Voltar

Principais teorias da motivação atuais

Publicado em | 0 comentários

Depositphotos.com / ridofranz As empresas então cada vez mais preocupadas em encontrar meios de motivar seus colaboradores.

O que faz com que você acorde todos os dias, e inicie suas atividades? O que te move? O que te incentiva? Seu trabalho te motiva?

Preocupados com essas questões, as empresas passaram a dar atenção às necessidades de seus colaboradores. Não apenas às básicas, que se encontram na base da pirâmide de Maslow — teoria muito conhecida sobre as necessidades dos seres humanos —, mas também à sua motivação e ao desenvolvimento de métodos que atendam aos anseios pessoais e profissionais.

Programas de treinamento e desenvolvimento são algumas excelentes opções para as organizações, bem como a adoção do Coaching como filosofia de gestão. Baseados em teorias motivacionais atuais, as estratégias das empresas visam extrair muito mais do profissional, além do seu conhecimento técnico.

Saiba quais são principais teorias de motivação atuais:

De acordo com Cecília Bergamini, a motivação é algo individual e que não pode ser induzida ou criada por ninguém a não ser a própria pessoa. Motivação é um aspecto comportamental, ligado diretamente à importância que cada um dá ao trabalho, bem como à auto-estima e auto-identidade.

Para Patrick J. Montana, a motivação é influenciada pela idade do indivíduo e pelas circunstâncias e fases da vida a qual a pessoa está passando, além do ambiente em que ela está inserida, situação financeira e estabilidade.

Já Stephen Robbins afirma que a motivação é a responsável pelo esforço e para onde ele será direcionado, e como fará para mantê-los. Sendo uma força interna e externa

Estratégias de motivação

As organizações hoje se preocupam em oferecer muito mais que salários e benefícios, e apostam em estratégias assertivas para ajudar seus profissionais e equipes a ficarem sempre motivadas. Nesse sentido, o Coaching é uma excelente alternativa, pois oferece benefícios, como:

Autoconhecimento: o profissional toma consciência de suas próprias habilidades e competências, assim como de seus valores, crenças e suas expectativas a curto e longo prazo. Desse modo, ele pode buscar sua motivação internamente;

Controle e inteligência emocional: o indivíduo aprende a controlar suas emoções e aprende a utilizá-las da melhor maneira, principalmente em momentos de pressão e conflitos;

Alinhamento de valores: o profissional enxerga maneiras de alinhar seus anseios com os da empresa, buscando atingir objetivos comuns.

Gostou deste conteúdo? Compartilhe nas suas redes sociais!

Comments

comments

O que é coaching

Baixe o
e-book
gratuito

Conheça a metodologia que vai mudar sua vida. Acelere o seu sucesso!