Voltar

Terceira Lei Espiritual dos Super-Heróis – A Lei do Poder

Publicado em | 0 comentários

Iassedesignen/Shutterstock Assim como para os super-heróis, é essencial desenvolvermos nosso poder interior, que é a fonte real de todo poder existente

O verdadeiro poder é muito além do poderio muscular. A Lei do Poder permite que os super-heróis sejam imunes a críticas, inferiores a ninguém, destemidos e capazes de dar poder aos outros por meio de seus pensamentos e de suas ações.

Em se tratando de super-herói impossível não falar de poderes. Quem não gostaria de ter a super-força do homem de ferro, o anel mágico do Lanterna Verde ou o controle do tempo como a Tempestade? Esses, é claro, são nossos referenciais de poderes, aqueles que vêm de uma fonte mágica, sobrenatural, à quais pouquíssimos eleitos têm acesso.

Contudo, a lei do poder reconhece que, a verdadeira força, não está em planetas distantes ou em magia, mas nos nossos selfs. Chopra diz que “aqueles com qualidade de verdadeiro poder não precisam vestir uma malha colante nem uma capa vermelha para serem reconhecidos. Eles irradiam confiança de dentro, projetando-a para fora em sua aparência. Como resultado, o poder é uma parcela integral de sua pessoa, não um traço ou característica atribuída a ela.”.

Tudo começa compreendendo que conhecer e assumir nosso poder pessoal passa primeiro pelo trabalho feito com as duas leis anteriores: a  Lei do Equilíbrio e Lei da Transformação. Esse poder que temos está ligado a como deixamos que a energia do universo, o self planetário, flua em nós, em nosso self individual. É essa ligação que produz o poder interno.

De onde Vem o Poder?

Explicando melhor os autores mostram como é importante que controlemos nossos instintos, sentimentos, memórias. O poder nasce primeiramente desse controle. Quando nos descontrolamos emocionalmente, ou nos abalamos fortemente com lembranças e outros fatos perderam parte do nosso poder. É preciso usar nossas lembranças e não deixar que elas nos usem, “Quando deixamos que as lembranças nos usem é fácil nos tornarmos vítimas delas.”.

Quanto mais deixamos que nosso interior seja influenciado pela energia universal mais controle interno nos teremos e mais refinaremos nossos instintos ou escolhas inconscientes. O medo é um grande entrave do poder. O medo nos prende àquilo que já conhecemos e que nos dá determinada sensação de segurança. Mas é justamente naquilo que não conhecemos, no desconhecido, que está o maior potencial de crescimento e mudança.

O desconhecido representa o campo das possibilidades. É nesse campo que surge do inesperado, do fortuito, que descobrimos nosso verdadeiro poder, desde que tenhamos coragem para olhá-lo de frente. Chopra nos conta um trágico caso em que atendeu uma mulher baleada e grávida. Como as chances de vida da mulher eram quase nulas ele, no chão do hospital, acabou fazendo o parto da criança prematuramente, para que ao menos essa vida pudesse ser salva. Não foi um raciocínio frio, foi um instinto revelador de grande poder pessoal.

Descubra seu Poder Interior!

Pessoas que descobrem e exercem seus poderes se sentem à vontade consigo mesmas sempre. Elas se veem preparadas em qualquer situação, especialmente as mais inesperadas – vejam que eu disse que elas se veem preparadas, o que é muito diferente de dizer que elas estão preparadas. Nesse caso podemos entender que o poder é um encontro com o nosso Ser maior, nosso self, e do encontro deste com o self maior, o self planetário ou universal.

Isso nos mostra que nossos poderes pessoais devem estar sempre a serviço do outro e do mundo. “Aqueles que aspiram à grandeza, a se tornarem eles mesmos super-heróis, precisam também aceitar maiores responsabilidades. Precisam entender essa ligação fundamental entre o self individual e o self planetário. Isso sem dúvida é um fardo, mas também a fonte de grande poder e uma oportunidade de mudar consciências.”

Usando o exemplo do Demolidor, os autores discutem como nos super-heróis é muito clara a relação entre seus sentidos e seus poderes. No caso do demolidor, ele era um homem que ao salvar uma pessoa de um atropelamento sobre um ferimento e perde a visão. Tendo perdido esse sentido primordial ele desenvolve todos os demais, elevando seus poderes a um nível extraordinário.

Dessa feita, o Demolidor se vê fora do círculo do “ver para crer”, pois a partir de então tudo lhe passa a ser desconhecido. Contudo, seu poder se revela quando ele passa a compreender a verdadeira mecânica do universo e a se conectar a ele. Nesse ponto a falta da visão acaba por ser superada e seus poderes florescem.

Encerramos a abordagem sobre a Lei do Poder dizendo que “o verdadeiro poder não pertence a você ou a mim. Não pode ser contido no corpo de um único ser, nem há como deparar com ele seguindo alguns poucos passos padronizados. Ele flui por meio de nós quando estamos conectados, ligados à fonte.”.

E você, já descobriu seu poder interior? Compartilhe sua opinião!

Comments

comments

O que é coaching

Baixe o
e-book
gratuito

Conheça a metodologia que vai mudar sua vida. Acelere o seu sucesso!