Voltar

Quais são os perigos das redes sociais para empresas?

Publicado em | 0 comentários
homem mexendo em logo de rede social

© Depositphotos.com / aa-w Uma vez que a internet oferece bastante interação e rapidez, é imprescindível que as empresas estejam atentas à sua imagem no universo virtual.

Construir uma imagem organizacional de notoriedade e influência requer diversos cuidados, que vão desde o desenvolvimento do conceito institucional, da identidade visual, até a elaboração de estratégias e ações que façam bom uso dos recursos disponíveis para o fortalecimento da marca.

O segundo passo para manter a credibilidade do empreendimento é a manutenção de sua imagem, que está fortemente ligada aos colaboradores que a integram. Proporcionar boas experiências ao consumidor nas oportunidades de contato, por exemplo, maximiza seu impacto positivo junto ao mercado.

Nesse sentido, é fundamental que o cliente receba a atenção necessária durante o atendimento ou venda de um produto/serviço. Além disso, a empresa deve manter uma boa relação com o consumidor, oferecendo acompanhamento e suporte pós-venda, solucionando problemas de maneira pontual.

Com estas ações, o cliente se sente valorizado e estreita seu vínculo com a organização, se tornando fiel à marca e passando a indicá-la para seus contatos. Esse é um tipo de propaganda que ocorre de maneira natural, uma vez que a tendência é compartilhar boas experiências.

Redes sociais para empresas

Em tempos de era digital, em que há bastante oportunidade de interagir e trocar informações rapidamente, é imprescindível que as empresas estejam atentas à sua imagem no universo virtual.

As redes sociais são hoje um dos principais meios de comunicação e expressão de opinião. Nesse sentido, é imprescindível se atentar a dois públicos: interno (colaboradores) e externo (clientes).

Público interno – Colaboradores

A partir do momento em que um profissional se torna integrante da organização, ele passa automaticamente a representá-la. Portanto, é necessário que ele tome cuidado com o conteúdo de suas postagens, sempre avaliando previamente se aquilo que está sendo compartilhado pode gerar impressões errôneas que possam venham a prejudicar a imagem da empresa.

Por isso, é fundamental que a organização ensine a seus funcionários a importância da postura e comportamento adequado nas redes sociais, mostrando como a utilização adequada destes recursos contribui para a construção de uma imagem forte, positiva e influente para a instituição e para o próprio colaborador.

Público Externo – Clientes

Hoje em dia, o consumidor recorre cada vez mais às redes sociais para manter seu relacionamento com as marcas. É por meio da internet que os clientes se tornam formadores de opinião, expondo publicamente seu contentamento ou suas insatisfações com as empresas.

Para que não ocorra disseminação de conteúdo negativo, é preciso que a empresa se prontifique para solucionar os problemas apresentados pelo cliente.

Confira algumas dicas para gerenciar uma crise de comunicação na rede social:

– Os usuários da internet são imediatistas. Portanto, sempre se posicione com agilidade e prontidão;

– Conte com profissionais especializados, como social media ou assessor de comunicação;

– Seja sempre conciso, objetivo e transparente;

– Utilize linguagem coerente ao perfil do cliente para que a comunicação seja claramente compreendida.

As redes sociais, se bem utilizadas, são excelentes ferramentas de comunicação direta e de relacionamento com o cliente, favorecendo a consolidação da marca.

Este artigo foi útil para você? Comente e compartilhe o conhecimento em suas redes sociais.

Comments

comments

O que é coaching

Baixe o
e-book
gratuito

Conheça a metodologia que vai mudar sua vida. Acelere o seu sucesso!