JRM-nos-USA

Com o Zé em Harvard – Percepções

Por: José Roberto Marques | Blog | 22 de abril de 2019

“Ser de Luz! Protagonizei um dos momentos mais importantes da minha carreira e da minha história. Um sonho que idealizei há 10 anos e foi materializado. Ministrei um Workshop na Brazil Conference em Harvard e  você poderá acompanhar cada detalhe sobre os assuntos que compartilhei em artigos exclusivos aqui no meu blog!”


Quais as suas percepções?


As nossas crenças e valores moldam nossas percepções sobre nós mesmos e sobre nossa realidade, influenciando o modo como percebemos nossas capacidades, nossos relacionamentos e influencia nossas verdades e como nos sentimos, enxergamos a nós mesmos e nossa própria história.

Uma das definições da palavra percepção é uma representação mental daquilo que nos rodeia, é a maneira como ordenamos e entendemos os impulsos recebidos pela nossa visão, tato, entre outros. Ou seja, a percepção é um processo que envolve recebermos certos estímulos que nos levam a interpretá-los, isto é, interpretamos nossa realidade por meio dos sentidos, sentimentos, emoções, por nossa história, nosso mindset e nossas crenças.

Você já parou para pensar em sua percepção sobre si mesmo, sobre seus amigos, familiares e sobre as pessoas com as quais você convive? A maneira como você percebe o mundo e suas relações, assim como a interpretação de si e sua história é essencial para transformar o rumo de sua vida.

Um dos aspectos mais importantes da existência de qualquer um é fazer as pazes com seu passado. É entender que o passado já passou, já acabou, que não há nada que possamos fazer a respeito a não ser ressignificar.

Transforme suas dores e sofrimentos em um meio de crescimento, veja os problemas como uma oportunidade, perdoe aqueles que te feriram e peça perdão a quem você, consciente ou inconscientemente magoou. Você não seria o ser maravilhoso de Luz que é hoje se não fossem pelos obstáculos e percalços que teve que ultrapassar.

Não permita que seu passado determine o seu futuro. Você, verdadeiramente, pode escolher como vai contar sua narrativa pessoal. Serão essas dores e problemas o meio pelo qual você se transformou e evolui ou será aquilo que te deteve e que te parou?

A maneira pela qual você decide sentir e perceber seu passado fará total diferença em seu presente, em suas atitudes, em suas crenças sobre si mesmo. Sua história é de um vencedor? Basta que você decida escrevê-la dessa maneira e agir de acordo, mudando seu mindset e suas ações em direção a positividade e a realização para que isso se torne uma verdade.

A percepção que temos de nós é extremamente poderosa. Lembre-se que sua percepção de si mesmo e de sua narrativa pessoal é que vai determinar os seus significados. Se você se percebe como alguém que apesar das dificuldades consegue, por meio da resiliência, se sobrepor a tudo isso, você muda o significado da sua história e de tudo que ainda está por vir.


 

Não permita que seu passado determine o seu futuro.

 


É preciso, portanto, entender como você vê a si mesmo, em prol da ressignificação. Dessa maneira, aprendendo a contar a sua história, você aprenderá a potencializá-la sempre. A história que você conta da sua história é de empoderamento? Reflita profundamente sobre isso.

Eu mesmo, durante minha infância e adolescência, sempre que tive que trabalhar, tive grandes responsabilidades desde muito jovem, não só com minha família, mas até mesmo com minha cidade. Mas o que aprendi com isso foi o valor do trabalho duro, que me guiou durante toda a minha existência e que finalmente foi responsável por tudo o que conseguiu, inclusive o sonho de falar em Harvard, uma das mais importantes e conceituadas universidades de todo o mundo.

Qual é a percepção que você tem de si? Saiba que cada um de nós é um ser único, cada um é um “eu” especial. Portanto, acredite em seu potencial. Há algo neste mundo que só você poderá fazer, e para que você possa verdadeiramente encontrar seu Propósito Maior você precisa entender a si, o que significa ser você, o que te move, quais são seus papéis e significados, colaborando para achar sua missão e seu Propósito.

Você tem o poder de construir sua própria narrativa, ressignificando o que não foi tão bom, suas perebas, como meio de te impulsionar para um futuro mais extraordinário, explorando seu potencial infinito para o bem e para o grandioso.

Deixe seu Comentário: