Gestão-de-emoções

A Importância de Fazer uma Boa Gestão de Emoções no Trabalho

Por: Pollyana Ribeiro | Blog | 28 de agosto de 2017

Realizar uma boa gestão de emoções é essencial em todos os âmbitos da vida, contudo, no âmbito profissional é ainda mais importante. Profissionais que mantêm a tranquilidade mesmo diante de cenários estressantes e novos desafios e que conseguem se adaptar as novas exigências têm muito mais chances de obter êxito em suas tarefas e sucesso. Portanto, entender melhor como gerir as emoções com assertividade pode te ajudar a construir uma carreira sólida e ajudar exercitar seu autocontrole emocional nos momentos mais desafiantes.

Conquiste resultados extraordinários através do Coaching!
Clique aqui e conheça mais sobre essa poderosa metodologia!

O Que Significa Fazer Gestão de Emoções?

Para começar, devemos deixar claro exatamente o que quer dizer fazer a gestão de emoções no trabalho. Compreender e saber guiar as suas emoções na empresa faz toda a diferença para evitar situações de embates desnecessários com os demais colaboradores, bem como ajuda a evitar descontroles e a apoia a galgar mais degraus rumo a promoções e crescimentos. Neste sentido, os cargos de gerência e liderança exigem ainda mais inteligência emocional do profissional.

A Importância da Gestão de Emoções no Trabalho

Aprender a gerir as emoções evita muitos desgastes emocionais. Por isso, sempre que alguma pessoa ou situação testar a sua paciência e inteligência emocional, lembre-se de:

Pensar Antes de Agir

Você provavelmente já ouviu alguém dizer algo como “Fulano acabou agindo sem pensar no calor da emoção”. O ser humano é um ser emocional, logo pode acabar se deixando levar pelo sentimento e não medir as consequências. Há, inclusive, uma explicação morfológica de porque algumas pessoas esboçam reações antes de racionalizar as questões. O pensamento é formado em duas regiões do cérebro: amigdala e hipocampo.

Você é feliz?

Na primeira, o pensamento é tratado por um viés emocional, enquanto na segunda região é tratado por um viés mais racional. Em alguns momentos, o pensamento pega uma espécie de atalho e vai para a região emocional, fazendo com que a reação do indivíduo seja carregada de sentimentos, algo que nem sempre é positivo. A gestão de emoções ajuda a aumentar o tempo de resposta, fazendo com que a pessoa racionalize melhor o que está acontecendo e pense antes de agir.

A realização profissional é um dos principais ingredientes para conquistar a felicidade. Faça o nosso teste para descobrir se você é feliz!

Inteligência Emocional: Essencial no Mercado de Trabalho

Atualmente, as empresas estão valorizando especialmente os profissionais que possuem equilíbrio e inteligência emocional. Essas pessoas são mais preparadas para estabelecer um bom relacionamento interpessoal com os colegas, tornando o ambiente de trabalho mais produtivo e fugindo de situações constrangedoras de brigas, fofocas e picuinhas. Outro ponto que se destaca é a capacidade de pensar mais antes de tomar uma decisão importante.

Atitudes tomadas por impulso geralmente vem acompanhadas de muitas consequências negativas e no ambiente corporativo não há espaço para esses riscos. Profissionais que são focados na realização de suas atividades, realizando uma boa gestão de emoções no trabalho, conseguem se tornar mais preparados para desempenhar as suas funções, vencer seus desafios e ir além.

E você, de 0 a 10, qual o seu nível atual de gestão de emoções? Consegue controlar seus impulsos e pensamentos negativos? Comente comigo e deixe suas reflexões.

*Esse conteúdo não é fonte para veículos jornalísticos ou matérias para imprensa, para utilização ou referência por favor entre em contato conosco.

Deixe seu Comentário: