Voltar

A síndrome de profissionais em falta no mercado

Publicado em | 0 comentários

Os empresários tem passado por dificuldades para encontrar mão de obra qualificada, em diversos segmentos de trabalho. Saiba mais sobre esse problema em meu artigo | Créditos da imagem – Depositphotos – Autor: svlumagraphica

Os empresários têm passado por dificuldades para encontrar mão de obra qualificada, em diversos segmentos de trabalho, e o resultado disso é uma redução nas exigências para a contratação e, consequentemente, aumento dos gastos com treinamentos e retenção de talentos.

O exemplo do mercado de tecnologia da informação e comunicação

O mercado de tecnologias da informação e comunicação – TIC, vem passando por sérios problemas de carência de mão de obra e ainda ficará mais difícil. Quem afirma é a consultoria independente IDC, que realizou o estudo “Habilidades em Redes e Conectividade na América Latina” (Networking Skills Latin America), no qual examinou a disponibilidade de profissionais aptos a exercer atividades de TIC, entre 2011 e 2015, em oito países: Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Costa Rica, México, Peru e Venezuela. O estudo demonstrou que no Brasil a demanda por esse tipo de mão de obra vai superar a oferta em até 32% no ano de 2015, o que pode chegar a uma brecha de até 117.200 trabalhadores.

As razões do problema

Grandes empresas de nosso país apontam as principais causas do problema. São elas:

Escassez de profissionais capacitados

A falta de mão de obra qualificada é a razão mais citada pelas empresas, que afirmam que as pessoas não atendem às exigências do cargo, defasando a produtividade da organização.

Deficiência na formação básica

Segunda razão mais citada, a deficiência na formação básica é percebida na dificuldade de operar de mecanismos simples e realizar contas mentalmente, por exemplo.

Descrédito do ensino técnico

O desprestígio do ensino técnico gerou um grande déficit de mão de obra para o mercado. Técnicos e operários estão entre os cargos mais difíceis de serem ocupados. Para tentar solucionar o problema o governo federal vem investindo mais em ações como o Programa Nacional de acesso ao ensino técnico e emprego – Pronatec.

Estratégias para se adequar ao problema

Treinamento dentro da organização

Na busca por alternativas para se adequar ao problema de profissionais em falta no mercado, empresários tem aderido à prática de treinar, cada vez mais, seus colaboradores desde muito cedo, através de programas de estágios e trainee.

Retenção a todo custo

Se está difícil contratar é preciso valorizar os que já trabalham na empresa. As políticas de incentivo e de retenção nas empresas estão cada vez mais elaboradas e provem aos trabalhadores diversos benefícios, pecuniários ou de outro tipo.

 

Gostou do meu artigo? Comente e compartilhe esse conteúdo com seus amigos.

Comments

comments

O que é coaching

Baixe o
e-book
gratuito

Conheça a metodologia que vai mudar sua vida. Acelere o seu sucesso!