Voltar

Qual a diferença entre motivação intrínseca e extrínseca?

Publicado em | 0 comentários

© Depositphotos.com / iofoto Motivação é a força que impulsiona o indivíduo a movimentar-se em direção a seus objetivos.

Motivação é a força que impulsiona o indivíduo a movimentar-se em direção a seus objetivos. O ser humano precisa se sentir motivado para fazer as atividades simples do cotidiano. É indispensável, portanto, estar atento a o que estimula essa sensação de motivação.

Este sentimento de motivação e engajamento pode ser despertado de diversas formas, que podem ser divididas entre motivação intrínseca e extrínseca. Confira abaixo o que significa cada uma delas:

Motivação Intrínseca

Trata-se da motivação que depende exclusivamente do indivíduo, e está diretamente ligada a seus sentimentos, gostos, prioridades, desejos e outros estímulos relacionados às questões internas.

Podemos também dizer que é a capacidade de se automotivar, uma habilidade determinante para o desenvolvimento contínuo do indivíduo. Nesse sentido, o autoconhecimento é fundamental para compreender claramente o que o impulsiona e gera energia para concretizar seus objetivos.

Motivação Extrínseca

A motivação extrínseca é bastante utilizada pelas empresas como forma de manter os funcionários engajados. Trata-se da motivação relacionada por estímulos ambientais, que vêm de fora para dentro. Um bom exemplo de motivação extrínseca é um sistema de compensação, em que é concedida uma premiação ou benefício a partir do alcance de um resultado positivo ou execução de uma tarefa específica.

Esses dois tipos de motivação devem andar lado a lado. Se um colaborador sempre entrega o melhor de si e não é reconhecido, sua capacidade de automotivação vai ficando fragilizada — pois uma das necessidades básicas do indivíduo é se sentir reconhecido. O contrário também acontece: quando a empresa investe em campanhas de reconhecimento e premiação, mas o colaborador não se dedica ao trabalho, a organização entende que ele não está interessado.

Lembre-se: o ideal é sempre o equilíbrio!

Gostou deste artigo? Comente e compartilhe o conhecimento com seus amigos!

Comments

comments