Benchmark,Concept

Benchmarking – Qual é a importância e como fazer?

Por: José Roberto Marques | Blog

A palavra benchmarking significa, em português, avaliação comparativa, consiste em avaliar uma empresa considerando parâmetros dos concorrentes. É uma forma de verificar se o seu negócio está alinhado com as tendências do mercado, se existem pontos que estão em defasagem em relação à concorrência e identificar diferenciais.

Continue lendo para saber mais sobre benchmarking e conferir dicas de como realizar na sua empresa.

Importância do Benchmarking

São muitos os benefícios que um processo de benchmarking pode oferecer a um negócio, veja quais são os principais.

  • Enxergar a sua empresa através de outras perspectivas, podendo identificar aspectos que estavam passando despercebidos;
  • Identificar tendências de mercado e se adaptar rapidamente a elas;
  • Encontrar formas de melhorar os processos internos e torná-los mais eficientes;
  • Fortalecer a cultura de melhoria contínua;
  • Melhorar a qualidade dos produtos e serviços, bem como o atendimento;
  • Prevenir erros cometidos por outras empresas;
  • Mostrar abertura para acolher novas ideias;
  • Implementação de novas ferramentas e tecnologias.

Vale dizer que esses benefícios se aplicam a qualquer tipo de negócio que resolva fazer um benchmarking, independente do segmento ou porte.

Conheça a metodologia capaz de potencializar seus resultados!
Clique aqui e acesse meu ebook “Leader Coach”, é um presente!

Tipos de Benchmarking

Existem tipos diferentes de benchmarking, para atender às variadas necessidades que uma empresa pode ter. Em primeiro lugar, ele pode ser interno ou externo, observe.

Benchmarking interno

É quando a empresa realiza a análise comparativa entre dois ou mais setores, considerando os processos, o desempenho dos colaboradores, entre outros aspectos. É mais simples de ser feito porque não envolve terceiros, então, é possível obter qualquer tipo de informação sem burocracia. O benchmarking interno permite que os setores se alinhem, os colaboradores se aproximem e o trabalho flua com mais agilidade e qualidade.

Benchmarking externo

Nesse caso, a comparação ocorre com outras empresas, que podem ou não serem concorrentes diretos. Mais adiante você verá que dá para realizar um benchmarking com organizações de outros segmentos para obter informações mais genéricas e que podem ser aplicadas a qualquer negócio.

Então, partindo desses dois tipos principais, existem variações que vão de acordo com os objetivos da análise.

Benchmarking competitivo

O benchmarking competitivo é aquele em que se realiza uma comparação direta com os concorrentes, incluindo todos os aspectos que sejam relevantes em relação às vendas e posicionamento de mercado. Apesar de trazer muitos benefícios, essa análise envolve uma série de desafios, afinal, dificilmente um negócio irá fornecer informações internas para a concorrência.

Benchmarking funcional

Esse é um tipo de benchmarking mais fácil de ser implementado porque pode ser feito entre duas empresas de segmentos distintos, já que a intenção é analisar as práticas de ambas. Pode ser feito com a empresa de um amigo, por exemplo, ou através da contratação de uma companhia especializada em benchmarking. É uma estratégia que beneficia os dois negócios exatamente pela troca de conhecimentos e expertises.

Você é feliz?

Benchmarking genérico

Como o nome sugere, o benchmarking genérico possui uma natureza mais ampla e pode ser realizado entre empresas do mesmo segmento ou segmentos distintos. O objetivo dessa modalidade é obter informações que possam resultar em insights e ideias inovadoras para uma empresa, relacionadas ao marketing, atendimento ao cliente, processos internos e assim por diante.

5 Dicas para um Benchmarking de sucesso

Podemos aprender muito através das experiências de terceiros, por isso o benchmarking é uma ferramenta tão poderosa. Confira algumas dicas que irão te ajudar a realizar esse processo e obter grandes resultados.

1 – Identifique as áreas da empresa que precisam ser melhoradas

Para alcançar qualquer objetivo com sucesso é preciso saber, em primeiro lugar, o que se está buscando. Quando se trata de benchmarking, é necessário entender quais são as áreas da empresa que estão precisando melhorar seu desempenho. É a partir da definição dos pontos que serão avaliados que todo o processo de análise comparativa poderá ser desenhado e realizado.

2 – Procure organizações de alto desempenho

Se a intenção é obter ideias para implementar melhorias no seu negócio, é necessário fazer benchmarking com empresas que tenham um alto desempenho. O tópico anterior é determinante para iniciar a busca de organizações, porque é através da definição das áreas que serão avaliadas que poderá concluir qual será o tipo de benchmarking que precisa realizar. O LinkedIn, rede social voltada para os negócios, é um local interessante para realizar essa busca.

3 – Entre em contato com a organização

Caso vá fazer um benchmarking competitivo, talvez fique mais complicado conseguir que a própria empresa concorrente ceda informações. Entretanto, se a intenção é realizar a comparação do tipo funcional ou genérica, entre em contato com a empresa em questão para verificar a disponibilidade. Muitas companhias já possuem seu processo de compartilhamento de benchmarking e se orgulham de fazer parte desse tipo de ação.

4 – Colete e analise os dados

A coleta de dados é a etapa mais importante do benchmarking, porque são eles que irá usar para, posteriormente, comparar com informações da mesma natureza da sua empresa. Inclusive, é válido ressaltar que você deve tomar cuidado para não realizar comparações cruzadas, ou seja, de áreas distintas. Certifique-se de comparar corretamente e saber adaptar à realidade do seu negócio.

5 – Desenvolva um plano de melhoria de desempenho

Depois de analisar os dados coletados, você terá um melhor entendimento de onde está como organização, em comparação com onde gostaria de estar. Use essas informações para desenvolver um plano de melhoria de desempenho para chegar lá. Selecione os colaboradores que farão parte da equipe para ajudar a implementar o plano e acompanhe o desempenho dos funcionários para atingir essas metas.

Viu só como a prática do benchmarking pode trazer inúmeras vantagens para o seu negócio? Vale lembrar que, além do modo tradicional de realizar esse processo, você também pode utilizar casos de grande sucesso para se inspirar e desenvolver melhorias na sua empresa.

A Disney é uma companhia muito utilizada como exemplo por empresários que desejam implementar melhorias, especialmente ligadas ao encantamento de clientes. O livro “Jeito Disney de encantar os clientes”, de autoria do Disney Institute, é um bom canal para obter informações valiosas e insights para o seu empreendimento.

Se este conteúdo te ajudou de alguma maneira, deixe seu comentário abaixo e compartilhe em suas redes sociais!

Imagem: Por garagestock

José Roberto Marques

Sobre o autor: José Roberto Marques é referência em Desenvolvimento Humano. Dedicou mais de 30 anos a fim de um propósito, o de fazer com que o ser humano seja capaz de atingir o seu Potencial Infinito! Para isso ele fundou o IBC, Instituto que é reconhecido internacionalmente. Professor convidado pela Universidade de Ohio e Palestrante da Brazil Conference, na Universidade de Harvard, JRM é responsável pela formação de mais de 50 mil Coaches através do PSC - Professional And Self Coaching, cujo os métodos são comprovados cientificamente através de estudo publicado pela UERJ . Além disso, é autor de mais de 50 livros publicados.



*Esse conteúdo não é fonte para veículos jornalísticos ou matérias para imprensa, para utilização ou referência por favor entre em contato conosco.

Deixe seu Comentário: