whatsapp-fundador

A História de Jan Koum – Criador do WhatsApp

Por: José Roberto Marques | Blog | 22 de maio de 2019

Você certamente conhece o WhatsApp, aquele famoso aplicativo que é usado para troca de mensagens de texto, áudios e chamadas de voz e vídeo. Já parou para pensar a respeito de quem o criou? Saiba que o responsável por nos proporcionar essa facilidade fantástica é o ucraniano Jan Koum, que, nascido em uma família de poucos recursos, vendeu sua criação para o Facebook por 19 bilhões de dólares.

Apenas com essas informações já podemos perceber que a história desse empreendedor é inspiradora. Então, te convido a continuar acompanhando para saber mais a respeito dessa trajetória extraordinária.

Quem é Jan Koum?

Se eu dissesse apenas que ia contar a história do criador do WhatsApp, são grandes as chances de que você, querida pessoa, pensasse que seria uma trajetória linear, de alguém que já tinha uma carreira consolidada e teve uma boa ideia, simples assim. Isso porque o ser humano, de modo geral, costuma acreditar que as coisas são fáceis para os demais e desafiadoras apenas para ele, e a realidade não é bem assim, pois todos têm obstáculos a superar e com Jan Koum não foi diferente.

Nascido em Kiev, a capital da Ucrânia, em 1976, Jan, que na época já estava com 16 anos, mudou-se para os Estados Unidos com a mãe e a avó em busca de uma vida melhor. Para ajudar no sustento da família, começou a trabalhar como faxineiro em uma mercearia. Nessa época, ele já demonstrava um grande interesse por programação e tecnologia, paixão que o levou a ingressar na Universidade Estadual de San Jose, na Califórnia.

O Início da Parceria Com Brian Acton – Cofundador do WhatsApp

Após entrar na faculdade, Jan conseguiu um trabalho como testador de segurança na Earnest and Young, empresa especializada em serviços profissionais. Foi lá que ele conheceu Brian Acton, aquele que veio a se tornar seu amigo e, mais tarde, parceiro no desenvolvimento do WhatsApp. Como ambos eram bons no que faziam, algum tempo depois foram contratados pelo Yahoo, companhia na qual permaneceram por nove anos, até pedirem demissão, em 2007, para tentarem vagas no Facebook.

Ironicamente, Jan e Brian não passaram no processo seletivo para trabalharem na empresa de Mark Zuckerberg. Dois anos depois, Jan teve a ideia que os levaria a fecharem um negócio bilionário com o fundador do Facebook algum tempo depois. Assim, Jan entrou com a ideia e Brian, juntamente com outros colegas da época do Yahoo, com o capital necessário para tirá-la do papel, cerca de 250 mil dólares. Além disso, contaram também com um aporte de uma empresa de investimentos, que certamente percebeu o potencial que o negócio tinha.

Lançado no início de 2010, após uma série de desafios, o WhatsApp foi conquistando cada vez mais usuários com o passar do tempo, tornando-se o aplicativo de mensagens mais popular de todo o mundo. Para se ter uma ideia, em 2013, cerca de 200 milhões de pessoas já o utilizavam. Isso certamente foi resultado da parceria de sucesso de Jan, que se dedicava mais à parte técnica, e Brian, que ficou responsável por aspectos financeiros da companhia. Como cada um focou naquilo que tinha maior facilidade, a excelência se tornou uma consequência natural.

A história de Jan Koum e de seu parceiro Brian Acton com o WhatsApp teve o seu desfecho em 2014, quando o Facebook comprou o aplicativo por 19 bilhões de dólares. Certamente, um valor inimaginável para Jan na juventude, tanto no início da vida em Kiev, quanto após a mudança para os Estados Unidos com a mãe e a avó. Uma grande demonstração de que se podemos sonhar é porque temos a capacidade de realizar.

5 Lições Poderosas de Sucesso Que Podemos Aprender Com Jan Koum

Histórias como a de Jan Koum nos inspiram e deixam lições poderosas sobre dedicação, resiliência e vontade de ir além. Confira, a seguir, cinco ensinamentos da trajetória desse grande empreendedor.

1 – Seu Passado Não Precisa Definir o Seu Futuro

Se Jan Koum acreditasse que, por ter nascido em uma família pobre, não poderia se tornar um grande programador e criar um aplicativo de sucesso, certamente hoje nós não estaríamos trocando mensagens pelo WhatsApp. A verdade é que o passado não precisa determinar como será o futuro de ninguém, porque sempre é tempo de se reinventar e ir em busca de seus sonhos.

2 – Toda Oportunidade de Aprender Deve Ser Aproveitada

Jan Koum tinha paixão por aprender. Quando chegou na Califórnia, na adolescência, ele já tinha interesse em tecnologia da informação, o que o levou a estudar e a praticar o que aprendia sobre programação nos intervalos do trabalho como faxineiro. E assim continuou até se sentir pronto para começar a criar os seus próprios softwares. Sua dedicação e vontade de saber cada vez mais o levaram a conquistar uma vaga no Yahoo e o resto da história você já sabe.

3 – Não Deixe Que uma Decepção Te Desanime

Como você pôde conferir no decorrer do artigo, Jan e Brian apostaram todas as suas fichas quando deixaram o Yahoo para tentarem uma vaga no Facebook, e acabaram não sendo selecionados. Já imaginou o que aconteceria se eles tivessem desistido nesse ponto e se contentado com qualquer outro trabalho? Certamente não teriam criado um aplicativo que seria vendido por 19 bilhões de dólares exatamente para a companhia que os rejeitou.

4 – Dê um Significado aos Seus Objetivos

Desde o início, o principal objetivo de Jan não era se tornar bilionário, e sim oferecer uma solução que atendesse as necessidades das pessoas e oferecesse praticidade a elas. É claro que ter o desejo de se tornar bem sucedido não é ruim, porém, é essencial que essa vontade tenha um significado mais forte, porque o dinheiro é uma consequência. Se você mantém o foco em criar um produto que será realmente útil para o consumidor, o sucesso virá naturalmente.

5 – Você Nunca é Velho Demais Para Realizar um Objetivo

Quando o WhatsApp foi lançado, Jan Koum tinha 34 anos, algo que é um tanto quanto diferente de outros casos de sucesso do mundo da tecnologia, que costuma contar com diversos garotos prodígio. Para se ter uma ideia, Bill Gates tinha apenas 19 anos quando fundou a Microsoft. Contudo, esse fato nunca desanimou Jan, que viu na idade a vantagem da experiência e da maturidade para tomar decisões.

A história de Jan Koum é realmente inspiradora e nos mostra que se você acredita no seu potencial e dá o seu melhor para realizar os seus objetivos, consegue chegar lá. Aproveite para compartilhar este artigo com os seus amigos e inspirá-los com essa trajetória de resiliência e sucesso!

 

Copyright: www.correio24horas.com.br

Deixe seu Comentário: