profissoes-promissoras

Profissões Promissoras Para 2018

Por: José Roberto Marques | Blog | 09 de janeiro de 2018

A cada novo ano surge novas oportunidades de carreiras, que são criadas de acordo com as demandas do mercado e da sociedade. Se você está na fase de escolher qual profissão seguir ou deseja mudar de área, aproveite o início do ano para colocar os seus planos em prática. Para tomar uma decisão inteligente é necessário considerar, principalmente, os seus gostos pessoais, talentos, sonhos e habilidades. Contudo, saber quais são as profissões promissoras do momento pode te ajudar a descobrir novas oportunidades.

Profissões Promissoras Para o Ano Novo

Veja quais são as profissões que prometem se destacar no novo ano de 2018. Assim, poderá analisar cada uma delas e encontrar aquela que mais tenha relação com o seu perfil.

Coach Profissional

Uma das carreiras mais promissoras dos últimos anos e que também será destaque em 2018 é a de coach profissional. do Brasil, formando mais de 25 mil coaches.Não por acaso, todos os profissionais podem se tornar coaches e aproveitar suas especialidades, formações e suas experiências para auxiliar pessoas e empresas a conquistarem seus resultados extraordinários.

Os processos de Coaching podem ser realizados individualmente, sendo aplicados em pessoas e profissionais com foco em seu desenvolvimento técnico, emocional e comportamental para o alcance de metas e objetivos de forma rápida e organizada. Também é realizado coletivamente, no chamado Coaching em Grupo, modalidade mais utilizada pelas organizações para desenvolver suas equipes e líderes.

Para atuar como coach é necessário fazer uma formação em Coaching, que é um treinamento específico como o Professional &Self Coaching – PSC, onde o aluno aprende tudo sobre a profissão, nichos de mercado e como aplicar métodos, técnicas e ferramentas para auxiliar seus clientes. Neste sentido, não poderia deixar de destacar o PSC, desenvolvido pessoalmente por mim, que se tornou o melhor curso de Coaching.

Analista de Mídias Sociais

Que as redes sociais estão fazendo cada vez mais parte das nossas vidas você provavelmente já sabe. Contudo, o que nem todos têm conhecimento é que elas podem oferecer ótimas oportunidades de carreira. Os Analistas de Mídias Sociais são profissionais que gerenciam perfis de empresas, criando postagens, interagindo com os consumidores e criando engajamento.

Para seguir nessa carreira é desejável ter formação em cursos como Publicidade e Propaganda, Marketing ou Comunicação Social. Além disso, ter uma especialização em redes sociais pode fazer com que o seu currículo se destaque em meio aos outros. O profissional pode trabalhar tanto como funcionário de uma agência ou por conta própria, como freelancer ou empreendedor digital.

CFO (Chief Financial Officer ou Diretor Financeiro)

O setor financeiro é o coração de uma empresa e, por isso, deve ser gerido por um profissional capacitado e experiente. Muitas organizações brasileiras, após passarem por momentos delicados em se tratando das finanças, viram no CFO a salvação para se reestruturarem e, assim, conseguirem reduzir custos e saldar dívidas.

Para seguir essa carreira é necessário ter formação em áreas como Administração de Empresas, Engenharia, Contabilidade ou Economia. É bastante comum que sejam profissionais com experiência em setores como controladoria ou auditoria. Aqueles que já trabalharam em bancos também são bastante requisitados.

Gerente de Vendas

Cada vez mais empresas estão se valendo do trabalho de consultores para comercializar os seus produtos ou serviços. Com isso, se torna necessário ter profissionais que realizem treinamentos e gerenciem as equipes, para que estejam preparadas para agir de acordo com a cultura da organização e bater todas as metas estabelecidas.

Para se tornar um Gerente de Vendas, é importante ter experiência como: vendedor, preferencialmente do segmento em questão. Ter conhecimentos de gestão de recursos humanos também se faz necessário, uma vez que terá contato direto com a equipe e precisará saber lidar com os mais diferentes perfis de profissionais.

Cientista de Dados

As empresas armazenam uma grande quantidade de dados diariamente, que contam com informações relacionadas, principalmente, aos seus clientes, fornecedores e funcionários. Ter um profissional capaz de lidar com toda essa informação e canalizá-la da forma correta é fundamental para desenvolver soluções e adquirir vantagens competitivas em relação aos concorrentes.

O cientista de dados é um profissional que terá como principal função o gerenciamento das informações, com o objetivo de utilizá-los para aprimorar e desenvolver novos processos dentro da organização. Para seguir nessa carreira é necessário ser graduado em algum curso da área de TI e contar, também, com uma especialização em big data.

Desenvolvedor de Aplicativos

Quantos aplicativos você tem no seu celular? Tenho a certeza de que utiliza vários deles para realizar as mais diversas funções. Seja fazer compras, enviar mensagens ou organizar compromissos, os chamados Apps se tornaram essenciais em nossas vidas. Nesse sentido, os profissionais responsáveis por desenvolvê-los também se tornaram bastante requisitados no mercado.

Para se tornar um Desenvolvedor de Aplicativos é necessário ser graduado em Ciência da Computação, Engenharia da Computação ou Sistemas de Informação. Ter cursos focados no desenvolvimento de aplicativos no currículo é um diferencial que poderá destacá-lo no mercado.

Profissões Ligadas aos Cuidados Com Idosos

De acordo com pesquisas realizadas pelo IBGE, a população brasileira de idosos irá triplicar até o ano de 2050. Com isso, profissões relacionadas à geriatria, que é o nome dado à especialidade que aborda as doenças e outras questões relacionadas ao envelhecimento, estarão em alta em 2018 e, também, pelos próximos anos.

Médicos, psicólogos, gerontólogos e nutricionistas são alguns exemplos de profissionais que podem se voltar para os cuidados com os idosos, oferecendo atendimento focado nessa faixa etária. Além disso, áreas ligadas ao lazer e entretenimento, como esporte e turismo, por exemplo, podem se valer da grande quantidade de idosos no país para oferecerem opções específicas para eles e, assim, conquistarem essa parcela da população.

Gestor de Supply Chain

Supply Chain é o nome dado para o processo logístico de uma empresa, que pode iniciar na fabricação e contemplar até a entrega de um produto. Os profissionais especializados nesse processo começaram a ser mais requisitados especialmente por conta da crise financeira que assolou o Brasil, o que fez com que a busca pelo corte de custos se tornasse indispensável.

Para se tornar um Gestor de Supply Chain é necessário ter formação específica em Logística ou Engenharia e Administração de Empresas. Cursos de especialização em Supply Chain ajudam a deixar o currículo mais atrativo. Além disso, ter experiência em logística é fundamental para assumir um cargo de tanta importância dentro da organização.

Espero que as informações que compartilhei te ajudem a definir metas para decolar a sua carreira em 2018. Contudo, lembre-se de que o mais importante é considerar quais são as suas expectativas e paixões, pois isso é fundamental para se tornar um profissional bem-sucedido. Em caso de dúvida ou desejo de mudança, contar com o suporte de um coach profissional pode ser uma ótima oportunidade de se conhecer e descobrir os melhores caminhos para desenvolver todo o seu potencial infinito. Desejo um 2018 de muitas conquistas e sucesso profissional e pessoal para você!

Copyright: 779361805 – https://www.shutterstock.com/pt/g/bychykhin%20olexandr