Voltar

Photoreading – Técnica Poderosa de Leitura Dinâmica!

Publicado em | 0 comentários
Photoreading

Elnur/Shutterstock O Photoreading é uma poderoa técnica que permite ter uma visão geral da leitura e otimizá-la!

 

Dentro do princípio da leitura dinâmica tem ganhado destaque os métodos de Photoreading ou “foto leitura”. Um dos idealizadores e divulgadores da metodologia, o professor Huáras Duarte, diz que o photoreading atua, justamente, na “leitura não conscien­te”. Ou seja, estimulando a compreensão consciente não pela decodificação da escrita, que gera a leitura silábica, mas pelo cruzamento de informações com conteúdos de leituras que se acumulam em nossa mente.

Para quebrar esse padrão da mente quanto à leitura é pre­ciso estimular a quebra da linearidade (esquerda para direita, primeira página para a última). Com a quebra da linearidade, o cérebro inicia as conexões de informações que já foram criadas e a absorção de informações já se inicia. Isso cria um mapa mental que conecta as informações antes mesmo da leitura em si começar. Vejamos como podemos compreender esse processo.

Prepare sua mente para aprender

O momento de leitura e/ou estudo precisa ter um estado mental específico. Acalme sua mente, esteja concentrado e relaxado ou nada que você ler será mentalmente aceito.

Métodos como uma música apropriada, exercícios de relaxamento e hipnose são muito bem-vindos. Mas se você estiver em um avião, por exemplo, basta achar a melhor posição.

Faça um voo de reconhecimento (Photoreading)

É importante, para o processo de leitura dinâmica, fazer uma previsão do que você vai ler, um reconhecimento geral, ou seja, um photoreading, um voo panorâmico pelo conteúdo. Perceba o tema da leitura, caso seja um livro ou revista, veja a capa, as informações visuais; olhe o rodapé para se familiarizar com informações como o autor e a publicação. Enfim, olhe o entorno;

Veja o tamanho da leitura (quantidade de páginas) fo­lheie para observar as divisões em capítulos e subtítulos. Observe imagens, gráficos e legendas;

Esse passo é o ativador das conexões que vão se for­mando. Passeando pelo material antes da leitura, sua mente já busca tudo que pode estar vinculado àquilo que você está vendo, sua mente inconsciente já está lendo, embora você ainda não tenha chegado até as palavras.

Comece a leitura ativa

Leia por blocos, privilegiando os tópicos frasais, encon­trando a essência de cada linha e seguindo adiante sem se preocupar com os pormenores dos textos. Acredite que tudo de mais essencial ficará na sua mente, a mensa­gem será absorvida e a leitura será, além de mais rápida, mais eficiente.

Exercite a compreensão

O momento crucial para sabermos se o que foi lido re­almente foi aprendido é o momento pós-leitura. Por isso, sempre após ler algo, fixe as informações usando também à linguagem: fale com alguém sobre o que você leu, escreva um comentário sobre a leitura na sua agenda ou nas redes sociais, faça um diário de leitura, resuma o livro para indicá-lo (ou não) pra outra pessoa.

Lemos porque estamos em um mundo de informações abundantes, chegando de todos os lados. Essa era da infor­mação nos desafia todos os dias. Estarmos bem informados tornou-se uma necessidade social, tanto para as relações mais cotidianas e familiares como para o desenvolvimento do nosso perfil profissional. Lembre-se disso e aperfeiçoe sua leitura com o photoreading.

Comments

comments