dúvidas possam atrapalhar o processo de reconquista da confiança.

Se a pessoa descobriu apenas uma parte do seu erro, aproveite esse momento para se abrir e reconhecer suas falhas. Manter mais segredos não é uma boa saída e, em algum momento, a verdade pode vir à tona. Então, tenha coragem e assuma que errou e que se arrepende disso.

2. Peça perdão

Alguns indivíduos que cometem erros acreditam que não têm o direito de pedir perdão para aqueles que magoaram, pois não se sentem dignos dele. Ao pensar dessa maneira, você estará criando uma barreira ainda maior entre você e a pessoa da qual deseja reconquistar a confiança.

Todos podem ser dignos do perdão, basta fazer por merecer. Por isso, peça perdão sem medo, mostre seu verdadeiro arrependimento. Isso fará bem para ambas as partes.

Você é feliz?

3. Dê tempo ao tempo

A ansiedade é algo que pode atrapalhar quando se está buscando o perdão de alguém. Assim como todo ser humano está suscetível a cometer erros, ele também pode levar tempo para digerir certos acontecimentos até chegar à conclusão se vai ou não voltar a confiar em quem o decepcionou. Algumas pessoas conseguem lidar mais rapidamente com decepções, enquanto outras precisam refletir e reavaliar todos os pontos envolvidos.

Respeitar o tempo da outra pessoa é extremamente importante e demonstra empatia. A pressão, além de ser prejudicial, pode ser entendida como um ato egoísta, de quem apenas deseja se livrar da culpa que está sentindo, e não de alguém que realmente deseja restabelecer uma relação bacana. Por isso, depois de ouvir e dizer tudo o que achar necessário, aquiete a sua mente e saiba esperar com serenidade. Não é fácil, mas é bom e necessário.

4. Evite fazer surpresas

Quando cometem um erro, a primeira atitude que a maioria das pessoas costuma ter é buscar uma forma de conseguir o perdão daqueles que decepcionaram o mais rapidamente possível. Com isso, acabam metendo os pés pelas mãos, pois recorrem a métodos que têm mais foco na pressão do que no perdão propriamente dito.

Surpresas românticas que envolvem carros de som, presentes materiais, faixas na rua e outras demonstrações públicas de amor são mais indicadas para momentos felizes. O perdão, contudo, precisa de serenidade para que seja genuíno.

Se quiser demonstrar os seus sentimentos por meio de um presente, envie uma flor ou algo singelo, sem a pretensão de pressionar a pessoa para que o perdoe. Itens caros, como joias, roupas ou bebidas, por exemplo, também não são indicados, pois podem passar a ideia de que está tentando comprar o perdão, julgando a pessoa como fútil.

5. Não crie expectativas

Durante a espera, pode ser que, vez ou outra, você comece a criar expectativas de que o perdão está próximo de acontecer. Mas aconselho que evite ao máximo criar expectativas para não se frustrar. Se já fez o que estava ao seu alcance para consertar os seus erros, acalme-se e espere. Quando a pessoa estiver pronta, ela irá demonstrar isso de alguma forma.

O excesso de expectativas pode fazer com que você perca o controle e acabe tomando decisões impensadas, causando ainda mais sofrimento para si e para a outra pessoa. Lembre-se de que foi uma atitude impensada que o levou a falhar, então, use isso como aprendizado e passe a agir com mais cautela.

6. Ressignifique o ocorrido

O arrependimento pode ser bom para te ajudar a rever suas atitudes e trazer aprendizado. Entretanto, tome cuidado para que esse sentimento não o leve à autopunição. Ficar sofrendo e se martirizando por ter cometido um erro não irá te ajudar a superar o que passou. Procure refletir e ressignificar esse fato em seu interior, transformando-o em um ensinamento positivo.

7. Evite cometer o mesmo erro novamente

Um dos maiores aprendizados que podemos ter é saber tirar boas lições dos erros que cometemos. Então, aproveite essa experiência para refletir a respeito de sua vida e suas atitudes. Busque se conhecer para entender melhor a razão que te levou a agir de tal maneira. O autoconhecimento te ajudará a evitar cometer o mesmo erro, seja com a mesma pessoa ou com qualquer outra.

Por fim, entenda que a pessoa ofendida pode simplesmente decidir não te perdoar; ou perdoar, mas sem que a amizade ou a relação volte a ser o que era antes. De um jeito ou de outro, entenda que a vida continua e que pessoas entram e saem dela. Nem sempre as coisas saem do jeito que queremos, e nós só podemos controlar as nossas atitudes, nunca as do as outras pessoas. Faça a sua parte, mas seja resiliente para saber lidar com uma possível negativa.

Espero que esse cenário desagradável não aconteça e que as dicas acima te ajudem a reparar e superar o erro cometido de forma positiva. Não se esqueça também de perdoar e de voltar a confiar em si mesmo.

Assim, as chances de a outra pessoa fazer o mesmo se tornam ainda maiores. Não se esqueça de que a transformação deve vir, primeiramente, de você, e o restante será uma consequência positiva das suas mudanças.

Deixe seu comentário no espaço abaixo e leva esta mensagem às demais pessoas que possam se beneficiar das dicas deste artigo.

 

Copyright: 595714760 – https://www.shutterstock.com/pt/g/howtogoto

José Roberto Marques

Sobre o autor: José Roberto Marques é referência em Desenvolvimento Humano. Dedicou mais de 30 anos a fim de um propósito, o de fazer com que o ser humano seja capaz de atingir o seu Potencial Infinito! Para isso ele fundou o IBC, Instituto que é reconhecido internacionalmente. Professor convidado pela Universidade de Ohio e Palestrante da Brazil Conference, na Universidade de Harvard, JRM é responsável pela formação de mais de 50 mil Coaches através do PSC - Professional And Self Coaching, cujo os métodos são comprovados cientificamente através de estudo publicado pela UERJ . Além disso, é autor de mais de 50 livros publicados.



*Esse conteúdo não é fonte para veículos jornalísticos ou matérias para imprensa, para utilização ou referência por favor entre em contato conosco.

Deixe seu Comentário: