Voltar

Como Fazer Avaliação de Desempenho de um Funcionário em Experiência  

Publicado em | 0 comentários
Avaliação de desempenho

Liravega/Shutterstock A avaliação de desempenho de um colaborador, em contrato de experiência, deve ser realizada de acordo com aquilo que demonstrou neste período e  com as observações de seus gestor

No dia a dia das empresas é bastante comum a contratação de profissionais no regime de experiência, ou seja, por prazo determinado. Este modelo de contrato de trabalho, regulamentando pela Consolidação das Leis Trabalhistas – CLT; estipula que a organização pode testar, por até 90 dias, um funcionário antes de contratá-lo em definitivo.

Este é um recurso importante e que tem como objetivo avaliar se, na prática, o profissional possui realmente as competências e habilidades, técnicas e comportamentais, necessárias à função que irá desempenhar. É também a oportunidade da pessoa mostrar o que sabe fazer e causar uma boa impressão de seu trabalho.

Por tudo isso e para que o processo de contratação seja efetivo e congruente, o gestor da área deve acompanhar, de perto, o desenvolvimento dos colaboradores em contrato de experiência. Isso é essencial, pois deste modo, quando o prazo de teste chegar ao fim, o líder saberá como fazer avaliação de desempenho de funcionário, e ter os subsídios necessários para decidir sobre sua efetivação ou não.

Como Fazer Uma Avaliação de Desempenho Assertiva

Para fazer uma avaliação do desempenho do funcionário é essencial mensurar a qualidade de seu trabalho, o domínio dos conhecimentos técnicos, suas habilidades interpessoais, de comunicação, liderança e todas as demais pertinentes à sua ocupação. Além disso, fatores comportamentais como pontualidade, respeito aos prazos, regras e hierarquias também devem ser avaliados, pois como sabemos, são itens muito importantes no dia a dia.

90 dias pode parecer pouco tempo para colher todos estes dados, mas se o gestor estiver atento, é o tempo necessário para perceber o estilo comportamental e profissional do candidato a ocupar uma vaga em sua equipe. Aqui, além dos conhecimentos do líder entra também o fator experiência e sua perspicácia em identificar talentos, diferenciais ou mesmo elementos que podem vir a indicar problemas no futuro.

Para mensurar o desempenho da pessoa também é importante ser justo e avaliar o momento da empresa, ou seja, se a mesma deu as condições necessárias a que o funcionário pudesse demonstrar seu potencial e lutar por aquele emprego. Isso quer dizer verificar se o líder orientou o profissional de maneira correta, se a infraestrutura era adequada para executar seu trabalho e também se a equipe o recebeu abertamente.

De posse de todas estas informações, o gestor terá todas as condições de tomar sua decisão e fazer a efetivação ou mesmo o desligamento do profissional. Fique atento a isso e decida com assertividade!

Comments

comments

O que é coaching

Baixe o
e-book
gratuito

Conheça a metodologia que vai mudar sua vida. Acelere o seu sucesso!