Perigos de Se Viver do Passado

Por: José Roberto Marques | Blog | 04 de novembro de 2015

Halfpoint/Shutterstock Ter lembranças do passado é positivo, mas é essencial viver o aqui e agora e focar no presente

Já diz um famoso ditado: Quem vive de passado é museu! Ter lembranças do que passou é sim, uma forma de nos conectarmos com aquilo que fomos e vivemos lá atrás. Entretanto, remoer o tempo todo o que já foi; em nada nos ajuda a viver o presente e planejar o nosso futuro.

Este é um dos perigos de se viver do passado: esquecer o momento atual e ficar focado apenas no que não pode mais ser mudado. A vida é um rio que corre para frente, quando ousamos mudar seu curso e retornar ao ponto de partida, estamos também atrasando nossos progressos e a nossa chegada a outros portos importantes de nossa jornada evolutiva.

Essa máxima se aplica tanto à nossa vida pessoal como profissional. Imagine, por exemplo, o colaborador que vive falando da empresa antiga em seu emprego atual ou do marido ou esposa que, a todo o momento, relembram fatos de sua vida de solteiros. Não combina mais, não é mesmo?

O que passou, passou e deve ficar em seu lugar. Para o presente devemos trazer as boas lembranças, os aprendizados, mas não um saudosismo exagerado, que sempre nos leva de volta ao passado e nos fazer deixar de nos concentrarmos no tempo atual.

Desapegue-se do Passado

Muitas pessoas carregam, ao longo de toda vida, traumas e dificuldades vividas na infância e adolescência. Por problemas na vida adulta, outras preferem focar nestas fases, quando acreditavam que eram felizes de verdade.

Entretanto, para seguir em frente é preciso ressignificar os momentos ruins e trazê-los de forma diferente para sua vida presente. Isso quer dizer, perdoar o outro e se perdoar por seus erros, eliminar culpas e vencer crenças limitantes.

Assim, com base nestes aprendizados e transformações de pensamentos e ações, a pessoa deve buscar tornar-se um ser humano melhor agora. Do mesmo modo, no tempo atual, o indivíduo deve olhar para frente e alimentar a crença positiva de que sim, o futuro pode ser tão bom quando o passado foi.

Tudo depende do seu esforço e dedicação em transformar este pensamento em realidade. Não depende de terceiros, de anjos da guarda ou de mágica. Sua felicidade atual e a realização dos seus sonhos – depende apenas de você, de seus comportamentos e das suas atitudes nesta direção.

Por isso, reveja suas fotos, suas lembranças do passado, mas não se transforme numa retrato cogelado no tempo. Lembre-se que a vida acontece neste momento, que tudo está em movimento e, como tal, deve seguir sempre em frente. Permita-se ir junto e viver agora o seu melhor!