Voltar

A psicologia do desenvolvimento e da aprendizagem

Publicado em | 0 comentários

© Depositphotos.com / tankist276 A psicologia do desenvolvimento e da aprendizagem é um campo da Psicologia que estuda o desenvolvimento físico-motor, afetivo-emocional, intelectual e social da infância até a vida adulta.

A psicologia do desenvolvimento e da aprendizagem é um campo da Psicologia que estuda o desenvolvimento físico-motor, afetivo-emocional, intelectual e social da infância até a vida adulta. Esta abordagem compreende, ainda, as mudanças comportamentais pelas quais passamos ao longo dos anos, e o entendimento das próprias origens.

Será que já nascemos prontos ou vamos acumulando experiências, de acordo com o momento da vida e o nosso grau de entendimento? Nosso desenvolvimento ocorre por meio do acúmulo contínuo de novos conhecimentos, de vivências práticas, ou é um caminho natural e inerente a tudo isso?

Estes são alguns dos questionamentos levantados pelos profissionais especializados nesta área. O acompanhamento das mudanças de comportamento que ocorrem ao longo de nosso processo evolutivo nos permite compreender melhor como nós somos em cada fase da vida.

Neste contexto, fica evidente a importância da Psicologia do Desenvolvimento Social como uma aliada para entender claramente como nos comportamos e lidamos com o nosso próprio processo de crescimento e amadurecimento físico, emocional e intelectual.

A Teoria dos Setênios

Aos sete anos, chegamos a nossa primeira idade escolar. Aos 14, é permitido termos a primeira experiência profissional, como menor aprendiz. Aos 21, chegamos à maioridade penal e somos considerados adultos. Você já havia parado para pensar que estes ciclos marcam diferentes e importantes fases de nossa vida, e que ocorrem a cada sete anos?

Pois é justamente isso que defende a Teoria dos Setênios, desenvolvida pelo filósofo e educador austríaco Rudolf Steiner, criador da Medicina Antroposófica. Steiner defende que, a cada setênio, passamos por novas mudanças que evidenciam novos interesses, novas emoções, comportamentos e necessidades.

Fases da Teoria dos Setênios

0 a 7 anos: O Ninho. Integração entre características natas e hereditárias;

7 a 14 anos: Incorporação dos valores e das mudanças físicas, características da puberdade;

14 a 21 anos: Conflito de Identidade (Puberdade e Adolescência);

21 a 28 anos: Novas experiências e desafio aos limites / Conflito dos talentos;

28 a 35 anos: Fase de Consolidação Profissional;

35 a 42 anos: Conflito Existencial – Surgem os questionamentos: Qual é a minha missão na terra? Qual o sentido da vida que estou levando? Sou Feliz? Qual será o meu legado? O que estou construindo?;

42 a 49 anos: Doação ao próximo e necessidade de expandir os horizontes;

49a 56 anos: Autoconhecimento;

56 a 63 anos (e adiante): Desapego/ Sabedoria / Arte/ Espiritualidade.

Antroposofia

A Antroposofia é um conceito complexo e profundo, que demanda um entendimento maior de um conceito que parece contraditório: a Ciência Espiritual, que compreende a revelação do “Divino” que habita em cada um de nós, mas não está claramente manifestado.

Em resumo, a Antroposofia defende que Deus é a ligação do homem com o mundo espiritual. Entretanto, só é possível entender, perceber e viver isso verdadeiramente quando nos dispomos a acessar o nosso eu interior e conhecê-lo plenamente.

E você, em qual fase da Teoria dos Setênios está? E como tem se conectado com o “Divino” que habita em você? Compartilhe!

Comments

comments

O que é coaching

Baixe o
e-book
gratuito

Conheça a metodologia que vai mudar sua vida. Acelere o seu sucesso!