Voltar

Trabalhando a Motivação no Trabalho de Servidores Públicos

Publicado em | 0 comentários

Kurhan/Shutterstock Os funcionários públicos também precisam ser valorizados  para ter motivação para o trabalho

Ter uma carreira no setor público, sem dúvida, este é um dos sonhos de uma grande parte dos brasileiros atualmente. E não é por acaso, a busca por bons salários e, principalmente, por estabilidade profissional; são grandes atrativos para se investir, tempo e dinheiro, na conquistar de alguma das concorridas vagas oferecidas em concursos por todo país.

Entretanto, nem tudo são flores, pois como bem sabemos, os serviços públicos estão entre os piores do Brasil e os que mais causam transtornos à população. Isso ocorre em decorrência de muitos fatores, como por exemplo: o sucateamento da máquina, a deficiência nos processos e por fatores humanos também.

Mas por que isso acontece? Porque a rotina, as condições de trabalho, muitas vezes difíceis, como também a desmotivação com a falta de possibilidades de crescimento, de investimento em treinamentos e desenvolvimento, bem como a limitação de cargo e de aumento de salário; faz com que os profissionais sintam-se estagnados na carreira e sem a motivação no trabalho.

Como Aumentar a Motivação no Serviço Público

Segundo o psicólogo americano, Abraham Maslow, para sentir-se plenamente realizado, o ser humano precisa ter atendidas todas as suas necessidades básicas. Este conceito, abordado dentro da Psicologia Humanista, defende a Hierarquia de Necessidades, conceituada por ele em cinco tipos – Biológicas/ Fisiológicas; Segurança; Sociais, Ego e de Autorrealização.

Por isso, quando uma destas necessidades não é atendida, logicamente, vem à desmotivação e a insatisfação com o trabalho e as atividades nele desempenhadas. Assim, para mudar este cenário e para que o servidor público consiga desempenhar bem as suas funções, estar motivado e prestar um serviço de qualidade à população; com qualquer outro profissional, ele também precisa que as suas necessidades sejam atendidas e que seja valorizado e reconhecido.

Se, por exemplo, o servidor recebe um salário baixo e insuficiente ou atrasado; ele verá comprometido as suas necessidades biológicas e fisiológicas (alimentação, infraestrutura e saúde), de segurança (sustento familiar), pois não conseguirá, por meio de seu trabalho manter sua qualidade de vida e sentir-se realizado com aquilo que faz todos os dias (autorrealização).

Como o Coaching Pode Ajudar os Servidores Públicos

O processo de Coaching, no aumento da automotivação, no desenvolvimento de novas competências e habilidades técnicas, emocionais e comportamentais, a exemplo, da automotivação, inteligência emocional e resiliência.  Pode ajudar ainda na redefinição de metas e objetivos e no alinhamento efetivo destas ações com o trabalho diário.

Tudo isso é importante para que os profissionais se reconheçam como peças-chaves para a melhoria da qualidade de vida da população brasileira, possam se reinventar na rotina, enxergar oportunidades de fazer diferente e valorizar mais seu emprego.

Também é essencial para que possam assumir um compromisso verdadeiro com a melhoria contínua dos serviços oferecidos nas instituições públicas e tornar este ambiente mais humano e menos burocrático.

Além disso, o Coaching ajuda na definição de seu propósito de vida, de modo que o trabalho não seja sua única fonte de motivação e satisfação com a vida. Isso permite equilibrar a vida profissional e pessoal, conciliar sonhos, metas e objetivos e traçar estratégias efetivas para conquistar autoconhecimento e autorrealização em todas as áreas da vida.

Comments

comments

O que é coaching

Baixe o
e-book
gratuito

Conheça a metodologia que vai mudar sua vida. Acelere o seu sucesso!