Coaching como ferramenta de motivação de liderança de equipes

Por: José Roberto Marques | Blog | 23 de abril de 2014

O Instituto Brasileiro de Coaching – IBC, realizou em 2012, durante o 27º Congresso Brasileiro de Treinamento & Desenvolvimento (CBTD), uma pesquisa com mais de 250 profissionais e gestores da área de T&D e Educação Corporativa das maiores empresas do país. O resultado da pesquisa constatou que 100% desses profissionais acreditam que o Coaching é uma metodologia efetiva para o desenvolvimento de lideranças.

Mais um dado interessante da pesquisa é que 83% dos respondentes consideram que o que há de mais importante em um líder é o foco nas pessoas, acreditando ainda que o Coaching é a metodologia ideal para esse fim.

Coaching potencializa pontos fortes e identifica fatores que podem ser melhorados

Acredito verdadeiramente que Coaching, liderança e motivação estão diretamente conectados. O método consiste em um conjunto de conhecimentos, técnicas e ferramentas de desenvolvimento humano e de liderança, onde o profissional líder se capacitará para atuar em uma gestão assertiva, contribuindo para o crescimento de indivíduos e equipes. Líder formando líderes.

O gestor que adota o Coaching como filosofia profissional e de vida terá um time de alta performance, desenvolvendo habilidades e competências de seus colaboradores, a fim de despertar o potencial infinito de cada um.

Em minha obra “Leader Coach – Coaching como Filosofia de Liderança” abordo afundo esse tema, apresentando conceitos, ferramentas e técnicas para conduzir uma liderança efetiva, em uma leitura leve e prática.

Liderança e motivação
Verdadeiros líderes inspiram seus colaboradores e os motivam a dar o melhor de si. Por isso liderança e motivação andam lado a lado. Caso sua equipe não esteja produtiva e motivada, analise se o tipo de liderança que você está utilizando é o mais adequado, pois grande parte dos resultados que uma equipe produz são reflexos de quem a conduz.

Comunicação, flexibilidade, inteligência e controle emocional, resiliência, capacidade de tomada de decisões rápidas, realização de planos de ação estratégicos, são algumas habilidades que o Coaching trabalha quando falamos em alta performance de líderes, gestores e profissionais. A intenção é valorizar as diferenças que existem nas equipes, além das competências de cada um, fazendo delas uma engrenagem que resulte no alcance do objetivo proposto.

Por isso o Coaching mune o profissional de ferramentas e técnicas de conhecimento comportamental, que visa potencializar os pontos fortes e trabalhar os pontos de melhoria, minimizando as ações negativas dentro do contexto organizacional.