perguntas-conhecer-uma-pessoa

Perguntas Para Conhecer uma Pessoa – Quais Devo Fazer?

Por: José Roberto Marques | Blog | 04 de dezembro de 2017

Quando se encontra uma pessoa pela primeira vez, é natural ter curiosidade sobre ela, sua vida, opiniões e sobre diversos outros assuntos. Neste sentido, saiba que existem algumas perguntas interessantes que podem te ajudar a conhecê-la com mais profundidade. Claro que nada substitui o convívio, contudo, trata-se de uma forma de obter informações diversas sobre seu interlocutor e tornar a conversa mais interessante. Veja, a seguir, algumas sugestões de perguntas para conhecer uma pessoa sob os mais diversos aspectos.

Sugestões de Perguntas Para Conhecer uma Pessoa

A pergunta mais clichê que costuma ser feita ao conhecer uma pessoa é: “O que você faz?”. Além de ser algo bastante vago, o máximo que irá responder é a profissão e o local em que trabalha. O ideal é perguntar coisas que iniciem um diálogo, pois, quanto mais ela falar, mais oportunidade terá de conhecê-la melhor. Confira!

1 – Qual é a sua maior paixão? Com essa pergunta você dará a oportunidade para que a pessoa fale daquilo que mais gosta de uma forma geral, o que pode ser sua profissão, um hobby, família ou outra atividade. É um questionamento muito mais interessante e amplo do que perguntar apenas o nome da empresa em que ela trabalha.

2 – Qual é o seu maior sonho? Através dessa resposta é possível saber se a pessoa é do tipo sonhadora; que tem metas audaciosas, ou, mais modesta, sem grandes pretensões, mas que está feliz com o que tem.

3 – Qual é o seu livro ou filme preferido e o que nele mais chamou a sua atenção? Conhecer as preferências de alguém em relação ao cinema e literatura é uma grande oportunidade para saber se é do tipo que prefere obras mais profundas, que suscitem reflexões, ou mais leves, apenas para se distrair e passar o tempo.

4 – Qual foi o acontecimento da sua vida que mais te marcou? Uma pergunta bastante ampla e que dá a possibilidade de o indivíduo contar sobre algo que tenha causado um impacto forte em sua vida, que pode ser positivo ou negativo. Antes de fazê-la, porém, tenha a sensibilidade para avaliar se é ou não o momento certo para isso. Se a pessoa demonstrar que prefere não tocar nesse assunto, respeite, pois é sinal de que se trata de algo ainda não superado. Caso deseje falar a respeito, ouça com atenção e expresse sua curiosidade sem ser invasivo ou indiscreto.

5 – Você se considera uma pessoa feliz? Cada um tem um conceito diferente de felicidade. Enquanto uns acreditam que ter felicidade é viver cada momento com saúde, outros acham que apenas serão felizes se conquistarem algo, que pode ser um emprego, um relacionamento, uma melhor condição social ou dinheiro. Como esta também é uma pergunta muito pessoal, faça apenas se houver uma abertura para isso.

6 – Qual era a sua profissão dos sonhos na infância? Toda criança costuma afirmar qual será a profissão que irá seguir quando se tornar adulta e algumas realmente cumprem essa inocente promessa. É interessante saber o quanto a opinião de alguém muda no decorrer da vida. Além disso, essa pergunta poderá dar início a uma série de assuntos voltados para a vida profissional e  pessoal de uma forma geral.

7 – Quando está sozinho (a) em casa sente liberdade ou solidão? A resposta para essa pergunta mostrará se a pessoa está com os seus sentimentos em equilíbrio e se possui algum tipo de carência emocional.

8 – Se encontrasse uma mala de dinheiro em um local abandonado, entregaria para a polícia ou acredita no ditado – achado não é roubado? Esse questionamento permite que você conheça a índole da pessoa, mesmo que superficialmente, já que não é possível se certificar de que será realmente sincera. Contudo, saber o que ela pensa sobre esse assunto pode ser interessante para tirar suas conclusões.

9 – Você prefere dia ou noite? Muitos indivíduos se sentem mais ativos em um período do dia. Aqueles que preferem a noite, por exemplo, costumam ter grande dificuldade para acordar cedo, enquanto os diurnos não conseguem ser produtivos depois que o sol se põe.

10 – Se você pudesse ter uma conversa com qualquer pessoa, incluindo aquelas já falecidas, quem seria? Através da resposta para essa pergunta você saberá se ela tem alguém muito especial que já se foi, se tem algum ídolo ou alguém que considera muito importante.

11 – Se soubesse que tem apenas mais um dia de vida, o que faria? Essa pergunta é bastante ampla e permite que descubra se a pessoa é do tipo – mais intensa, que quer aproveitar até seus últimos minutos, ou mais serena, que esperaria o fim de forma tranquila.

12 – Como escolheu a sua profissão? Se pudesse voltar no tempo acredita que faria a mesma escolha? Saber se um indivíduo está satisfeito profissionalmente pode dizer muito sobre ele, pois é possível identificar se é feliz com o que faz. Se estiver insatisfeito, você perceberá se é do tipo acomodado ou está buscando formas de mudar.

13 – Quais são as suas maiores qualidades? Através dessa pergunta você saberá como anda a autoestima dessa pessoa, se perceber que está com dificuldade de responder, é sinal de que está insegura e que ela precisa se conhecer melhor.

14 – Quais são os pontos da sua personalidade que acredita que precise melhorar? Evite falar em defeitos, pois a conversa pode se voltar para um lado negativo, e não é essa a ideia. Afinal, temos sempre pontos de melhoria, pois não somos pessoas defeituosas, ou seja, tudo em nós pode ser aperfeiçoado, evoluído e transformado.

15 – Para você, o que é o sucesso? O conceito de sucesso é bastante subjetivo. Se, para muitos, ser bem-sucedido significa ter um cargo alto em uma empresa, ter muito dinheiro, para outros é ser feliz e fazer o que se gosta. Saber a opinião da pessoa irá te dar uma ótima oportunidade para conhecê-la melhor nesse aspecto.

Dicas Para Deixar a Conversa Interessante

A principal dica para deixar a conversa interessante é que utilize as perguntas com moderação. Numa relação interpessoal, ao acabarmos de conhecer uma pessoa, não devemos assumir a postura de entrevistadores e enchê-la de perguntas tão pessoais sem o seu consentimento. É preciso esperar o momento certo e construir uma abertura para isso.

Se fizer uma pergunta atrás da outra, o papo ficará cansativo e se parecerá mais com um interrogatório. Então, o ideal é deixar o assunto fluir e utilizá-las conforme achar que cabe na situação, considerando a intenção que tem com o diálogo, se é uma nova amizade, alguém em que tem interesse amoroso ou, mesmo, um candidato a uma vaga para trabalhar na sua empresa.

Conversar é sempre muito positivo, seja de forma despretensiosa ou com algum objetivo em especial. Além de oferecer a possibilidade de saber mais a respeito de outra pessoa, é uma ótima oportunidade para que você se conheça melhor e mostre um pouco da sua forma de ver o mundo, seus desejos, opiniões, sonhos e personalidade. Então, saiba aproveitar esses momentos com perguntas interessantes e crie um papo sempre agradável.

Copyright: 589360823 – https://www.shutterstock.com/pt/g/mnemosyne