SCRUM x PMO: Qual Utilizar?

Por: José Roberto Marques | Blog | 22 de julho de 2016
Scrum e PMO

Bloomua/Shutterstock O Scrum e PMO são ferramentas de gestão de projetos importantes para as empresas

Quando falamos nos modelos Scrum e PMO, sempre há certa dúvida sobre qual o melhor mecanismo quando o assunto é a gestão de projetos. Entretanto, embora ambos possam ser utilizados com este foco, cada método tem suas especificidades e são usados de diferentes formas também.

O Scrum, por exemplo, é uma metodologia muito utilizada na criação, planejamento, desenvolvimento e gerenciamento de projetos de softwares de tecnologia. Por meio dele, é possível definir quais são os papéis de cada profissional nos empreendimentos, datas, prazos, recursos financeiros, cronograma, estrutura de trabalho e os responsáveis por gerenciar tudo isso, que neste caso, é o Product Owner.

Já o PMO, que é o Project Management Office, é o departamento da empresa responsável por dar subsídio e ajudar a gerenciar e executar todos os projetos da organização. Liderado por um gestor de projetos, o foco aqui é viabilizar suas ideias, colocar em ação seus planejamentos estratégicos e não deixar que iniciativas importantes se percam por falta de uma administração efetiva.

Este gerenciamento mais próximo e especializado é essencial para que o cronograma de trabalho de um projeto seja cumprido, os recursos alocados e para que o desempenho da equipe seja mais produtivo. Além disso, ao implementar o PMO, a instituição reforça o foco no alcance de suas metas e objetivos de curto, médio e longo prazo e potencializa suas chances de ter sucesso em suas empreitadas.

Scrum e PMO

Conhecendo um pouco melhor o objetivo da aplicação destas duas ferramentas de gestão de projetos, podemos dizer que cada uma atende a empresa de modos diferentes. Quando a intenção é desenvolver projetos de tecnologia, o Scrum se destaca por ser uma solução feita exatamente para isso. Por outro lado, quando a intenção é fazer um gerenciamento dos projetos de forma mais sistêmica, o PMO é o mais adequado, pois abrange todas as áreas.

Ainda assim, outro ponto importante que eu quero destacar é que independente do método, a empresa deve compreender que, ao implantá-los, deve estar ciente de que precisa conscientizar seus colaboradores, organizar seus processos e alinhá-los aos objetivos estratégicos. Isso é importante para que todos os departamentos se beneficiem e os projetos possam realmente ser implementados com sucesso.

Por tudo isso, podemos dizer que, independente do modelo escolhido, com certeza, Scrum e PMO são poderosas alternativas para ajudar a criar, planejar, organizar e gerenciar seus projetos e torná-los realidade. Escolha o seu e boa sorte!