Voltar

Quais são as principais qualidades profissionais que as empresas buscam no funcionário

Publicado em | 0 comentários
equipe de funcionários

© Depositphotos.com / londondeposit Comprometimento, comunicação assertiva, bom relacionamento, resiliência e capacidade de adaptação são algumas das qualidades mais procuradas pelas empresas.

Embora não exista nenhum profissional perfeito e possuidor de todas as competências consideradas ideais pela empresa, existem algumas habilidades técnicas e comportamentais que são consideradas indispensáveis por todas as organizações.

Cada empresa elege o conjunto de habilidades que são necessárias aos seus contratados. Algumas podem até ser mais flexíveis, mas é fato que as palavras de ordem do mercado de trabalho são qualificação e adaptação, independentemente do perfil e ramo de atuação da organização.

Qualidades profissionais mais valorizadas pelas empresas

Comprometimento – Profissionais que mostram dedicação e “vestem a camisa” da empresa são considerados fundamentais. Isso porque, além de demonstrarem vontade de contribuir e se dedicarem com afinco, geralmente inspiram e motivam seus colegas a fazerem mesmo;

Comunicação assertiva – Colaboradores com boa comunicação, que articulam com clareza suas ideias, têm o poder de argumentação e conseguem transmitir os seus conhecimentos em todos os níveis e a todos os públicos, são fundamentais. Entretanto, é preciso ficar atento para não exceder-se e acabar tirando a oportunidade de outra pessoa com perfil mais prolixo;

Bom relacionamento interpessoal – Problemas relacionados à convivência no trabalho são um dos principais empecilhos para o trabalho em equipe e a construção de resultados. Pessoas que têm facilidade em se relacionar e lidam bem com diferentes formas de agir e pensar — o que chamamos de Inteligência Social — são fundamentais;

Capacidade de Adaptação – Com as constantes mudanças sociais, econômicas e organizacionais, as empresas buscam cada vez mais profissionais que estejam preparados para lidar com elas e que saibam transformar os momentos de crise em oportunidades de inovação e crescimento;

Resiliência – Para lidar com as frustrações, momentos de dúvida e dificuldades causados por algum problema na empresa ou com o relacionamento entre colegas e gestores, o funcionário precisa ter inteligência emocional. Isso significa não sucumbir às dificuldades e tampouco perder uma grande oportunidade de crescimento profissional. Lembre-se de que a empresa também não deseja perdê-lo para o primeiro desafio que aparecer. Seja forte!

Aprimoramento contínuo – Profissionais que buscam atualizar seus conhecimentos e incorporar novos (por meio de cursos, treinamentos, formação em Coaching, palestras e leituras) evidenciam um perfil diferenciado e muito procurado pelas organizações. Este tipo de colaborador tem o conhecimento como um aliado a seu crescimento e, além de potencializar seus resultados, colabora para o aprendizado e desenvolvimento dos colegas;

Equilíbrio emocional – O equilíbrio emocional não significa indiferença, mas saber lidar com as próprias emoções nos momentos de crise e incertezas sem deixar que isso abale sua produtividade e comprometa os seus resultados. Pressão, cobranças, acúmulo de funções, excesso de trabalho podem aumentar significativamente o nível de stress. Por isso, é essencial saber controlar e lidar com os sentimentos, sejam eles nocivos ou positivos, aprendendo a usá-los em seu favor;

Liderança – Nem todos os colaboradores serão líderes. Mas é certo que, em algum momento, todos terão que assumir posturas e decisões comuns aos gestores. É este perfil de liderança que as organizações desejam. Seja proativo e crie suas oportunidades de mostrar à empresa suas habilidades no trato com as pessoas e na resolução de problemas. Isso o ajudará a escalar mais um degrau rumo aosucesso profissional.

Formação em Coaching – A formação em Coaching oferece conhecimento técnico e prático sobre as ferramentas, técnicas e métodos, proporcionando ao profissional maior autoconhecimento, além da oportunidade de identificar e eliminar pontos que precisam de melhoria e potencializar competências e habilidades.

Por meio do Coaching, o profissional consegue ampliar seus horizontes, melhorar seus comportamentos e criar um ambiente mais equilibrado. E o que é ainda melhor: tanto um Coach como um Líder Coach conseguem utilizar e aplicar em seu dia a dia os conhecimentos adquiridos durante a formação, impactando positivamente em todos a seu redor.

E você, quais competências possui desta lista? E quais são as que ainda precisa desenvolver? Deixe seu comentário!

Comments

comments

O que é coaching

Baixe o
e-book
gratuito

Conheça a metodologia que vai mudar sua vida. Acelere o seu sucesso!