Voltar

Reflexões sobre o Lado Positivo da Separação

Publicado em | 0 comentários
Separação

Dean Drobot/Shutterstock A separação é um momento delicado, mas também uma oportunidade de recomeço

O anúncio da separação de William Bonner e Fátima Bernardes causou maior alvoroço dentro e fora da internet. Depois de 26 anos juntos, o casal decidiu colocar um fim em seu casamento, notícia que pegou todos de surpresa e que trouxe uma série de questionamentos, lamentos e memes.

Com o fim da união de dois dos apresentadores mais queridos da televisão brasileira, a quem acompanhamos há muitos anos, muitas pessoas disseram inclusive não acreditar mais no amor. Um exagero, pois antes de acreditar no amor do outro, temos que construir e crer no nosso amor e fazer nossa parte par que ele seja bom.

O assunto rende, porém não vim aqui debater sobre o término de William e Fátima. Peguei este gancho apenas porque gostaria de falar sobre relacionamento e mostrar como, às vezes, até mesmo uma separação pode ser positiva.  Continue lendo e entenda melhor!

Quando a Separação é Positiva

Dias atrás li uma história de uma mulher que contava que estava há oito anos com o namorado, então noivo e, que na véspera do casamento, um dia antes, descobriu que ele a estava traindo. No primeiro momento aquilo foi um grande baque para ela, pois depois de tanto tempo juntos, não esperava passar por isso. Por outro lado, ela também dizia que sabia que aquele relacionamento não a fazia feliz, que estava numa zona de conforto e totalmente acomodada com aquela rotina de anos juntos, que mesmo assim preferiu casar a dar um fim à relação.

A traição, com certeza, não foi o melhor meio de encerrar seu noivado, às vésperas de subir ao altar. Mas olhando pelo lado positivo, foi o que deu a ela a coragem de fazer o que já deveria ter sido feito há muito tempo, pois mesmo infeliz na relação, eles decidiram dar um passo adiante ao invés de se libertar.

E olha só que desfecho surpreendente, mesmo ainda descrente do amor, pouco tempo depois, durante uma viagem, ela encontrou uma pessoa com quem, desde o primeiro momento, teve forte empatia, afinidade e fez grande rapport de alma. Hoje, ela está casada com esse homem, feliz e construindo uma nova história.

Este é um exemplo de como uma separação pode trazer coisas positivas para a vida da pessoa também. Eu entendo perfeitamente que nem sempre tudo termina de forma pacífica, pois não somos programamos para sermos traídos, trocados, abandonados, enganados por uma pessoa com a qual dividimos nossa vida, aceitar, perdoar e ponto final. Na vida real não é bem assim!

Não é Porque Acabou que Não Deu Certo!

Outro ponto importante que quero ressaltar também é que os casais não se separam apenas por motivos ruins. Ás vezes, depois de anos juntos, é natural que haja certo desgaste, que as pessoas queiram coisas diferentes, que façam novos planos tenho novos sonhos e que nem sempre consigam seguir juntas.

Isso não quer dizer, porém que a sua relação, que o seu casamento não tenha dado certo, deu certo até onde foi. Depois, são outros quinhentos. Por isso mesmo, gosto muito de um trecho de um texto do Arnaldo Jabor que diz exatamente isso. Veja só:

Detesto quando escuto aquela conversa:
– Ah, terminei o namoro…
– Nossa, estavam juntos há tanto tempo…
– Cinco anos… que pena… acabou…
– é… não deu certo…
Claro que deu! Deu certo durante cinco anos, só que acabou. E o bom da vida, é que você pode ter vários amores.”

Quando entendemos que a vida é feita de ciclos e que eles não acontecem por acaso, conseguimos compreender melhor onde estamos e porque tudo está acontecendo. Uma separação, sem dúvida, é um momento difícil, delicado, porém também uma oportunidade de recomeço, de se conhecer melhor, de fazer coisas diferente, de se dar uma nova chance e de ser feliz de um novo jeito.

Os ex-casais que entendem o fim por esta perspectiva, são aqueles que se tornam grandes amigos e que levam o respeito, amor e a cumplicidade para além da sua vida conjugal.

Voltando ao nosso gancho inicial, também podemos dizer que claro, o casamento de Fátima e William deu muito certo. Eles sempre inspiraram a todos pela forma carinhosa como se tratavam, passaram valores positivos, são pessoas muito queridas e respeitadas pessoal e profissionalmente, tem uma família maravilhosa e, não é porque eles decidiram se separar; que esta admiração vai mudar. Desacreditar no amor então, nem pensar!

Não podemos fazer nada além de torcer por eles, e aqui de fora, onde tudo realmente acontece; cuidar melhor dos nossos próprios relacionamentos afetivos, de nossas emoções, sentimentos, estar atentos ao que sentimos; dizemos e fazemos e buscar amadurecer. Digo isso porque uma relação a dois só pode ser sucesso quando nós mesmos já somos completos.

Pense nisso, construa sua felicidade em bases sólidas, e conte, em primeiro plano, consigo mesmo para ser feliz!

 

Comments

comments

O que é coaching

Baixe o
e-book
gratuito

Conheça a metodologia que vai mudar sua vida. Acelere o seu sucesso!