Voltar

Teoria das Relações Humanas e o Relacionamento entre Chefe e Líder

Publicado em | 0 comentários
Teoria das Relações Humanas

ESB Professional’s/Shutterstock Veja como a Teoria das Relações humanas impacta no papel do chefe e do líder

A teoria das relações humanas começou a ser implementada e difundida no ano de 1929, após o episódio marcado pela grande depressão onde a bolsa de valores de Nova York foi à ruína. Ela transformou as relações de trabalho a partir do momento em que se passou a encarar os trabalhadores como seres sociais e não apenas “máquinas de trabalho”.

A partir desta teoria as decisões organizacionais passaram a levar em conta os profissionais, seus comportamentos, anseios e necessidades para que as atividades organizacionais sejam exercidas. Ou seja, uma maneira de humanizar as empresas e organizações.

As preocupações com os aparelhos e máquinas deram então espaço para a preocupação com os funcionários da empresa com o intuito de manter cada vez mais eficiência e eficácia nos negócios. Esta teoria desencadeou o surgimento de ciências ligadas à Psicologia e que foram divididas em duas fases:

Verificação do trabalho e adequação do profissional – Nesta fase eram estudados e avaliados todos os aspectos e traços pessoais que cada função ou cargo exigia de seus colaboradores.

Adequação do trabalho ao funcionário - Nesta fase o centro dos estudos foi a personalidade de cada profissional e seus líderes bem como quais seriam suas reais motivações.

Teoria das Relações Humanas e a Pirâmide de Maslow

Atualmente a teoria das relações humanas tem um papel importantíssimo no relacionamento entre chefe e líder e seus liderados. Isso porque os líderes passaram a enxergar seus subordinados como parte fundamental para o desenvolvimento de qualquer organização.

Neste sentido, passaram a priorizar as necessidades físicas, psicológicas e sociais e as incorporaram às necessidades presentes na Pirâmide de Maslow a fim de desenvolver e reter profissionais cada vez mais motivados, preparados e comprometidos com o bem comum das empresas e organizações.

Sendo assim, passaram a oferecer remunerações condizentes e adequadas ao cargo e ao mercado, além de jornadas de trabalho satisfatórias e humanas relacionadas às necessidades fisiológicas; ambientes seguros, seguros de vida e planos de saúde e, em alguns casos, de aposentadoria relacionadas as necessidades de segurança; bom relacionamento entre líderes e suas equipes bem como um ambiente harmônico e equilibrado relacionado às necessidades sociais; processos de reconhecimento relacionadas às necessidades de auto estima e premiações e bonificações relacionadas a necessidade de auto realização.

E você, consegue ver um pouco da teoria das relações humanas presente no seu ambiente de trabalho? Deixe o seu comentário e contribua com o conhecimento!

Comments

comments

O que é coaching

Baixe o
e-book
gratuito

Conheça a metodologia que vai mudar sua vida. Acelere o seu sucesso!