4ps-marketing

4Ps do Marketing – Entenda como Eles Funcionam

Por: José Roberto Marques | Blog | 08 de novembro de 2018

Primeiro vamos saber o que é marketing.  Marketing vem da palavra market, que pode ser traduzida como mercado, ou “to market” do verbo comercializar. O “ing” é o sufixo que pode ser usado para apresentar uma ação que está acontecendo agora, ou seja, marketing é a ação de “comercializar agora”

Fazer marketing é agregar todas as funções que fazem com que um produto ou serviço oferecido por uma empresa possa ser adquirido pelo consumidor. Os 4Ps do marketing entram nesse momento.

Se quando você vai comprar determinado item, fica atento a fatores como: produto, preço, praça (local onde está sendo vendido) e promoção, com certeza, você sabe quais são os 4Ps do Marketing. Este sistema, por sua vez, representa as quatro variáveis que influenciam diretamente o cliente a comprar.

O termo 4Ps foi criado pelo professor de Marketing, o americano Jerome McCarthy, que apresentou pela primeira vez esta teoria, ao grande público, em seu livro Basic Marketing. Sua tese foi amplamente difundida por nada menos que Philip Kotler, o maior guru de todos os tempos nesta área.

O escritor conceituou Produto, Preço, Ponto e Promoção, como sendo os fatores decisivos para que o consumidor escolha determinados produtos e serviços em detrimento de outros. Segundo Jerome, sem isso o processo de vendas não teria êxito e dificilmente se daria.

Estes quatro elementos são a simplificação dos conceitos de Neil Borden, apresentados, na década de 1960, quando era presidente da Associação Americana de Marketing. Nele, o especialista discorre sobre o Marketing Mix, que apresenta 12 elementos distintos como os principais influenciadores de uma compra e que, posteriormente, culminaram na teoria de Jerome.

Conheça os 4Ps do Marketing

1 – Produto

Representa todos os tipos de bens ou serviços que uma empresa oferece em seu mercado de atuação. É o mix criado por ela visando conquistar mercado e retorno financeiro. O objetivo, com isso, é atender uma necessidade específica daquele grupo alvo de clientes e oferecer-lhes satisfação total em sua compra por meio destes produtos.

O Produto serve para a sua equipe entender e definir quais os atributos e características do que é oferecido. Para facilitar, seguem algumas perguntas que você deve responder:

  • Quais as necessidades e/ou desejos que seu produto/serviço deve satisfazer junto à clientela?
  • Quais as funções que ele deve desenvolver para atingi-las?
  • Como, quando e onde o cliente irá utilizá-lo?
  • Como ele é fisicamente?
  • Existem outras cores, tamanhos e estilos disponíveis?
  • Qual o nome?
  • Qual a marca?
  • Como ele se diferencia dos outros produtos e serviços já existentes no mercado?

2 – Preço

Este é um dos fatores que mais chamam a atenção dos consumidores, pois representa o valor cobrado pelo produto ou serviço que desejamos adquirir. Por uma série de fatores (custo de produção e marca, por exemplo), estes preços variam muito de empresa para empresa. Mas de todo modo, é um elemento decisivo para que o cliente adquira este ou aquele item, de acordo com as possibilidades de seu bolso.

A sobrevivência de uma empresa está intimamente ligada a esse P. O preço é, na verdade, o valor que será cobrado pela solução que você oferece.

Esse pilar vai indicar o futuro da sua empresa, já que é a partir da circulação do dinheiro que será possível pagar funcionários, fornecedores, realizar investimentos e tirar o seu merecido lucro.

Algumas perguntas que devem ser respondidas:

  • Qual o valor do seu produto ou serviço para o comprador?
  • Quais as faixas de preço para produtos e serviços em cada área de distribuição?
  • Qual o comportamento do cliente em relação ao preço? Quanto ele está disposto a pagar pelo que você oferece? Qual o limite de preço?
  • Existe a necessidade de criar ações de preço específicas para segmentos de público (pessoas jurídicas, clientes fiéis)?
  • Como seu preço se compara ao de seus competidores?

3 – Praça

Diz respeito ao local onde são vendidos os produtos (pontos de vendas) e também aos canais de distribuição do mesmo. Inclui toda cadeia produtiva até a chegada ao cliente. Neste sentido, atualmente, com o crescimento do comércio eletrônico, as praças têm expandido progressivamente a sua atuação, possibilitando ao consumidor, a entrega personalizada de seus pedidos comprados na internet, por exemplo.

Em inglês, Praça é placement, que, em tradução livre para a nossa área, pode ser entendido como “colocação no mercado”.

A questão é que ele é responsável, especificamente, por como o cliente chega até você, aos seus produtos e serviços.

As perguntas para você definir da melhor forma a Praça, são:

  • Onde seu público costuma procurar pelos seus produtos e serviços?
  • No caso de estabelecimentos físicos (pontos de venda), quais os tipos específicos?
  • No caso de estabelecimentos virtuais e online, quais (ecommerce, catálogo, redes sociais)?
  • Como a sua empresa pode acessar os melhores e mais efetivos canais de distribuição?

4 – Promoção

É a principal ferramenta usada pelas empresas para informar, estimular, atrair e persuadir o cliente a comprar seus produtos e serviços. Está presente na publicidade diária que vemos na televisão, nos comerciais que apresentam preços baixos e, indicadas nas lojas, com os famosos descontos. Esta prática de Marketing é essencial para que o comércio possa girar e atrair compradores, especialmente em tempos de crise como hoje, onde o movimento diminui e o consumidor quer e precisa economizar em suas compras.

Na verdade, ela tem o sentido de promover a sua marca e soluções, fazer com que a mensagem de marketing da sua marca chegue aos ouvidos certos.

Transformar sua empresa, de mera desconhecida, em possível solução para necessidades e desejos de um cliente.

  • Quando e onde você pode passar adiante, de forma efetiva, as mensagens de marketing do seu negócio para o seu público-alvo?
  • Quais os melhores canais (TV, rádio, internet, impressos) e ações de relações públicas para apresentar as suas soluções para possíveis clientes?
  • Seu mercado é sazonal (ovos de páscoa, árvores de natal)? Qual, então, deve ser o calendário para poder aproveitar as chances de aumentar as vendas e promoções?
  • Como os seus competidores fazem a promoção de seus produtos e serviços? Qual a influência deles sobre as suas ações?

Interessante, não é mesmo? Podemos concluir com isso que todas as etapas do processo de vendas são pensadas e aplicadas de acordo com os 4Ps do Marketing. Estes, por sua vez, influenciam diretamente nas vendas e estão amplamente ligados ao comportamento de compra dos consumidores.

Sabendo de tudo isso, dá próxima vez em que for comprar alguma coisa, observe as estratégias das empresas para persuadir você e veja como tudo foi planejado para isso.  Resista se puder e leve apenas o que for preciso. Fica a dica!

Gostou do texto? Curta, comente e compartilhe em suas redes sociais!

Deixe seu Comentário!

 

Copyright: http:/www.shutterstock.com/gallery-826375p1.html

Deixe seu Comentário: