Voltar

Série Os Ativadores Mentais – Dor

Publicado em | 0 comentários
dor

G-stockstudio/Shutterstock A dor é um ativador mental que liga o nosso senso de autopreservação

No Pain. No Gain – Sem Dor, Sem Ganho. Isso é o que diz um famoso ditado, mas será mesmo que precisamos sentir dor para evoluir? Com certeza, eu e nem você, como também a maioria das pessoas não gosta de sentir dor. Todo mundo deseja estar bem, sentir os prazeres da vida e não ter que se preocupar com onde o calo lhe aperta.

Este é um sentimento e um desejo de autopreservação perfeitamente natural, pois o ser humano busca sempre evitar a dor e alcançar um estado, que se não for de deleite, que seja pelo menos neutro, ou seja, sem dor nenhuma.

A Atuação do Ativador Mental da Dor

A dor é um poderoso ativador mental porque liga em nós um alerta que nos faz agir para eliminar o foco de nosso sofrimento, seja ele físico ou mental. É certo que algumas pessoas têm mais dificuldade em reconhecê-la, porém, mais cedo ou mais tarde, a dor fará você tomar alguma atitude para eliminá-la de vez.

Não é a toa que as pessoas, ao redor do mundo, buscam todo o tipo de remédios e, fazem tanta automedicação, visando acabar com qualquer tipo de incomodo momentâneo ou persistente.  Ninguém gosta de sofrer, esta é a verdade! E mesmo que nem sempre não sentir dor seja sinônimo de sentir prazer, saber que não há nenhum sofrimento desta natureza ajuda a nos sentirmos mais seguros e equilibrados, por exemplo.

Mas claro; o que dói em mim não dói em você e vice-versa. E, às vezes, uma dor que uma pessoa não é capaz de suportar é perfeitamente tolerável ou indolor para outro. Cada um tem seu limite, esta que é a verdade.

Estamos falando aqui de dor e prazer, no sentido prático, físico até. Mas na verdade outros tipos de dores que não são físicas, mas que também podem nos incomodar muito. Por exemplo:

  • A dor de querer crescer na carreira e não saber como;
  • A dor de não conseguir se relacionar positivamente com sua família;
  • A dor de não conseguir manter uma relação amorosa estável;
  • A dor de não lidar bem como o próprio corpo e ter baixa estima;
  • A dor de não conseguir perdoar que lhe magoou e feriu;
  • A dor de não conseguir superar suas perdas e arrependimentos;
  • A dor de querer fazer sua empresa prosperar e crescer e não ter sucesso nesta missão e por ai vai…

As dores são muitas, e estes são apenas alguns exemplos, de como elas impactam nossa vida e os nossos resultados em todos os sentidos. Mas ser de luz sabe o que é mais interessante?

Ninguém, a não ser que seja muito sádico, gosta de sentir dor. Todos nós queremos ter o prazer das grandes realizações, dos grandes momentos e estar bem. Portanto, embora a dor nos tire a paz, nos cause muitos transtornos, ela também nos faz agir, nos faz crescer e buscar soluções para os nossos problemas.

Se tiver dor é porque tem insatisfação, se tem insatisfação é porque algo precisa ser resolvido já. Ninguém precisa sofrer e muito menos deixar que as suas dores mal resolvidas atrapalhem o seu sucesso. Então, quando o seu ativador mental da dor estiver ligado, ouça seus sinais e busque eliminar qualquer foco de desequilíbrio em sua vida.

Se de luz, você não precisa sofrer! Se, sente-se perdido ou incapacitado, pare e pense, por um minuto, no quanto sua vida seria infinitamente melhor sem os seus dilemas atuais. Seria muito melhor, não é mesmo?

Faça sua Parte e Aja para Eliminar a Dor

Não seja refém da dor! Não arraste correntes ou problemas, se tá incomodando, não espere sua dor virar uma bola de neve e engolir você.  Utilize este ativador mental de autopreservação a seu favor e a partir de hoje, deste exato momento, comece a trabalhar para eliminar pelo menos três dores que estão atrasando a sua vida.

Não sabe como fazer? Vamos lá, eu vou te ajudar. Pegue um papel e caneta ou escreva ai no bloco de notas do seu computador ou celular, quais são as 3 dores que você deseja eliminar definitivamente de sua vida.

Em seguida, como eu sei que dentro de você estão as respostas para estes dilemas, eu quero que coloque na frente de cada dor a solução que você acredita que pode resolver seu problema e também um prazo para isso (um dia, uma semana, um mês, seis meses, um ano). E então programe sua mente para vencer estes desafios e superar estes obstáculos que estão te impedindo de ser mais feliz ou mais bem – sucedido pessoal e profissionalmente.

Quando falamos não há dor sem ganho; é disso que eu quero falar. A dor, por pior que seja, pode ser ressignificada, transformada em algo positivo e em aprendizado que nos ajude a evoluir. Com ela também ganhamos mais autoconhecimento, expandimos nossa visão sobre o mundo e as pessoas e podemos encontrar e revelar uma força interior que nem sabíamos que tínhamos. Maravilhoso, isso é autopreservação e crescimento!

Então, não deixe suas dores serem maiores que os seus sonhos, suas metas e objetivos e o seu desejo de ir além em sua carreira, com sua família, seus filhos, nos seus relacionamentos e na sua vida. Que a dor não vire um sabor amargo, mas um sabor ressignificado, que te faz superar seus limites e vencer qualquer obstáculo, pois eu sei: você é forte e capaz e merece ser feliz.

Acredite nisso e deixe que a dor seja apenas uma parte normal de sua vida e que a alegria sim seja sempre o estado atual mais presente em seu dia a dia. Permita-se!

Comments

comments

O que é coaching

Baixe o
e-book
gratuito

Conheça a metodologia que vai mudar sua vida. Acelere o seu sucesso!